Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
quarta-feira , 23 janeiro 2019
Notícias de Última Hora
karabuk bayan escort kastamonu bayan escort burdur bayan escort kirikkale bayan escort nigde bayan escort aksaray escort amasya escort erzurum escort bartin escort batman escort
Home / Notícias / Após 5 meses no Centro de Triagem, Puccinelli e filho são soltos pelo STJ

Após 5 meses no Centro de Triagem, Puccinelli e filho são soltos pelo STJ

A ministra Laurita Vaz, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), concedeu há pouco liminar para o ex-governador André Puccinelli e seu filho, o advogado André Puccinelli Junior, liberando-os da prisão preventiva que estava em vigor desde 20 de julho. Ambos foram presos durante a operação Papiros de Lama, a quinta fase da Lama Asfáltica e, desde então, ocupavam a cela 17 do Centro de Triagem Anísio Lima, no complexo penitenciário de Campo Grande.

Puccinelli e Puccinelli Junior foram alvos da Papiros de Lama –que apurou o uso do Instituto Ícone para o recebimento de recursos supostamente oriundos de desvios e propinas de empresas com contratos na administração estadual durante a gestão de Puccinelli. Registrado sob o nome do advogado João Paulo Calves –que chegou a ser preso mas, em 23 de outubro, também foi liberado por determinação do STJ, ocasião em que a Corte negou a liberdade de Puccinelli e seu filho.

A soltura ocorre após diversas idas e vindas de pedidos de habeas corpus apresentados à Justiça –rejeitados no TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) e no próprio STJ. O caso chegou ao STF (Supremo Tribunal Federal), mas acabou retirado pela defesa dos investigados.

Os advogados do ex-governador e do advogado viram a Procuradoria-Geral da República dar parecer contrário à liberação, em apelação na qual se apontou irregularidades na Papiros de Lama que, entre outras ações, envolveu busca e apreensão que teria ocorrido sem autorização judicial e falta de elementos que provam o uso do Ícone para lavagem de dinheiro.

As ações incluíram a descoberta de uma quitinete no Indubrasil, onde havia vários documentos de Puccinelli –supostamente informações fiscais e financeiras e que sugeriam uso da atividade rural para ocultação de dinheiro obtido de forma ilícita. Mesmo assim, a PGR havia concordado com a alegação da acusação, de que a prisão era necessária para garantia da ordem pública e regularidade da instrução criminal.

O STJ apenas comunicou a soltura do ex-governador e de seu filho. Não foram divulgados detalhes da decisão. A prisão em julho frustrou os planos de Puccinelli novamente disputar o governo estadual neste ano –mesmo assim, o ex-presidente regional do MDB foi constantemente visitado por lideranças políticas.

A Lama Asfáltica já bloqueou R$ 530 milhões em bens dos investigados e contabiliza seis fases –a última, Computadores de Lama, foi realizada recentemente. A força-tarefa é formada pela PF, CGU (Controladoria-Geral da União) e Receita Federal.

Reportagem: Campo Grande News

Sobre Ellen Karine Birck

Ellen Karine Birck
20 anos, apaixonada pela minha profissão. Com intuito de trazer notícias, informações, entretenimento e muito mais em primeira mão. Jornalismo com Seriedade!

Veja mais!

Homem recusa sexo, é chamado de frouxo e atira contra garota de programa na Capital

Nicolas de Jesus Batista, de 22 anos, foi preso em flagrante na noite de ontem ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *