karabuk bayan escort kastamonu bayan escort burdur bayan escort kirikkale bayan escort nigde bayan escort aksaray escort amasya escort erzurum escort bartin escort batman escort

Atleta Maracajuense fica em terceira colocação no Centro de Treinamento Paralímpico do CPB de São Paulo. Saiba mais:

Ylka Maluf é terceira colocada no Brasileiro de Bocha Paralímpica 2018

A atleta paralímpica Ylka Quintana de Almeida Maluf, 27 anos, esteve participando, nos dias 13 a 17 de dezembro, no Centro de Treinamento Paralímpico do CPB na Cidade de São Paulo, do Campeonato Brasileiro de Bocha Paralímpica 2018.

A atleta maracajuense paralímpica Ylka Maluf, 27 anos, compete a diversos anos levando o nome de Maracaju e Mato Grosso do Sul nos eventos de âmbito Estadual e Nacional, no dia 15 de setembro passado participou na cidade de Uberlândia do Campeonato Regional Centro Oeste de Bocha Paralímpica e classificou-se para o Campeonato Brasileiro, competindo na classe BC3 (atletas com disfunção motora severa nas 4 extremidades, sem condições de lançar e impelir a bola ou movimentar a cadeira, utilizam de calha e Calheiro para praticar a modalidade).

Para praticar a modalidade a atleta necessitava de equipamento específico, no qual a Confederação não disponibiliza, no caso de Ylka  de Maracaju necessitava de apoio e patrocínio da iniciativa privada e entidades de classe.

Os equipamentos necessários para a disputa da modalidade Classe BC3, era na importância de R$ – 4.720,00, tornando inviável para os familiares arcarem com tamanha importância monetária, contudo familiares, amigos, entidades de classe, prefeitura municipal através da Secretaria de Esportes e a comunidade de Maracaju se uniram e adquiriram o equipamento paralímpico.

Brasileiro – Com equipamento correto para a nossa atleta Ylka Maluf brilhou no Campeonato Brasileiro, juntamente com sua mãe Margarete de Almeida (calheira) conquistaram a medalha de bronze no Campeonato Brasileiro de Bocha Paralímpica – Pares e Equipes ANDE 2018, defendendo a equipe da região Centro-Oeste. A equipe de Bocha Paralímpica da ADD-MS (Associação Campo-Grandense Paradesportiva Driblando as Diferenças) ficou com a segunda colocação no geral.

Paulo Roberto – Assessoria 

Sobre Ellen Karine Birck

Ellen Karine Birck
20 anos, apaixonada pela minha profissão. Com intuito de trazer notícias, informações, entretenimento e muito mais em primeira mão. Jornalismo com Seriedade!

Veja mais!

Secretaria Municipal de Educação dá continuidade a formação continuada de Coordenadores das Unidades Escolares

Nesse ano letivo de 2019 a Secretaria Municipal de Educação de Maracaju, através da Secretária ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *