Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
domingo , 17 fevereiro 2019
Notícias de Última Hora
karabuk bayan escort kastamonu bayan escort burdur bayan escort kirikkale bayan escort nigde bayan escort aksaray escort amasya escort erzurum escort bartin escort batman escort
Home / Maracaju / Com apoio do Governo, CTG de Maracaju passa por reforma após 40 anos

Com apoio do Governo, CTG de Maracaju passa por reforma após 40 anos

Maracaju (MS) – O Centro de Tradições Gaúchas (CTG) de Maracaju começou 2019 de cara nova. Uma ampla reforma, que durou cerca de 120 dias, garantiu a troca completa da rede elétrica, que já tinha quase 40 anos. Outras melhorias, como a substituição da cobertura e a reforma da cozinha, também foram realizadas. A nova sede ficou pronta em dezembro e a entrega simbólica da obra deve acontecer em março, quando haverá a mudança na diretoria do CTG.

Para refazer a parte elétrica, que custou quase R$ 100 mil, o CTG contou com recurso oriundo do Governo do Estado, no valor de R$ 85 mil. “A rede elétrica foi 100% substituída. Temos que seguir à risca as normas do Corpo de Bombeiros e, além disso, as fiações estavam muito antigas. Na obra foram gastos 350 mil. E todo o valor veio de doações de sócios, empresas e também do Governo do Estado”, disse Djair dos Santos, que assumirá em breve a patronagem (direção) do grupo.

A sede tem cerca de 1.000 metros quadrados e deve passar por outras reformas, como a troca do piso. “A próxima etapa será a troca do piso e o novo palco que iremos fazer”, afirmou o atual patrão do Centro, Rafael Uzeika. 

O CTG possui cerca de 120 sócios ativos, mas entre 300 e 500 pessoas participam dos grandes eventos.  “Sou do Rio Grande do Sul e vim para Maracaju com 8 anos. É muito bom poder manter nossa cultura e tradição”, disse Djair.

Além dos dias festivos, durante a semana o CTG oferece às crianças, filhos de sócios, aulas de danças gaúchas, como xote de carreirinha e balaio, para perpetuar os costumes dos sulistas.

Somente após a safra da soja, nesse início de ano, é que será marcada a data festiva para a troca da patronagem. “Faremos um jantar no dia da troca da patronagem que será oferecido aos sócios, empresas e todos que nos ajudaram. Mas tudo gira em torno da lavoura. Então não temos ainda uma data para a troca da patronagem, mas deve acontecer em março, no fim da colheita”, explicou o novo patrão. Segundo ele, a mudança acontece a cada dois anos por meio de eleição. 

Sobre Ellen Karine Birck

Ellen Karine Birck
20 anos, apaixonada pela minha profissão. Com intuito de trazer notícias, informações, entretenimento e muito mais em primeira mão. Jornalismo com Seriedade!

Veja mais!

Última hora: Bope prende três policiais rodoviários estaduais em Vista Alegre

Três policiais rodoviários estaduais foram presos no fim da manhã desta sexta-feira (15), em Vista ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *