Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
karabuk bayan escort kastamonu bayan escort burdur bayan escort kirikkale bayan escort nigde bayan escort aksaray escort amasya escort erzurum escort bartin escort batman escort

MPE arquiva pedido e diz que só cabe à família decidir sepultamento de Lourival

O MPE (Ministério Público Estadual) determinou arquivamento do pedido formulado pela Aliança Nacional LGBTI+ para o registro tardio de nascimento e gênero de Lourival Bezerra Sá, 78 anos. O corpo dele está há 4 meses no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), pendente de sepultamento até que seja definido a identidade real como mulher.

No protocolo encaminhado, a Aliança justificou dizendo que a questão do gênero de Lourival já foi resolvida quando o plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) julgou por unanimidade a falta de necessidade da cirurgia de transgenitalização – mudança de sexo – para que seja necessário a alteração de registro.

Em nota, o MPMS informou que o promotor Eduardo Cândia, da 67ª promotoria dos Direitos Humanos avaliou que a decisão sobre o caso de Lourival Bezerra “cabe exclusivamente aos familiares”. O entendimento é feito com base no artigo 12 do Código Civil. (Em se tratando de morto, terá legitimação para requerer a medida prevista neste artigo o cônjuge sobrevivente, ou qualquer parente em linha reta, ou colateral até o quarto grau”. O mesmo pedido foi feito à Defensoria Pública, mas ainda não foi avaliado.

O caso ganhou repercussão nacional em reportagem do Fantástico. A genitália feminina foi descoberta após sua morte, em outubro de 2018, durante exame de corpo de delito. A mulher com quem conviveu durante mais de 20 anos disse que somente descobriu a verdade pouco antes da morte do marido.

Conforme a reportagem do Fantástico, ele revelou que seu nome verdadeiro era Enedina Matia de Jesus, e que nasceu em Bom Conselho, em Pernambuco. A delegada Christiane Grossi, da 7ª delegacia de Polícia Civil abriu inquérito para apurar a identidade de Lourival.

Para o pesquisador e professor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) Tiago Duque, a questão do impasse do enterro de Lourival desumaniza sua existência. Além disso, ele afirmou que “Lourival viveu como homem e é como homem que deve ser identificado”.

Reportagem: Silvia Frias e Geisy Garnes

Sobre Admin

Avatar

Veja mais!

Suposta tentativa de sequestro em frente a escola preocupa pais e Semed apura

Uma suposta tentativa de sequestro em frente a uma escola municipal do bairro Guanandi, em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *