Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
karabuk bayan escort kastamonu bayan escort burdur bayan escort kirikkale bayan escort nigde bayan escort aksaray escort amasya escort erzurum escort bartin escort batman escort

PF faz buscas em operação contra fraude que chegou a superfaturar 992%

Agentes da Polícia Federal cumprem 11 mandados de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira (14), em Campo Grande. A PF está em uma empresa de design que já prestou serviço de publicidade para a Caravana da Saúde.

A “Operação Aprendiz” cumpre mandados expedidos pela 4ª Vara Criminal Residual de Campo Grande, em 1 residência e também em empresas ligadas ao ramo gráfico e de publicidade.

Também fazem parte da força-tarefa que investiga fraudes em licitações e superfaturamento de contratos para o desvio de dinheiro público, a CGU (Controladoria-Geral da União) e MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul).

“A investigação tem como objetivo apurar a aquisição superfaturada de cartilhas educativas pela Secretaria de Estado da Casa Civil, entre os meses de junho de 2015 e agosto de 2016”. Segundo a apuração, “até o momento o prejuízo causado aos cofres público do Estado estaria estimado em R$ 1.600.577,00”, informa a Polícia Federal em nota.

Agentes saíram da sede da PF logo pela manhã para cumprir mandados de busca e apreensão. Segundo a PF  “a análise dos documentos pela CGU revelou, em relação a apenas uma das cartilhas adquirida pela Secretaria de Estado da Casa Civil em junho de 2015, com intermediação de Agência de Publicidade, um sobrepreço de 992%.”

Na rua – Uma camionete Amarok descaracterizada de cor branca saiu primeiro da sede com vários agentes. Em seguida, uma viatura caracterizada e com o giroflex ligado, com quatro agentes federais e um da CGU se dirigiu até o endereço da empresa Think Service Design, na rua Imbé, bairro Cidade Jardim – próximo ao Parque dos Poderes.

A empresa prestou serviço para o Governo do Estado, desenvolvendo materiais informativos para a Caravana da Saúde. Até o momento, ninguém atendeu os federais que chamaram um chaveiro para abrir a porta.

As apurações relacionadas a Operação “Aprendiz” seguem sob a responsabilidade da 30ª Promotoria do Patrimônio Público de Campo Grande, com apoio da PF e da CGU.

Fonte: Campo Grande News

Reportagem: Bruna Pasche e Mirian Machado

Sobre Ellen Karine Birck

Ellen Karine Birck
20 anos, apaixonada pela minha profissão. Com intuito de trazer notícias, informações, entretenimento e muito mais em primeira mão. Jornalismo com Seriedade!

Veja mais!

Suposta tentativa de sequestro em frente a escola preocupa pais e Semed apura

Uma suposta tentativa de sequestro em frente a uma escola municipal do bairro Guanandi, em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *