Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
karabuk bayan escort kastamonu bayan escort burdur bayan escort kirikkale bayan escort nigde bayan escort aksaray escort amasya escort erzurum escort bartin escort batman escort

Segunda maior apreensão de cocaína de MS seria levada como celulose


Cocaína apreendida pela PF: parte do carregamento já estava em uma das carretas para ser transportada (Foto: PF/Divulgação)

Os traficantes presos em Três Lagoas pela Polícia Federal usavam um galpão na BR-158 como entreposto para troca de veículos e transporte da droga para São Paulo. Na operação, desencadeada neste fim de semana, os policiais apreenderam 954 quilos de cocaína, a segunda maior apreensão da história em MS.

O recorde de apreensão é da PF de Corumbá, 1,5 tonelada da droga, em flagrante de 2015.

O delegado da PF em Três Lagoas, Caio Martins de Lima, disse que a operação começou na sexta-feira (15), depois que receberam informações da chegada de dois carregamento de cocaína, sendo que um já estava em depósito da cidade e outro chegaria entre sábado e domingo.

Na investigação, os policiais identificaram os veículos usados na ação e o galpão usado pelos traficantes. Ontem, a equipe da PF aguardou a chegada da carreta para fazer a abordagem. “Quando chegamos, eles tinham acabado de fazer transbordo da droga para outra carreta, já para ser levada”, disse o delegado, em coletiva essa manhã, em Três Lagoas.

Seis homens foram presos na operação, todos de Campo Grande. Segundo a polícia, o dono do galpão não está entre os detidos, pois teria alugado o galpão de boa fé. “Aqui era o momento mais tranquilo para eles, já tinham transportado a droga da fronteira”. O delegado explicou que ainda não tem informações se a cocaína veio do Paraguai ou da Bolívia. A PF, apreendeu, ainda, três carretas e um veículo de passeio.

A PF não informou qual o destino final da droga, mas que seria redistribuída a partir de São Paulo. O delegado não quis estimar valor de mercado da cocaína apreendida. Os traficantes usavam fretes mistos, colocando a droga em meio a carga de celulose.

Esta é a segunda maior apreensão da história de MS. O recorde ainda é de flagrante em Corumbá, também da PF, em 2015. A segunda posição era da PRF (Polícia Rodoviária Federal), do dia 22 de janeiro, quando foram encontrados 940 quilos de cocaína, na BR-463, avaliada em R$ 30 milhões.

Reportagem: Silvia Frias – Campo Grande News

Sobre Ellen Karine Birck

Ellen Karine Birck
20 anos, apaixonada pela minha profissão. Com intuito de trazer notícias, informações, entretenimento e muito mais em primeira mão. Jornalismo com Seriedade!

Veja mais!

Suposta tentativa de sequestro em frente a escola preocupa pais e Semed apura

Uma suposta tentativa de sequestro em frente a uma escola municipal do bairro Guanandi, em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *