Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
quarta-feira , 21 novembro 2018
Home / Notícias / Agronegócio / Tereza Cristina é a ministra da Agricultura do governo de Bolsonaro

Tereza Cristina é a ministra da Agricultura do governo de Bolsonaro

A deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS), de 64 anos, foi confirmada para o cargo de ministra da Agricultura do governo de Jair Bolsonaro. Ela havia sido indicada por um grupo de 20 integrantes da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA), que apresentou seu nome em reunião no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, onde funciona o gabinete de transição de governo. Há pouco, Bolsonaro confirmou o nome da deputada como ministra em sua conta no Twitter.

Engenheira agrônoma e empresária, Tereza Cristina é presidente da FPA e tem uma longa trajetória no setor. Ela foi secretária de Desenvolvimento Agrário da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo de Mato Grosso do Sul durante o governo de André Puccinelli (MDB).

Neste ano, Tereza Cristina foi uma das lideranças que defenderam a aprovação do Projeto de Lei 6.299, que flexibiliza as regras para fiscalização e aplicação de agrotóxicos no país.Segundo um dos parlamentares presentes no CCBB, a decisão de indicar Tereza Cristina foi tomada nesta terça-feira, dia 6, em reunião na sede da FPA que contou com a presença do presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, João Martins da Silva Júnior.

Novo ministério

Durante a campanha e depois de eleito, Bolsonaro fez várias defesas do agronegócio e dos investimentos no campo. Ele chegou a anunciar a fusão dos ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente, mas depois afirmou que pensa em manter as pastas separadas, como estão atualmente.

Nesta terça, o presidente eleito disse que as negociações para a escolha do nome para o Ministério da Agricultura era uma dos mais avançadas e que poderia ser divulgada ainda nesta semana.

Além de Tereza Cristina, Jair Bolsonaro já confirmou os nomes de Paulo Guedes, para Economia; Sergio Moro, para Justiça; Onyx Lorenzoni, para Casa Civil; Marcos Pontes, para Ciência e Tecnologia; e o general Augusto Heleno, para o Gabinete de Segurança Institucional.

Fonte: Canal Rural

 

Veja mais!

Vídeos mostram tornado assustador que atinge porto e comboio no sul de Itália

Um tornado em cima da água atingiu o porto de Salerno, bem como um comboio ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *