Find the latest bookmaker offers available across all uk gambling sites www.bets.zone Read the reviews and compare sites to quickly discover the perfect account for you.
quarta-feira , 23 janeiro 2019
Notícias de Última Hora
karabuk bayan escort kastamonu bayan escort burdur bayan escort kirikkale bayan escort nigde bayan escort aksaray escort amasya escort erzurum escort bartin escort batman escort
Home / Notícias / Tempo / Verão chega no dia 21 com dia mais longo e temperaturas altas de 36ºC

Verão chega no dia 21 com dia mais longo e temperaturas altas de 36ºC


Estação mais quente do ano terá temperaturas elevadas, mudança repentina no tempo com chuvas rápidas, mas de forte intensidade


Dias serão mais longos com noites mais curtas na estação mais quente do ano (Foto: Henrique Kawaminami)

O verão chega às 19h23 da próxima sexta-feira (21) com os dias mais longos e noites mais curtas. A estação mais quente do ano terá temperaturas elevadas de 36ºC, sol escaldante das 10h às 16h, mudança repentina no tempo com chuvas rápidas e de forte intensidade, principalmente no período da tarde. 

As chuvas em forma de pancadas serão acompanhadas por trovoadas e rajadas de vento acima dos 50 km/h com possibilidade de enchentes e inundações, deslizamento de terra, quedas de pontes, destruição de estradas, asfalto e quedas de árvores em todos os municípios do Estado. É no verão também que tem maior incidência de raios. 

Conforme o meteorologista da Uniderp, Natalio Abrahão Filho, as condições do vento e da convergência de umidade vinda da Amazônia, podem trazer “veranicos” (períodos de estiagem com duração de 7 a 15 dias). Nesse verão, haverá influências El Niño – fenômeno que deve manter as chuvas mais regulares e distribuídas do meio para o fim do verão, situação favorável para a agricultura do Estado.

Os maiores acumulados de chuva se concentram principalmente em Campo Grande e região, entre Dourados e Porto Murtinho e de Dourados a Sete Quedas no extremo sul com valores médios superiores a 200 mm (milímetros).

Nas regiões norte (Alcinópolis, Sonora, São Gabriel do Oeste) e leste (Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Paraíso das Águas), essas medias devem ficar em torno dos 180 mm em cada mês. O acumulado do trimestre deve oscilar entre 510 mm a 550 mm. Pancadas de chuva, trovoadas, raios e rajadas de ventos nos fins de tarde ao começo da noite, devem ocorrer nessas regiões.

No sul e sudoeste (região de Dourados, Ponta Porã e Rio Brilhante) as chuvas devem variar entre fim de dezembro ao meio de fevereiro de 120 mm a 170 mm por mês. Nas demais regiões, os acumulados devem ficar dentro da média local. A região oeste, entre Miranda e Corumbá, Dois Irmãos do Buriti, Jardim, Bonito, Nioaque e Guia Lopes seguindo a Porto Murtinho, segue a tendência de média dos valores históricos, recebendo volume dentro das médias. As temperaturas mínimas devem ficar em torno dos 19ºC a 24ºC.

Nas regiões norte e nordeste do Estado, principalmente entre os municípios de são Gabriel do Oeste e Rio Verde até o extremo norte, as chuvas devem ser mais regulares a partir de meados de Janeiro com um atraso de 20 dias em função dos ventos em altitude ainda não se fortalecerem sobre Mato Grosso. O verão termina no dia 20 de março. 

Sobre Ellen Karine Birck

Ellen Karine Birck
20 anos, apaixonada pela minha profissão. Com intuito de trazer notícias, informações, entretenimento e muito mais em primeira mão. Jornalismo com Seriedade!

Veja mais!

Tempo começa a mudar e pode chover forte em todo Estado nesta sexta-feira

Mudanças no tempo estão estimadas para essa sexta feira (18.01) em Mato Grosso do Sul. ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *