1º lugar do Prêmio Famasul de Jornalismo é de Maracaju

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
28/11/2022
Redação

A Jornalista Vanessa Bordin levou o primeiro lugar na categoria Áudio, com a reportagem: “Dos Campos de Vacaria ao maior produtor de grãos do MS”

Na última sexta-feira (25), a Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul) realizou a premiação do ano para profissionais de Jornalismo e Comunicação. A Jornalista Vanessa Bordin, de Maracaju, levou o primeiro lugar, na categoria áudio, representando o interior do estado com a reportagem que atendia requisitos do concurso: retratar a presença da Famasul em 45 anos, das raízes ao futuro do campo.

O título da reportagem leva o nome destacado no livro escrito pela jornalista para o Sindicato Rural de Maracaju: “Dos Campos de Vacaria ao maior produtor de grãos de MS”. Ouvindo um produtor rural referência na pecuária e na integração Lavoura-Pecuária no município, Arthêmio Olegário de Sousa, o presidente do Sindicato Rural, Fabio Caminha e a diretora do Núcleo de Mulheres da entidade e idealizadora do livro que conta a História da Agricultura de Maracaju, Ana Nery Terra Sousa.

Pouco mais de cinco minutos de reportagem, contados com sensibilidade, destacando a relevância da Famasul e do Senar como propulsores do conhecimento ao longo dos últimos anos, da Famasul como entidade que representa os sindicatos rurais e os produtores rurais de Mato Grosso do Sul, sobretudo, da reflexão sobre os futuros da agricultura, com tantas transformações. A reportagem premiada foi veiculada pela CBN Campo Grande, veículo que Vanessa é correspondente, direto de Maracaju, e que foi representado pela jornalista.

“Uma honra muito grande levar o primeiro lugar. Um concurso organizado com muita ética e responsabilidade pela Famasul, dando a chance para que muitos jornalistas profissionais do estado pudessem concorrer, trazendo um reconhecimento e valorização do papel do jornalista como formador de opinião no agronegócio. Não esperava, mas fiquei extremamente feliz. É um Prêmio importante e que coloca Maracaju em destaque. Eu ganho e o município também”, ressaltou Vanessa.

A premiação foi realizada na sede da Casa Rural, em Campo Grande, reunindo todos os finalistas. Ao todo, a Famasul premiou 18 jornalistas em seis categorias diferentes: Áudio, Texto, TV, Universitário, Fotojornalismo, e a categoria Nacional. Os premiados receberam das mãos do Superintendente do Senar, Lucas Galvan e do Presidente da Famasul, Marcelo Bertoni, um troféu personalizado e R$ 80 mil em barras de ouro dividido entre todas as categorias.

“Estamos diante de um público de comunicadores, formadores de opinião; um público que consome notícia, produz notícia, e que tem como missão profissional informar a sociedade com conteúdo de qualidade, responsabilidade e ética – o que é de extrema relevância. Todos vocês mostraram, com uma linguagem inovadora, didática e com muita pesquisa, tudo o que de mais construtivo vem sendo realizado no campo, dentro e fora da porteira. Parabenizo a todos que produziram conteúdo que soma, que agrega e acrescenta”, afirmou o presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp