Em destaque

Confira as Vagas de Emprego, disponíveis na Casa do Trabalhador nesta sexta-feira (01/03). Saiba mais:

Casa do trabalhador informa:

01 Assistente de Logística – Ter formação em Logística ou Administração. Experiência de 2 anos na função ou atividades correlatas. Conhecimento em Pacote Office, legislação tributária ANTT, legislação tributária relacionada a logística; classificação de grãos, matemática financeira básica, processo de faturamento. CNH B. Apresentar currículo.

01 Auxiliar de Manutenção Predial – Experiência em serviços gerais de manutenção em ambientes residenciais em fazenda: instalações elétricas e hidrálicas, pequenos reparos e pintura em paredes, pisos, tetos e esquadrias. Limpeza de pátio e podas de árvores. Ensino fundamental. CNH A/B. Apresentar currículo com referências.

01 Auxiliar de Mecânica de Moto – Com experiencia, apresentar currículo.

01 Cozinheiro/a – Experiência acima de 5 anos. Apresentar currículo.

01 Engenheiro Civil – Habilidades: ART, fazer Projeto AutoCAD e orçamentos. Experiência á partir de 3 anos. Apresentar currículo.

01 Engenheiro Elétrico – Habilidades: Conhecimento sobre Normas Elétricas, ART, fazer Projetos e orçamentos. Experiência á partir de 3 anos. Apresentar currículo.  

01 Mecânico de moto – Com experiência, apresentar currículo.

01 Professor de Inglês – Organização para controlar e realizar ajustes necessários no quadro de horários e aulas. Disponibilidade para atuar part-time. Experiência em ensino (qualquer área do conhecimento) Inglês no mínimo Avançado.Se interessou ou quer saber mais? Envie seu CV para work@beetools.com.br com o assunto: professor(a) de inglês – e o nome da sua cidade. Nossa equipe avaliará os perfis e entrará em contato para agendar uma entrevista virtual.

01 Operador de munck – Experiência comprovada em CTPS. Cursos na área.

10 Servente de Pedreiro – Experiência mínima de 6 meses em CTPS.

01 Serviços gerais para limpeza – Experiência á partir de 3 anos. Apresentar currículo.

Os interessados podem comparecer na Casa do Trabalhador, com CPF, RG e Carteira de Trabalho, de segunda a sexta, das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas. A agência está localizada na Rua Melânio Garcia Barbosa, 119 – Centro, Maracaju (MS), mais informações (67) 3454 – 4848.

Em destaque

Coordenador do Departamento de Endemias do Município Mario Zan Queiros Batista afirma em entrevista que 90% dos focos está dentro dos quintais e não em terreno baldio. Saiba mais:

Dengue a preocupação constante

“90% dos focos está dentro dos quintais e não em terreno baldio”, essa foi á afirmação do Coordenador do Departamento de Endemias do Município Mario Zan Queiros Batista. Ele falou em entrevista na manhã desta quinta feira, (28), segundo ele, Maracaju ainda está dentro do controlável com relação ao número de casos de dengue, mas o que preocupa é a grande quantia de larvas do mosquito que é encontrado nos quintais das residências, com pessoas morando nos imóveis e em todas as regiões da cidade. “Estamos em alerta sim, a larva de hoje é o mosquito de amanhã, e esse mosquito que é o perigo, pedimos novamente a colaboração da comunidade, que limpem seus quintais pelo menos uma vez por semana, isso já é o suficiente”, disse Mario. Ainda de acordo com as informações passadas por ele, no Estado já tem caso de óbito confirmado, e na nossa região o número de casos aumentou muito, precisamos estar atendo. Logo após o recesso de carnaval será feito um novo levantamento pelo LIRA  (Levantamento rápido de índices para Aedes aegypti) em todo o município e com esses dados vamos ver qual a ação que vamos realizar, esse resultado deve sair nos próximos 15 dias.

Para o Coordenador o mais crítico é realmente este mês de março, devido a questão climática, chuva e sol, é o que o mosquito precisa para proliferar.

Reportagem: Paulo Roberto

Em destaque

Em Audiência Pública, Prefeitura apresentou Avaliação do cumprimento das Metas Fiscais do Terceiro Quadrimestre de 2018. Saiba mais:


Foto: Ellen Karine Birck

A Prefeitura Municipal apresentou em audiência pública no dia 27 fevereiro na Câmara Municipal de Vereadores Avaliação do cumprimento das Metas Fiscais do Terceiro Quadrimestre de 2018.

Conforme determina a Lei Complementar n° 101, de 04 de Maio de 2000, Art. 9°, § 4°.

A Prefeitura Municipal neste terceiro quadrimestre (fechamento do exercício financeiro de 2018) aplicou em saúde o montante de R$ 23.567.602,67(vinte e três milhões e quinhentos e sessenta e sete mil e seiscentos e dois reais e sessenta e sete centavos), equivalente a 19,14% das receitas de impostos e em Educação 32.068.973,82 (trinta e dois milhões e sessenta e oito mil e novecentos e setenta e três reais e oitenta e dois centavos), equivalente a 25,55% das receitas de impostos.

No tocante ao Fundo Municipal de Assistência Social, teve uma receita de repasses da União, Estado e Recursos Próprios de R$ 3.133.420,94(três milhões e cento e trinta e três mil e quatrocentos e vinte reais e noventa e quatro centavos) e despesas de R$ 3.281.227,58 (três milhões e duzentos e oitenta e um mil e duzentos e vinte e sete reais e cinqüenta e oito centavos), saldo bancário do exercício anterior de R$ 243.133,10 e saldo bancário atual de R$ 95.326,46(noventa e cinco mil e trezentos e vinte e seis reais e quarenta e seis centavos).

No tocante a gastos com pessoal conforme preconiza o art.55 da LRF-Lei de Responsabilidade Fiscal, ficou na casa dos 46,98% do Executivo Municipal e de 2,17% do Legislativo, abaixo do limite prudencial que é de 51,3%. Onde a Receita corrente Liquida dos 12 meses atingiu o montante de R$ 173.537.999,40(cento e setenta e três milhões e quinhentos e trinta e sete mil e novecentos e noventa e nove reais e quarenta centavos), para fins de cálculo dos gastos com pessoal.

Foto: Ellen Karine Birck

Reportagem: Paulo Roberto

Em destaque

Audiência Pública: Apresentação de Avaliação do cumprimento das Metas Fiscais do Terceiro Quadrimestre de 2018.

Fotos: Ellen Karine Birck

Em destaque

Defesa de Giroto cita liberdade de Puccinelli, mas TRF-3 mantém prisões

Em três decisões sobre um mesmo caso, a 5ª Turma do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) manteve por unanimidade as prisões do ex-secretário de Obras Públicas e Transportes, Edson Giroto, e do empresário Flávio Henrique Garcia Scrocchio. Além disso, Rachel Giroto, mulher do ex-titular da Seop, também teve rejeitada a revogação da prisão domicilia. Giroto viu serem recusados até argumentos que citaram a situação do ex-governador André Puccinelli (MDB) que, em dezembro, viu o STJ (Superior Tribunal de Justiça) lhe conceder a liberdade.

As manifestações contra Rachel, Giroto e Scrocchio, tomadas em denúncia dentro da Operação Lama Asfáltica, seguiram determinação do STF (Supremo Tribunal Federal) que, em 2018, havia ordenado a prisão de alvos na Fazendas de Lama –terceira fase da apuração.

As decisões foram publicadas nesta quarta-feira (27) no Diário Oficial da Justiça Federal, a partir de pedidos que, desde 2016, tramitam na Justiça Federal. Os recorrentes lembraram que o próprio Supremo havia determinado a soltura dos investigados nessa fase da Lama Asfáltica por meio de liminar do ministro Marco Aurélio Mello de 2016. Porém, na análise do mérito da questão no primeiro semestre de 2018, avalição do ministro Alexandre de Moraes de que Giroto e outros ainda representavam risco para as investigações foi seguida na Primeira Turma do STF.

O caso causou polêmica pois, dias depois, o próprio TRF-3 havia expedido liminar novamente determinando a liberação dos investigados –levando a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a contestar a soltura novamente no Supremo. Giroto, Rachel e Schocchio, além do empresário João Amorim, voltaram à prisão.

Rachel Giroto havia pedido a conversão da prisão domiciliar em outras medidas restritivas, enquanto Scrocchio e Giroto, que ocupam a cela 17 do Centro de Triagem Anizio Lima, pediram sua liberdade. Scrocchio alegou não ter adquirido imóvel rural para ocultar cerca de R$ 7,6 milhões que seriam provenientes de delitos e teve, contra si, mantida a mesma avaliação anotada sobre Rachel.

Relator dos três pedidos, o desembargador federal Paulo Fontes lembrou que a 5ª Turma do TRF-3 havia revogado a prisão preventiva “em razão do decurso de tempo, sem notícia de reiteração delitiva, mas o Supremo Tribunal Federal, em sede de Reclamação, entendeu que a decisão desta Corte afrontava sua autoridade a denegar a ordem de habeas corpus no feito acima referido”.

Assim, diante da possibilidade de o impasse se repetir, já que o Supremo, “como bem ressaltou o Ministério Público Federal, reconheceu os riscos à ordem pública não havendo que se falar em fatos novos capazes de ensejar a revogação da medida que ora se impugna”, postulou o magistrado no HC movido por Rachel Giroto.

Justificativas – Giroto, em sua manifestação, alegou que não cabe à sua defesa a “demora na marcha processual” em ações da Lama Asfáltica, “não sendo certo que o paciente suporte as consequências do excesso de trabalho da Justiça Federal” e que, dentro da legislação, a prisão temporária deveria ter se encerrado em 120 dias após a deflagração.

Ainda segundo ele, diante do bloqueio de seus bens, “supostamente adquiridos de forma ilícita, a organização criminosa destinada à prática de lavagem de dinheiro, em tese atribuída ao paciente, já teria sido desarticulada”, anotou no magistrado na instrução da decisão. Para a defesa, tal fato ajuda a esvaziar a necessidade de o ex-secretário seguir preso, bem como o fato de não haver novas transações financeiras e imobiliárias em seu nome desde 2016.

O ex-secretário destacou, ainda, decisão de dezembro de 2018 que resultou na liberação do ex-governador André Puccinelli e de André Puccinelli Junior –presos em julho passado durante a Papiros de Lama, quinta fase da Lama Asfáltica–, a ministra Laurita Vaz, do STJ, reconheceu que, no período, enfraqueceu-se o risco de reiteração delitiva.

No TRF-3, o desembargador federal Paulo Fontes destacou que Giroto está preso há mais de 216 dias, sem que a instrução criminal na ação tenha sido finalizada. Ele admitiu se tratar “de feito complexo” para apurar prática de lavagem de dinheiro em um dos núcleos investigados na Lama Asfáltica –alvo de outros processos na 3ª Vara Federal de Campo Grande.

Fontes repetiu, ainda, síntese da denúncia, na qual consta que Giroto “seria Secretário de Obras do governo de André Puccinelli e chefiaria o esquema de desvio de verbas públicas em contratos administrativos, utilizando-se da influência que exercia no âmbito da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos)” e que “teria recebido valores de João Amorim (também preso) e da Proteco”.

“Tais valores ilícitos eram objeto de lavagem de dinheiro, utilizados na compra de fazendas em nome de Flávio Henrique Garcia Scrocchio e em altas movimentações financeiras na conta corrente de Rachel Rosana Giroto”. O magistrado destacou que a decisão que resultou na prisão destacou o modo de atuação do grupo ligado a Amorim, havendo “veementes indícios” da participação do ex-secretário nas acusações levantadas pelo MPF.

O papel de coordenação de Giroto, já levantado perante o STJ e o STF, foi reiterado na manifestação de Paulo Fontes. Ele, porém, frisou o posicionamento anterior do Supremo no conflito de decisões para manter a prisão do trio, o que foi reiterado, também, em relação aos demais.

Reportagem: Humberto Marques

Em destaque

Acidente entre ônibus e caminhonete deixa dois mortos e sete feridos

Duas pessoas morreram e sete ficaram feridas após acidente ocorrido na madrugada desta quinta-feira (28) na BR-163, em Nova Alvorada do Sul. A colisão frontal envolveu um ônibus, caminhonete e uma carreta, no trecho entre o município e Campo Grande. 

Conforme o Nova Alvorada News, testemunhas contraram que o motorista do ônibus da empresa Eucatur, dirigia no sentido a Capital e teria tentado ultrapassar uma carreta que estava a frente. No momento da manobra, acabou colidindo de frente com a Ford Ranger que seguia no sentido contrário da via.

Com o impacto da colisão o utilitário rodou na pista e caiu em um barranco às margens da rodovia, já o ônibus perdeu o controle após a colisão e atingiu a parte de traz da carreta. O ônibus só parou após bater em um barranco de terra fora da pista.

Duas pessoas morreram, o condutor da caminhonete, identificado como Aparecido da Silva Souza, que morreu na hora, e o motorista do ônibus, José aparecido da Silva. O motorista do ônibus ficou preso nas ferragens e morreu ainda no local.

Ainda de acordo com o site Nova Alvorada News, sete pessoas que estavam no ônibus ficaram feridas e receberam atendimento médico no local e posteriormente encaminhados ao Hospital Municipal Francisca Ortega.

Fonte: Dourados News

Em destaque

10º GP Mega de Ciclismo acontece no próximo domingo na Via Parque em Campo Grande

Está confirmada para o próximo domingo de carnaval, a disputa em Campo Grande, a 10ª edição do GP Mega de Ciclismo. A largada acontece a partir das 8h, na Via Parque, próximo ao Shopping Campo Grande.

A prova será disputada em um circuito de 2,3 quilômetros, nas categorias Elite, Sub-23, Sub-30, Máster, Open, Júnior, Juvenil e Infanto-juvenil, nos naipes masculino e feminino.

As inscrições podem ser feitas no site da Federação MS de Ciclismo (www.fmsc.com.br). Serão premiados com medalhas os cinco primeiros de todas as categorias. Os vencedores de algumas categorias também receberão premiação em dinheiro, em uma soma que passa de R$ 4 mil.

Fonte: Esporte MS

Em destaque

Confira as Vagas de Emprego, disponíveis na Casa do Trabalhador nesta quinta-feira (28/02). Saiba mais:

Casa do trabalhador informa:

01 Assistente de Logística Ter formação em Logística ou Administração. Experiência de 2 anos na função ou atividades correlatas. Conhecimento em Pacote Office, legislação tributária ANTT, legislação tributária relacionada a logística; classificação de grãos, matemática financeira básica, processo de faturamento. CNH B. Apresentar currículo.

01 Auxiliar de Manutenção Predial Experiência em serviços gerais de manutenção em ambientes residenciais em fazenda: instalações elétricas e hidrálicas, pequenos reparos e pintura em paredes, pisos, tetos e esquadrias. Limpeza de pátio e podas de árvores. Ensino fundamental. CNH A/B. Apresentar currículo com referências.

01 Auxiliar de Mecânica de Moto Com experiência, apresentar currículo.

01 Casal para Fazenda Ela: cozinhar e limpeza da sede. Ele: tenha experiência com máquinas de colher, plantar e aplicação de veneno, entre outras funções relacionadas ao campo. Sem filhos. Apresentar referências.

01 Cozinheira/o Experiência acima de 5 anos. Apresentar currículo.

01 Engenheiro Civil Habilidades: ART, fazer Projeto AutoCAD e orçamentos. Experiência á partir de 3 anos. Apresentar currículo.

01 Engenheiro Elétrico Habilidades: Conhecimento sobre Normas Elétricas, ART, fazer Projetos e orçamentos. Experiência á partir de 3 anos. Apresentar currículo.

01 Mecânico de Moto Com experiência, apresentar currículo.

01 Motorista de Caminhão Com experiência em Sino Truque.

01 Professores de Inglês Organização para controlar e realizar ajustes necessários no quadro de horários e aulas.

Disponibilidade para atuar part-time.

Experiência em ensino (qualquer área do conhecimento)

Inglês no mínimo Avançado.

Se interessou ou quer saber mais?

Envie seu CV para work@beetools.com.br com o assunto: professor(a) de inglês – e o nome da sua cidade. Nossa equipe avaliará os perfis e entrará em contato para agendar uma entrevista virtual.

01 Operador de Munck Experiência comprovada em CTPS. Cursos na área.

10 Serventes de Pedreiro Experiência mínima de 6 meses em CTPS.

01 Serviços Gerais para limpeza Experiência á partir de 3 anos. Apresentar currículo.

01 Torneiro Mecânico Experiência de no mínimo 2 anos em CTPS. Apresentar currículo com referências.

01 Trabalhador Agropecuário Polivalente Ensino fundamental incompleto. Ter experiência com bovinos de cria, recria e engorda. Saber operar trator em reforma de pasto com gradagem e semeadura de sementes de capim. Apresentar referências dos 2 últimos empregos.

Os interessados podem comparecer na Casa do Trabalhador, com CPF, RG e Carteira de Trabalho, de segunda a sexta, das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas. A agência está localizada na Rua Melanio Garcia Barbosa, 119 – Centro, Maracaju (MS), mais informações (67) 3454 – 4848.

Em destaque

Mato Grosso do Sul é líder isolado em transparência no Brasil

Mato Grosso do Sul é líder isolado em transparência no Brasil. Dados da Controladoria-Geral da União (CGU), divulgados nessa terça-feira (27.2), colocam o Estado no topo do ranking com nota 9,64. O reconhecimento é resultado de um novo método de avaliação, aplicado entre julho e novembro de 2018, chamado de “Escala Brasil Transparente – Avaliação 360°” (EBT 360°) .

Considerada como “inovação na tradicional metodologia de avaliação da transparência pública”, a EBT 360° passou a contemplar não só a transparência passiva, mas também a transparência ativa (publicação de informações na internet), conforme explica o controlador-geral de Mato Grosso do Sul, Carlos Eduardo Girão de Arruda.

“Mais do que verificar o cumprimento da Lei de Acesso à Informação, ela [EBT 360°] analisa boas práticas – como acompanhamento de obras públicas, com passo a passo, e publicações de informações sobre receitas e despesas . Essa metodologia é mais ampla e mais profunda em termos de transparência”, destaca o controlador-geral.

Para o governador Reinaldo Azambuja, a nova conquista estadual revela que o Governo está no caminho certo. “Transparência é um compromisso do nosso Governo; é incentivo para a população participar ativamente da nossa gestão. Essa nova avaliação da CGU reconhece nossos esforços para uma administração eficiente em Mato Grosso do Sul”, comemora o governante.

No Portal da Transparência da CGU é possível conferir as notas de todos os estados e municípios avaliados. No topo do ranking com 9,64, Mato Grosso do Sul está à frente do Distrito Federal (9,62), Ceará (9.47), Santa Catarina (9,4), Pernambuco (9,4) e Rio Grande do Sul (9,32). O Estado também tem nota acima da média nacional que é de 8,26.

Histórico positivo

Destaque no Centro-Oeste e no Brasil, Mato Grosso do Sul vem de uma sequência de notas positivas em avaliações da CGU relacionadas à transparência (que só levam em consideração a transparência ativa). O Estado saiu de uma nota 2,5 em 2015 para 10 em 2017 – crescimento de 300%.

Na avaliação da Rede de Controle, composta por 16 instituições, a nota de MS saltou de 1,4 em 2015 para 10 em 2016 e 2017 – crescimento de 614%. Fazem parte da Rede de Controle a CGU, a Advocacia Geral da União (AGU); o Ministério Público Estadual (MPMS); Polícia Federal (PF) e Tribunal de Contas da União (TCU).

Bruno Chaves – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Foto: Chico Ribeiro

Em destaque

Prefeito Maurílio Azambuja dá aumento acima da inflação para servidores públicos municipais.

Na manhã desta quarta feira ( 27), o prefeito Municipal acompanhado dos secretários e vereadores receberam os presidentes dos Sindicatos dos Servidores púbicos Municipais Mara Rúbia e dos Profissionais em Educação Ludemar Sólis, a pauta da reunião aumento do salário dos funcionários públicos municipais. A reivindicação dos sindicatos era de 4.17%, cerca de 1% acima da inflamação acumulada.
Com a pauta em mãos a resposta do prefeito surpreendeu os presentes na reunião, segundo prefeito em decisão junto as secretárias, foi de imediato aceita a minuta do aumento e o município ainda reajustou o pedido fechando em 5% para todos os funcionários públicos. Além disso, garantiu que o aumento será incluído na folha de do mês de março.
Lembrando ainda que a data base dos servidores do administrativo foi antecipada, mais um benefício para a categoria. 
Para o secretário de Fazenda Lenilso Carvalho, esse decisão terá um aumento na folha em 250 mil mês, mas tudo foi estudado e não compromete as finanças. A garantia de pagamento sempre pontual aos servidores como vem sendo feito, continua. A folha é paga sempre em dia e não sera diferente mesmo com o aumento, o pagamento dos funcionários continua sendo prioridade da administração do prefeito Maurílio”, disse Lenilso.
Para os sindicatos essa foi uma demonstração de coerência e de responsabilidade do poder público, a administração do prefeito Maurílio e de seus secretários e digna de elogios, sempre se preocupou com a classe, e atenderam as nossas reivindicações, esses momentos devem ser comemorados sindicato e executivo sentado junto em busca do melhor pra os trabalhadores isso é raro na história. Concluíram as sindicalistas.
Para a pagar o aumento é preciso ser aprovado pela Câmara de Vereadores em duas votações, assunto que segundo o vereador Toton representando os demais vereadores, Será uma pauta que analisada com todo carinho, uma vez que os vereadores sabem da importância do servidor público junto ao município, e são merecedores de um aumento,disse Toton. 
O prefeito Maurílio falou dos investimentos feitos mesmo em crise, agradeceu a parceria dos vereadores em todos os projetos. E o aumento dos funcionários foi estudado com carinho, sempre respeitamos o nosso servidor que faz com a engrenagem funcione. ” Precisamos sempre pensar no funcionário em todos os aspectos e sabemos que aumento de salário e fundamental. Funcionário valorizado trabalha ainda com mais vontade. E esse valor dá a eles um ganho real e não compromete as finanças do município, e vamos fazer sempre o possível pelos nossos colaboradores”, disse Maurílio.  

Reportagem: Paulo Roberto

Em destaque

Berlim: Mato Grosso do Sul será representado na maior feira de turismo do mundo

De 6 a 10 de março de 2019, com o apoio do Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur), Mato Grosso do Sul estará representado na maior feira do segmento no mundo: a ITB Berlim, na Alemanha.

A participação em feiras e eventos é uma das ações estratégicas da Fundação de Turismo de MS (Fundtur-MS) para promover e divulgar o Estado como um importante destino de ecoturismo e turismo de aventura.

Em sua 53ª edição, o evento deve receber cerca de 10.000 empresas e organizações de mais de 180 países.

Na ocasião será possível fazer contatos junto aos DMCs (Destination Management Company) atuantes neste mercado e com operadores alemães, munindo os profissionais com informações dos destinos de Mato Grosso do Sul para que ele seja incluído em pacotes e roteiros personalizados. Além dos alemães, a ITB Berlin recebe profissionais de todos os continentes e, principalmente, do Europeu.

Segundo o Observatório de Turismo e Eventos de Bonito, a Europa está entre os maiores emissores de turistas estrangeiros que visitaram o município nos últimos anos. A Alemanha aparece entre os dez maiores países emissores, sendo o segundo em dezembro de 2018.

Local: Messe Berlin / Messedamm 22, 14055
Período: 6 a 10 de março de 2019
Cidade: Berlim – Alemanha
Público Alvo: Trade
Segmento: Multiprodutos
Mais informações: www.itb-berlin.de

Débora Bordin – Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul

Foto: Divulgação ITB Berlin

Em destaque

Ação de R$ 3 milhões liga Tânia Borges a suspeita de venda de sentença


Tânia Borges foi afastada do cargo de desembargadora pelo CNJ. (Foto: Saul Schramm)

Numa “perfeita coincidência”, um recurso no TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) sobre liberação de venda de 3 mil cabeças de gado em processo de inventário e partilha une a desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, atualmente afastada; o advogado Dênis Peixoto Ferrão Filho, à época servidor do Tribunal de Contas do Estado; e os prints apreendidos pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de diálogos do tenente-coronel Admilson Cristaldo Barbosa, condenado na Máfia do Cigarro.

Em julho do ano passado, foram divulgadas reproduções de conversas por aplicativo entre uma pessoa chamada “Dra Tânia” e o oficial da PM (Polícia Militar), além de mensagens trocadas entre Admilson e Dênis. Na ocasião, foi levantada a suspeita de interferência em julgamento.

Em processo administrativo disciplinar no CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o corregedor Humberto Martins usa as datas das conversas e reclamação feita em 2017 contra a desembargadora ao Conselho Nacional de Justiça para apontar que o esquema era para influenciar a decisão num agravo de instrumento no TJ/MS, onde Tânia Borges liberou a venda de duas mil cabeças de boi. Transação comercial que envolve R$ 3 milhões.

“Em razão de uma incrível coincidência de datas e outros aspectos, surgiram fundados indícios de possível relação entre parte do conteúdo das conversas a que o Gaeco teve acesso (conversa entre o interlocutor Admilson Cristaldo e o advogado Dênis Peixoto e o print de conversa entre o interlocutor Admilson Cristaldo e a interlocutora “Dra. Tânia”) e o julgamento do agravo de instrumento”.

No agravo, datado de julho de 2017,o pedido inicial da defesa, cujo um dos participantes era Dênis Peixoto, que representava uma das partes, era para vender três mil reses. No mesmo mês, a desembargador autorizou a venda de duas mil.

Em agosto, foi pedida a suspeição de Tânia Borges, que primeiro negou, mas em março de 2018 deixou a relatoria do processo e declarou-se suspeita. A relatoria foi assumida pelo desembargador Sérgio Fernandes Martins.

A 1ª Câmara Cível, onde tramitava o processos, era composta ainda pelos desembargadores João Maria Lós e Marcelo Câmara Rasslan.

Conversas suspeitas

Num diálogo de 18 de abril do ano passado, Admilson diz a “Dra. Tânia” que o trem foi esquisito e pede para que a interlocutora olhe o site. “Dra. Tânia” responde que foi perfeito. “O Marcelo, que vota antes, pediu vista, e o João aguarda. O Sérgio deu tudo que pediu”, diz. Admilson responde com emoticon de rosto feliz. E “Dra. Tânia” prossegue: Até as 3.000.

Três mil também era o total inicial pedido para a venda de reses. Conforme o relatório, “existe perfeita coincidência entre as datas e o nome dos desembargadores que pediram vistas quando se compara o andamento do agravo do instrumento”.

No dia 8 de maio, um novo diálogo entre Admilson e “Dra. Tânia”. Ele questiona se “JM” voltou atrás. A pessoa responde que “MR” acompanhou, mas “JM” pediu vista para deixar mais leve e fortalecer o resultado. Cita também que foi bom para acalmar o coleguinha e fico para 26.6.

O oficial da PM manda três emoticons e “Dr Tânia” diz: “Vai dar tempo para providenciar o do coleguinha até lá”. A reposta dele é com certeza.

Para o corregedor, o fato de o Gaeco ter apreendido um cheque da desembargadora na casa do oficial da PM mostra a proximidade entre eles, sendo mais um indício de que a DraTânia do contato registrado no celular do policial é a desembargadora.

No mesmo contexto, o processo administrativo no CNJ cita que existe mensagem de Admilson Cristaldo para o advogado Dênis Peixoto em que eles dialogam a respeito do motivo do pedido de vista.

“Demonstram acreditar que o motivo para o Desembargador ‘JM’ ter pedido vista seria para aguardar o pagamento do valor (representando por um $). Admilson Cristaldo ainda afirma “os caras são fechados. Querem ver para crer”, “manda arrumar pelo menos a metade”.
Os prints da conversa entre o oficial e a Dra Tânia foram enviados para o celular de Dênis.

Na conclusão, a Corregedoria aponta que a há indícios de que a desembargadora influenciou no julgamento de um recurso na 1ª Câmara Cível do TJ/MS, havendo fundada suspeita de que a referida “intermediação” possa ter envolvido atos de corrupção e advocacia administrativa.

Em defesa da desembargadora afastada, foi citado que os processos são públicos e que podem ser acompanhados pela internet, desta forma, a influência do oficial seria um “blefe” para obter a confiança do interlocutor, no caso o advogado Dênis.

Advogado de Tânia Borges, André Borges afirma que está impedido de se manifestar sobre detalhes do caso, considerando o sigilo da apuração. Ele ainda disse que tudo será esclarecido, “com a absolvição daquela que está sendo injustamente massacrada”. 

Reprodução de print de conversa descoberta pelo Gaeco na operação Oiketicus. Para CNJ, há indícios de que Dra Tânia é a desembargadora.

Reprodução de print de conversa descoberta pelo Gaeco na operação Oiketicus. Para CNJ, há indícios de que Dra Tânia é a desembargadora.

Reportagem: Aline dos Santos

Em destaque

Curso capacita médicos para determinação de morte encefálica

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) fornece apoio logístico para o Curso de Capacitação de Médicos para Determinação de Morte Encefálica, que acontece nesta quarta-feira (27.2) na Capital.

Segundo o secretário da SES, Geraldo Resende, o Estado forneceu o local e realizou a organização e seleção dos profissionais que participam do evento.

O curso é uma realização da Coordenação Geral do Sistema Nacional de Transplantes do Ministério da Saúde, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (ProadiI-SUS) – Hospital Israelita Albert Einstein. A medida atende à Resolução nº 2.173 do Conselho Federal de Medicina (CFM), tendo como público-alvo médicos com experiência comprovada (no mínimo um ano) no atendimento de pacientes em coma.

A metodologia está sendo aplicada com aula presencial, incluindo teoria, casos clínicos e estação prática. Será realizada avaliação pré e pós-teste e validação em estação prática. O curso acontece no período das 8h às 17h15, com carga horária de 8h e duração de um dia, na Escola de Saúde Pública Dr. Jorge David Nasser, situada à avenida Senador Filinto Müller, 1.480. Foram abertas 32 vagas.

A Resolução

De acordo com a Resolução nº 2.173/17, do CFM outros especialistas, além do neurologista, poderão diagnosticar a morte cerebral. Pela resolução anterior (1.480/97), a morte encefálica deveria ser diagnosticada por dois médicos, sendo que um seria obrigatoriamente neurologista, mas o outro não precisava ter nenhuma habilitação específica.

A nova Resolução determina que os dois médicos devem ser especificamente qualificados, sendo que um deles deve ter uma das seguintes especialidades: medicina intensiva adulta ou pediátrica, neurologia adulta ou pediátrica, neurocirurgia ou medicina de emergência. O outro profissional deve ter, no mínimo, um ano de experiência no atendimento a pacientes em coma, tenha acompanhado ou realizado pelo menos 10 determinações de morte encefálica ou tenha realizado curso de capacitação. Nenhum dos dois médicos deve fazer parte da equipe de transplantes.

Ricardo Minella – Secretaria de Estado de Saúde (SES)

Foto: Divulgação

Em destaque

VÍDEO: Moradora filma cobertura de galpão ‘voando’ durante temporal em MS: ‘Por Deus não atingiu minha janela’

A moradora de um prédio no centro de Campo Grande (MS) filmou o momento em que o barracão ao lado do prédio em que mora foi destelhado, e as placas de alumínico começaram a “voar”. Ela estava em seu apartamento, e por volta de 11h desta terça-feira (26), ouviu um barulho muito alto.

Ao sair na sacada viu que que o galpão estava sendo destelhado e começou a filmar com o celular. Camila Bomfim conta que parou o vídeo no momento em que uma placa de alumínio veio em sua direção: “Por Deus não atingiu minha janela”, relata.

Veja o vídeo:

Apesar da cena lembrar um tornado, o meteorologista Natálio Abrahão explica que não é o caso: “Não chega a ser um tornado propriamente dito, porque ele se caracteriza quando toca o chão, nesse caso não houve o toque. É a base de uma nuvem chamada de cúmulos-nimbos”, conta.

Segundo o meteorologista, o fenômeno é também conhecido como “nuvem-funil”, que desce mas não atinge o solo. Em duas horas de chuva foram registrados vários pontos de alagamento na capital e pessoas ficaram ilhadas. Na tarde desta terça foram registrados 102,4 milímetros de chuva. A previsão para o mês é de 171 milímetros.

Reportagem: Lucas Oliver

Em destaque

Mulher que matou idosa em MS batendo a cabeça dela no meio-fio chamava a vítima de ‘vozinha querida’

A Polícia Civil divulgou informações nesta terça-feira (26) durante coletiva de imprensa sobre a suspeita de assassinar brutalmente uma aposentada de 79 anos batendo a cabeça da vítima no meio-fio em Campo Grande (MS). De acordo com o delegado Carlos Delano, “Vó, vozinha, vozinha querida” eram algumas das maneiras que a motorista particular Pamela Ortiz de Carvalho, de 36 anos, usava para chamar a idosa.

“No dia que descobrimos o corpo, tiramos fotos e mostramos para a Pamela, e mesmo diante de tantas provas contra ela, ela chegou a dizer: ‘Nossa, o que fizeram com a minha vozinha?'”, disse o delegado Carlos Delano.

A Polícia classificou Pamela como uma pessoa fria, dissimulada e com traços de psicopatia.

“Desde o dia que ela chegou aqui, ela manteve o mesmo tom de voz. Sempre se mostrando preocupada com vítima, querendo passar a impressão de uma pessoa boa e do bem. Mas nós sabemos que tudo isso é um grande teatro”, afirmou a delegada responsável pelo caso, Christiane Grossi.

Ainda de acordo com a polícia, Pamela só confessou o crime após sete horas de interrogatório, porém, sustentou a seguinte versão: disse que estava levando a idosa para passear e que, em um determinado momento, houve uma discussão entre elas.

Segundo a suspeita, a vítima teria pulado para fora do carro com o veículo ainda em movimento e batido a cabeça no meio-fio. Na sequência, ela diz que “ficou desesperada e bateu ainda mais a cabeça da idosa no concreto”, em seguida, levou a mulher para debaixo de uma árvore e cobriu o corpo com galhos. A versão é contestada pela perícia, que localizou uma grande quantidade de sangue no local, e o rosto da idosa completamente desfigurado, demonstrando que houve agressão intensa.

A motorista postou há 6 meses em suas redes sociais um vídeo pedindo respeito a idosos. Ela foi indiciada por homicídio e ocultação de cadáver. Ela possui antecedentes criminais por estelionato e furto.

O advogado de Pamela, Edmar Soares, disse que a família da cliente informou que ela tem problemas psiquiátricos, e que a motorista fez questão de dizer que agiu em legítima defesa.

Entenda o caso

A idosa estava desaparecida deste o último sábado (23), quando saiu de casa no bairro Santo Antônio, em Campo Grande.

Quando houve o desaparecimento, vizinhos informaram à polícia que a idosa não costumava dormir fora de casa e mantinha o imóvel todo arrumado. A motorista atuava como motorista particular da idosa desde julho do ano passado.

“Ela vivia sozinha e eles estranharam o fato dela não aparecer no sábado e domingo. Então chegaram a pensar que ela poderia estar morta dentro do imóvel”, disse a delegada Christiane Grossi.

No domingo (24), a polícia encontrou o corpo da idosa na região do Indubrasil, em Campo Grande . O rosto dela estava completamente desfigurado e havia muito sangue no local do crime, principalmente próximo a um meio-fio.

Pamela foi chamada para prestar depoimento na segunda-feira (26). Durante o interrogatório, apresentou contradições e foi presa. Segundo a polícia, a morte da idosa teria sido motivada pelo fato da vítima ter descoberto que a motorista usou o cartão dela para fazer uma compra no valor de cerca de R$ 1 mil em shopping da capital.

Reportagem: Ricardo Freitas

Em destaque

Confira as Vagas de Emprego, disponíveis na Casa do Trabalhador nesta quarta-feira (27/02). Saiba mais:

Casa do trabalhador informa:

01 Assistente de Logística Ter formação em Logística ou Administração. Experiência de 2 anos na função ou atividades correlatas. Conhecimento em Pacote Office, legislação tributária ANTT, legislação tributária relacionada a logística; classificação de grãos, matemática financeira básica, processo de faturamento. CNH B. Apresentar currículo.

01 Auxiliar de Manutenção Predial Experiência em serviços gerais de manutenção em ambientes residenciais em fazenda: instalações elétricas e hidrálicas, pequenos reparos e pintura em paredes, pisos, tetos e esquadrias. Limpeza de pátio e podas de árvores. Ensino fundamental. CNH A/B. Apresentar currículo com referências.

01 Auxiliar de Mecânica de Moto Com ou sem experiência, apresentar currículo.

01 Casal para Fazenda Ela: cozinhar e limpeza da sede. Ele: tenha experiência com máquinas de colher, plantar e aplicação de veneno, entre outras funções relacionadas ao campo. Sem filhos. Apresentar referências.

01 Mecânico de Moto Com experiência, apresentar currículo.

01 Professores de Inglês Organização para controlar e realizar ajustes necessários no quadro de horários e aulas.

Disponibilidade para atuar part-time.

Experiência em ensino (qualquer área do conhecimento)

Inglês no mínimo Avançado.

Se interessou ou quer saber mais?

Envie seu CV para work@beetools.com.br com o assunto: professor(a) de inglês – e o nome da sua cidade. Nossa equipe avaliará os perfis e entrará em contato para agendar uma entrevista virtual.

01 Operador de Munck Experiência comprovada em CTPS. Cursos na área.

01 Serventes de Pedreiro Acima de 25 anos. Experiência mínima de 6 meses em CTPS.

01 Torneiro Mecânico Experiência de no mínimo 2 anos em CTPS. Apresentar currículo com referências.

01 Vendedor de Consórcio Com experiência em vendas. Apresentar currículo.

Os interessados podem comparecer na Casa do Trabalhador, com CPF, RG e Carteira de Trabalho, de segunda a sexta, das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas. A agência está localizada na Rua Melanio Garcia Barbosa, 119 – Centro, Maracaju (MS), mais informações (67) 3454 – 4848.

Em destaque

Adolescente de 15 anos é apreendido após estuprar criança de 1 ano

Um adolescente de 15 anos foi apreendido na manhã desta terça-feira (26) por estuprar uma menina de 1 ano e 4 meses no Loteamento Cristo Redentor, em Campo Grande. O crime aconteceu no fim da tarde de sábado (23) e a criança só foi encontrada três horas depois, desacordada e ferida em um terreno baldio.

O mandado de busca e apreensão em nome do adolescente foi cumprido nesta manhã pela Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude). Ele estava escondido na casa de uma amiga da mãe e na delegacia contou todo o crime com riqueza de detalhes.

Segundo a delegada Ariene Nazareth Murad de Souza, no ano passado o adolescente e o pai se mudaram para a casa dos avós da menina, onde ela também vivia com os pais. Após um novo relacionamento, o pai do suspeito se mudou, mas ele permaneceu sob os cuidados da avó da criança.

Por conta da convivência, o adolescente era acostumado a passear pelo bairro com a menina e no dia do crime a levou até a mãe, que estava em um salão da região. “Chegando lá, ele pediu para mãe da vítima para comprar um salgado com ela em uma padaria. Ele foi comprar um salgado para ele e para ela, e ai levou a criança para um matagal”, relatou à delegada.

O crime aconteceu em um terreno com uma construção abandonada. Em depoimento, o adolescente afirmou que ficou meia hora com menina, que desmaiou durante o estupro. Ele só deixou o local depois de ouvir vozes e como viu que a criança estava desacordada, a jogou no matagal.

A menina foi encontrada pelo avô, três horas depois, desmaiada, seminua, ferida, suja com terra e somente vestida com a blusinha. Ela foi levada para o hospital e permanece internada. Exame de corpo de delito – sexologia forense – apresentou lesões corporais compatíveis com a prática de ato libidinoso diverso da conjunção carnal.

Para a polícia, o suspeito alegou que na tarde do dia 23 de fevereiro usou três pedras de pasta base de cocaína pela primeira vez e que quando cometeu o crime “ainda estava meio tonto”. “Não sei o que deu em mim”, afirmou. A delegada pediu a internação provisória do adolescente em uma Unei (Unidade de Educacional de Internação), que foi aceita pelo juiz e cumprida nesta manhã.

Reportagem: Geisy Garnes

Em destaque

SES ressalta sobre cuidados para prevenir dengue

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) reforça o alerta à população para os cuidados básicos que evitam a proliferação do mosquito transmissor.

A melhor forma de prevenção da dengue é evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, eliminando água armazenada que podem se tornar possíveis criadouros, como em vasos de plantas, galões de água, pneus, garrafas plásticas, piscinas sem uso e sem manutenção, e até mesmo em recipientes pequenos, como tampas de garrafas. Também é recomendada a manutenção de calhas, instalação de telas em ralos e que mantenham caixas d’água e outros depósitos bem vedados.

Roupas que minimizem a exposição da pele durante o dia – quando os mosquitos são mais ativos – proporcionam alguma proteção às picadas e podem ser uma das medidas adotadas, principalmente durante surtos. Repelentes e inseticidas também podem ser usados, seguindo as instruções do rótulo. Mosquiteiros proporcionam boa proteção para aqueles que dormem durante o dia, como bebês, pessoas acamadas e trabalhadores noturnos.

Os principais sintomas da dengue são febre alta superior a 38,5ºC, dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal estar, falta de apetite, dor de cabeça, manchas vermelhas no corpo.

Em caso de suspeita é fundamental procurar um profissional de saúde para o correto diagnóstico.

A assistência em saúde é feita para aliviar os sintomas. Entre as formas de tratamento são recomendados fazer repouso, ingerir bastante líquido (água) e não tomar medicamentos por conta própria. 

A hidratação pode ser por via oral (ingestação de líquidos pela boca) ou por via intravenosa (com uso de soro, por exemplo). O tratamento é feito de forma sintomática, sempre de acordo com avaliação do profissional de saúde, conforme cada caso.

Segundo o boletim epidemiológico da dengue, divulgado no dia 14 de fevereiro, pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), até o momento a Capital lidera com 1,8 mil notificações, seguida por Três Lagoas com 1,2 mil.

No total, Mato Grosso do Sul já tem 4,4 mil notificações em 2019. O Estado registrou 761 casos confirmados da doença, sendo 466 em Campo Grande e 125 em Três Lagoas. 

Airton Raes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Foto: Super Interessante

Em destaque

MPE arquiva pedido e diz que só cabe à família decidir sepultamento de Lourival

O MPE (Ministério Público Estadual) determinou arquivamento do pedido formulado pela Aliança Nacional LGBTI+ para o registro tardio de nascimento e gênero de Lourival Bezerra Sá, 78 anos. O corpo dele está há 4 meses no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), pendente de sepultamento até que seja definido a identidade real como mulher.

No protocolo encaminhado, a Aliança justificou dizendo que a questão do gênero de Lourival já foi resolvida quando o plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) julgou por unanimidade a falta de necessidade da cirurgia de transgenitalização – mudança de sexo – para que seja necessário a alteração de registro.

Em nota, o MPMS informou que o promotor Eduardo Cândia, da 67ª promotoria dos Direitos Humanos avaliou que a decisão sobre o caso de Lourival Bezerra “cabe exclusivamente aos familiares”. O entendimento é feito com base no artigo 12 do Código Civil. (Em se tratando de morto, terá legitimação para requerer a medida prevista neste artigo o cônjuge sobrevivente, ou qualquer parente em linha reta, ou colateral até o quarto grau”. O mesmo pedido foi feito à Defensoria Pública, mas ainda não foi avaliado.

O caso ganhou repercussão nacional em reportagem do Fantástico. A genitália feminina foi descoberta após sua morte, em outubro de 2018, durante exame de corpo de delito. A mulher com quem conviveu durante mais de 20 anos disse que somente descobriu a verdade pouco antes da morte do marido.

Conforme a reportagem do Fantástico, ele revelou que seu nome verdadeiro era Enedina Matia de Jesus, e que nasceu em Bom Conselho, em Pernambuco. A delegada Christiane Grossi, da 7ª delegacia de Polícia Civil abriu inquérito para apurar a identidade de Lourival.

Para o pesquisador e professor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) Tiago Duque, a questão do impasse do enterro de Lourival desumaniza sua existência. Além disso, ele afirmou que “Lourival viveu como homem e é como homem que deve ser identificado”.

Reportagem: Silvia Frias e Geisy Garnes

Em destaque

Homem cai no golpe do falso frete e passa mais de 7h refém de assaltantes em Campo Grande


Caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário da Vila Piratininga

Um homem de 38 anos caiu no golpe do falso frete e passou mais de sete horas refém de bandidos em Campo Grande. Os assaltantes fugiram levando a caminhonete da vítima, uma Nissan Frontier.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima relatou à polícia que foi contratada por uma pessoa desconhecida pelo aplicativo WhatsApp para fazer um frete de uma geladeira. Por volta das 10h30 de ontem (25), o homem foi ao local combinado, em uma residência na Rua Aide de Souza, na Vila Olinda.

Ao chegar na casa, uma menina, aparentando ter 16 anos, abriu o portão e disse para a vítima colocar a caminhonete na garagem enquanto aguardavam a chegada dos homens que ajudariam a carregar a geladeira.

Pouco tempo depois, dois homens chegaram ao local. Um deles, com um revólver, anunciou o assalto. A vítima foi levada para dentro da residência e permaneceu sendo vigiada por um dos homens até por volta das 16h30, quando teve uma camiseta amarrada no rosto e foi colocada dentro de um veículo Toyota Etios.

O motorista do carro, acompanhado da jovem e de um dos homens, dirigiu até o anel viário de Campo Grande, na saída para Três Lagoas. A vítima foi deixada acompanhada do casal em uma região de matagal, onde permaneceu por aproximadamente uma hora.

Segundo a ocorrência, os bandidos e a vítima deixaram o local e andaram por aproximadamente 20 minutos.

Ao passarem em frente a uma empresa de transportes na Avenida Três Barras, a vítima correu e pediu ajuda aos funcionários do local. O casal conseguiu fugir.

A polícia foi acionada e, na casa onde a vítima foi rendida, encontrou um homem. Aos policiais, ele informou que ao chegar na residência encontrou o portão aberto e uma abandonada.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Reportagem: Kerolyn Araújo

Em destaque

Agepan inicia etapa de campo da fiscalização de segurança de barragens

A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) começa esta semana a etapa de inspeção de campo das barragens a serem fiscalizadas em Mato Grosso do Sul dentro da força-tarefa capitaneada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

De 26 de fevereiro a 1º de março serão feitas quatro vistorias, uma usina por dia. Nos dias 12 e 13 de março a fiscalização acontece em mais duas geradoras.


UHE Ponte de Pedra, na divisa de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso

Ao todo, seis usinas, entre hidrelétricas e pequenas centrais hidrelétricas, estão incluídas na programação definida em conjunto com a Aneel para serem vistoriadas: as Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) Indaiá Grande, Alto Sucuriú e Verde 4ª, e a Usina Hidrelétrica (UHE) Assis Chateaubriand (Salto Mimoso); e, na sequência, UHE Ponte de Pedra e PCH Ponte Alta.

No Brasil a fiscalização vai abranger 133 usinas hidrelétricas até o mês de maio. Nos primeiros 10 dias (12 a 22.2), conforme divulgado pela Aneel, foram inspecionadas as barragens de 21 usinas, e não foram identificadas anomalias que possam afetar a segurança das estruturas vistoriadas.

Foco da fiscalização in loco

A verificação da conformidade regulatória, que é o que cabe às agências reguladoras, tem foco em três pontos: Verificação das Estruturas, Verificação da Instrumentação, Verificação do Plano de Segurança de Barragem e do Plano de Ação Emergencial. Cada tópico é composto por um check-list técnico, que inclui diversos itens. Alguns deles são:

No Brasil a fiscalização vai abranger 133 usinas hidrelétricas até maio. Na foto, usina UHE Assis Chateaubriand.

Verificação do Plano de Segurança de Barragem e do Plano de Ação Emergencial:

  • da caracterização das zonas de autossalvamento potencialmente afetadas no caso de rompimento da barragem, quando delimitadas.
  • das rotas de fuga.
  • de pontos de encontro.
  • de Sistemas de aviso nas zonas de autossalvamento ZAS (cirenes).
  • de estrutura de coordenação do PAE (comitê de gestão de crise, comitê de emergência, equipe de logística).
  • de existência de recursos (humanos, materiais)
  • de sistemas de comunicação
  • de Sistemas de aviso à população
  • de sala de emergência
  • da Divulgação e treinamento da população envolvida (simulação).

Verificação das Estruturas:

  • de estruturas da barragem quanto à cobertura vegetal; drenagem; presença de vegetação arbórea, se há escorregamento do enrocamento, ocorrência de piping (um tipo de erosão).
  • de presença de zona de risco a jusante do barramento (edificações, presença humana eventual ou permanente, cidades ou vilas).

Verificação da Instrumentação:

  • Verificar piezômentro
  • Medidores de vazão (Calha Parchal)
  • Drenos de fundação
  • Inclinômetros, além de outros, em um total de oito itens técnicos de instrumentação.

Gizele Oliveira – Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan)

Fotos: Agepan

Em destaque

Maria Casadevall faz topless e protesta contra Bolsonaro em bloco de carnaval

Maria Casadevall foi um dos grandes destaques do bloco de carnaval Baixo Augusta, considerado um dos principais de São Paulo e festejado nesse domingo (24). A atriz fez topless e escreveu no peito a frase ‘Ele Não’, em referência ao presidente Jair Bolsonaro.

Casadevall foi reconhecida e fotografada por vários foliões. Nas redes sociais, a ativista foi descrita como “Empoderada”. Quem também marcou presença no bloco, que completou dez anos de existência, foi Alessandra Negrini.

Confira o post de um folião no Instagram abaixo:

Reportagem: Istoé

Em destaque

Na 2ª fase de operação, PF prende homem que extorquia contrabandistas

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (26), a segunda fase da Operação Nepsis em Dourados, a 233 km de Campo Grande. A ação é sequência do trabalho desencadeado em setembro de 2018 para desmantelar uma das maiores quadrilhas de contrabandistas de cigarro do Brasil, enraizada na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai.

De acordo com a assessoria da PF, já foram cumpridos em Dourados nesta manhã o mandado de prisão preventiva e os três de busca e apreensão.

Além de angariar provas, a ação cumpre a prisão de homem que se passava falsamente por policial federal para cobrar propina da organização criminosa desmantelada na primeira fase da operação. O nome dele não foi divulgado.

Pelo menos 26 pessoas presas na primeira fase da operação há cinco meses continuam atrás das grades, inclusive o chefão do bando, por Ângelo Guimarães Ballerini, o Alemão.

Conforme a PF, a organização criminosa formou um verdadeiro consórcio de grandes contrabandistas, com a criação de uma sofisticada rede de escoamento de cigarros contrabandeados do Paraguai pela fronteira do Mato Grosso do Sul.

A quadrilha era estruturada em dois pilares: um sistema logístico de características empresariais e, ainda, a corrupção de policiais cooptados para participar do estratagema criminoso.

“Nesse cenário de corrupção policial sistêmica, o preso identificou a oportunidade de se passar por agente de Polícia Federal e vender informações aos chefes da ‘máfia dos cigarros’ sobre possíveis operações policiais, recebendo valores em nome de uma equipe inexistente de policiais federais fictícios, bem como em nome de membros do Poder Judiciário”, informou a PF.

Segundo a Polícia Federal, há registros de solicitação de pagamentos no valor de R$ 1 milhão para prejudicar o andamento de uma suposta operação policial.

O falso policial também auxiliava no escoamento logístico dos cigarros contrabandeados, prestando serviços de “contravigilância”, ou seja, favorecendo o monitoramento pela organização criminosa da fiscalização policial nas rodovias. Ele foi indiciado por organização criminosa e tráfico de influência.

Nome da operação – Segundo a mitologia grega, Nepsis significa vigilância interior, estado mental de atenção plena. A operação foi batizada com esse nome em alusão à vigilância necessária para combater as sofisticadas atividades criminosas ligadas ao contrabando e à vigilância em relação à própria atividade de fiscalização estatal para conter a corrupção de servidores públicos.

Reportagem: Helio de Freitas

Em destaque

Inscrições abertas para a 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas 2019

Estão abertas as inscrições para a 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática da Escolas Públicas (Obmep 2019), no período de 5 de fevereiro a 15 de março, e devem ser feitas exclusivamente pelo site.

A Obmep tem como objetivo estimular e promover o estudo da Matemática, contribuir para melhoria da qualidade da Educação Básica, possibilitando para que um maior número de estudantes brasileiros possam ter acesso a material didático de qualidade; identificar jovens talentos e incentivar seu ingresso em universidades, nas áreas científicas e tecnológicas; incentivar o aperfeiçoamento dos professores das escolas públicas, contribuindo para a sua valorização profissional; contribuir para a integração das escolas brasileiras com as universidades públicas, os institutos de pesquisa e com as sociedades cientificas e promover a inclusão social por meio da difusão do conhecimento.

Participam da Obmep estudantes das escolas públicas e privadas, divididos em 3 níveis:

  • Nível 1 – 6º e 7º ano do Ensino Fundamental;
  • Nível 2 – 8º e 9º ano do Ensino Fundamental;
  • Nível 3 – Ensino Médio.

As provas estão divididas em 2 fases:

  • 1ª Fase – Prova objetiva de 20 questões, aplicada em cada escola inscrita. A correção é feita pelos professores das escolas, a partir de instruções e gabaritos elaborados pela Obmep;
  • 2ª Fase – Prova discursiva com seis questões, aplicada em centros escolhidos pela Obmep. Participam dessa fase apenas os estudantes classificados na 1ª Fase pelas escolas, segundo os critérios descritos no Regulamento.

Calendário Obmep – 2019

5 de fevereiro a 15 de marçoPeríodo de inscrições (exclusivamente pelo site)
16 de março a 25 de marçoPeríodo de emissão e pagamento dos boletos (somente para escolas privadas)
21 de maioProva da 1ª Fase
22 de maio a 4 de junhoPeríodo para as escolas enviarem os cartões-resposta dos estudantes classificados para a 2ª Fase
5 de julhoDivulgação dos classificados para a 2ª Fase
8 de julho a 09 de agostoPeríodo para as escolas solicitarem tratamento especial (estudantes sabatistas, portadores de necessidades especiais, transferências e nomes incorretos), exclusivamente através de login pelo site.
27 de agostoDivulgação dos locais de provas (exclusivamente pelo site)
28 de agosto a 13 de setembroPeríodo para as escolas solicitarem prova em trânsito
9 de julho a 13 de setembroPeríodo para as escolas indicarem, na página da Obmep, os professores dos estudantes classificados para a 2ª Fase
28 de setembroProva da 2ª Fase
3 de dezembroDivulgação dos premiados

Secretaria de Estado de Educação (SED)

Em destaque

Confira as Vagas de Emprego, disponíveis na Casa do Trabalhador nesta terça-feira (26/02). Saiba mais:

Casa do trabalhador informa:

01 Assistente de Logística Ter formação em Logística ou Administração. Experiência de 2 anos na função ou atividades correlatas. Conhecimento em Pacote Office, legislação tributária ANTT, legislação tributária relacionada a logística; classificação de grãos, matemática financeira básica, processo de faturamento. CNH B. Apresentar currículo.

01 Auxiliar de Manutenção Predial Experiência em serviços gerais de manutenção em ambientes residenciais em fazenda: instalações elétricas e hidrálicas, pequenos reparos e pintura em paredes, pisos, tetos e esquadrias. Limpeza de pátio e podas de árvores. Ensino fundamental. CNH A/B. Apresentar currículo com referências.

01 Auxiliar de Mecânica de Moto Com ou sem experiência, apresentar currículo.

01 Casal para Fazenda Ela: cozinhar e limpeza da sede. Ele: tenha experiência com máquinas de colher, plantar e aplicação de veneno, entre outras funções relacionadas ao campo. Sem filhos. Apresentar referências.

01 Mecânico de Moto Com experiência, apresentar currículo.

01 Operador de Munck Experiência comprovada em CTPS. Cursos na área.

01 Serventes de Pedreiro Acima de 25 anos. Experiência mínima de 6 meses em CTPS.

01 Torneiro Mecânico Experiência de no mínimo 2 anos em CTPS. Apresentar currículo com referências.

01 Vendedor de Consórcio Com experiência em vendas. Apresentar currículo.

Os interessados podem comparecer na Casa do Trabalhador, com CPF, RG e Carteira de Trabalho, de segunda a sexta, das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas. A agência está localizada na Rua Melanio Garcia Barbosa, 119 – Centro, Maracaju (MS), mais informações (67) 3454 – 4848.

Em destaque

Governador trata sobre direito das mulheres com embaixadora da Áustria no Brasil

O governador Reinaldo Azambuja se reuniu nesta segunda-feira (25.2) com a embaixadora da Áustria no Brasil, Irene Giner-Reichl, para estreitar relações sociais e econômicas entre Mato Grosso do Sul e o país europeu. O principal tema do encontro, realizado na governadoria, foi o direito das mulheres.

Irene está em Mato Grosso do Sul pela primeira vez desde julho de 2017, quando assumiu o comando da Embaixada de Brasília. Ela veio ao Estado para participar do “Seminário Diálogo Campo Grande e Viena – Violência Doméstica e a Casa da Mulher”, que acontecerá nesta terça-feira (26.2) na Casa da Mulher Brasileira.

Idealizado pela subsecretária de Políticas para a Mulher de Campo Grande, Carla Stephanini, com apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, o evento contará com a participação da embaixadora, que é engajada na temática do Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Direitos Humanos e Direitos das Mulheres.

Em conversa com Irene, Reinaldo Azambuja apresentou as políticas públicas estaduais de combate à violência contra a mulher e falou sobre projetos em conjunto com os municípios e o Governo Federal. Participaram do encontro a secretária estadual de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Elisa Cleia, e a subsecretária especial da Cidadania, Luciana Azambuja.

Potencial econômico

No encontro, que também teve a participação do secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, o governador Reinaldo Azambuja aproveitou para tratar sobre o potencial econômico e turístico de Mato Grosso do Sul. Irene conheceu a política de incentivos do Governo e as características econômica do Estado.

“É o começo de um relacionamento mais intensificado”, afirmou a embaixadora. “Temos interesses em estreitar relações sociais, culturais e econômicas. Também estamos abertos para troca de experiências na área dos direitos das mulheres”, emendou Reinaldo Azambuja, já que Irene é cofundadora de uma ONG que promove a participação igualitária das mulheres no setor de energia.

O secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, e o reitor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Marcelo Turine, também estiveram na reunião.

Bruno Chaves, Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Fotos: Chico Ribeiro

Em destaque

No comando da legenda, Puccinelli diz que ninguém deve deixar o MDB

Durante sua breve visita na Câmara de Vereadores de Campo Grande, na manhã desta segunda-feira (25), o ex-governador André Puccinelli (MDB) falou rapidamente com a reportagem do Jornal Midiamax e cravou sua permanência no comando de seu partido até o fim do ano.

O ex-governador declarou que cumprirá seu atual mandato à frente do diretório regional do MDB até o dia 6 de dezembro de 2019, e que já discutiu sua sucessão com o deputado estadual e correligionário Renato Câmara.

André descartou ainda que parlamentares com mandato, como a senadora Simone Tebet, estejam de saída da legenda, e elencou possíveis nomes que podem sucedê-lo na presidência do MDB em Mato Grosso do Sul.

“Posso ser eu, pode ser o Câmara, pode ser o Márcio Fernandes (deputado estadual), pode ser a Simone. Pode ser qualquer um que se apresente”, afirmou.

Voz de Deus

Enquanto circulava pela Câmara, André Puccinelli foi bastante assediado por servidores da Casa e visitantes do legislativo. Mesmo, após passar cinco meses detido, o ex-governador acredita que mantém a popularidade em alta.

“O povo sabe, não diz que a voz do povo é a voz de Deus? Alguma coisa afeta (as recentes denúncias da Lama Asfáltica), não sei mensurar. Me prendem pela 3ª vez sem ter denúncia formalizada”, reclamou o ex-governador.

Reportagem: Ludyney Moura e Richelieu Pereira

Em destaque

Mãe que matou o filho e diz não se arrepender fica em liberdade

A mulher que matou o próprio filho a facadas na tarde de ontem (24) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, vai responder pelo crime em liberdade. Eliane Romero, 38, disse que tinha intenção de apenas dar um susto no filho Clodoaldo Romero Ramires, mas não se arrepende do crime: “ele me roubava”.

O crime ocorreu ao lado do anel viário que separa o perímetro urbano da reserva indígena de Dourados, na região norte da cidade. O corpo do rapaz de 18 anos foi encontrado nos fundos do residencial Monte Carlo.

Detida por lideranças da aldeia Bororó no período do flagrante, Eliane foi levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), prestou depoimento sobre o caso, foi indiciada e liberada para responder pelo crime em liberdade.

Ainda embriagada quando chegou à delegacia, Eliane disse que o filho a roubava constantemente e que perdeu tudo por causa dele. “Ele me roubou duas bicicletas, uma que ganhei do meu irmão, e um celular. Até minha casa perdi por causa dele”, afirmou ela em entrevista à rádio Grande FM.

A mulher afirmou que pretendia apenas dar um susto no filho e o golpeou no braço. “Não sabia que tinha matado. Me arrepender, não me arrependo, não. Ele me roubava”, repetiu Eliane.

Ao Campo Grande News, a Polícia Civil informou que a autora não foi autuada em flagrante por ter se apresentado na delegacia.

O delegado plantonista a indiciou pelo crime a colocou em liberdade. Entretanto, a liberdade não impede que haja, posteriormente, pedido de prisão preventiva dela.

Eliane chega à delegacia conduzida por lideranças da aldeia Bororó (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Eliane chega à delegacia conduzida por lideranças da aldeia Bororó (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Reportagem: Helio de Freitas

Em destaque

Morre aos 72 anos, o jornalista e radialista esportivo Roberto Avallone


(Foto: Reprodução/TV Globo)

O jornalista e radialista esportivo, Roberto Avallone, 72 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (25) vítima de parada cardiorrespiratória, conforme informou o Hospital Santa Catarina, em São Paulo.

Avallone era conhecido por conta dos seus bordões como “polêmica”, ou quando fazia uma pergunta para os companheiros terminava a frase dizendo “interrogação”. A mesma tônica servia para quando afirma algo e usava ao término das frases “exclamação”.

O jornalista deu início a carreira nos anos 60 e passou por rádio e televisão. Na rádio, fez parte das maiores emissoras, entre elas Eldorado, Jovem Pan, Rádio Globo, Rádio Bandeirantes e Rádio Capital. Pela TV, passou pela Gazeta, RedeTV!, TV Bandeirantes e por fim, SporTV.

Reportagem: Vinícius Costa

Em destaque

Procon Estadual notifica 16 postos de combustíveis em quatro municípios do interior de MS

Por apresentar indícios de descumprimento de normas para o bom atendimento do consumidor, inclusive com a cobrança de valores considerados abusivos, e por solicitação do Ministério Público Estadual, a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), notificou 16 postos de combustíveis de quatro municípios de Mato Grosso do Sul a apresentar planilhas contendo informações que nortearão possíveis aplicações de sanções.

Entre as informações solicitadas, destaque para o valor da compra de óleo diesel na distribuidora, o preço na bomba para venda ao consumidor e o respectivo percentual de diferença, o que configura o lucro obtido pelo posto de serviços em questão. Para a gasolina e o etanol, a pesquisa visou verificar o valor unitário (preço) do litro de cada um dos combustíveis.

Observe-se que, neste caso, deve ser levada em consideração Lei estadual que determina a redução da alíquota incidente de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), de 17% para 12%, com determinação de repasse imediato ao consumidor.

Uma das questões levantadas é o repasse das reduções do preço da gasolina ao consumidor final, quando da queda dos valores nas refinarias. Caso isso não esteja acontecendo, informar as razões técnicas ou operacionais que possam justificar o fato dessas reduções não chegarem às bombas e, com isso, não beneficiar o consumidor. 

As notificações deixam claro que as informações solicitadas devem ser acompanhadas de documentos que comprovem a sua veracidade, tais como Nota Fiscal de aquisição do produto junto às distribuidoras, cupom fiscal de venda ao consumidor e, ainda, livro de movimentação de combustível.

A fiscalização do Procon Estadual notificou, ao todo, 16 postos de combustível, sendo cinco em Ribas do Rio Pardo, quatro em Costa Rica e igual número em Terenos e, ainda, três em Nova Alvorada do Sul. Após as notificações realizadas no período de 8 a 20 de fevereiro as empresas receberam prazo de dez dias para apresentarem suas justificativas.

Para o superintendente do Procon-MS, Marcelo Salomão, “independente da empresa, de pequeno ou grande porte desenvolver suas atividades, na Capital ou em municípios do interior do Estado, o consumidor que se sentir prejudicado ou lesado, deve recorrer ao Procon Estadual, por meio de reclamação ou denúncia, que o órgão agirá no sentido de garantir seus direitos”.

O Procon-MS tem à disposição um número de telefone para denunciar problemas. Basta discar 151. O prédio do Procon Estadual funciona das 7h às 18h30, de segunda a sexta-feira e está localizado na rua 13 de Junho, 930 Centro. 

Waldemar Hozano – Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS)

Foto: Denilson Secreta / Arquivo

Em destaque

Após dia de bebedeira, esposa mata o marido com facada em discussão por ciúmes

Gilmar Damásio de 49 anos morreu na noite deste domingo (24), depois de ser esfaqueado pela esposa em uma discussão motivada por ciúmes, na cidade de Itaporã – a 225 quilômetros de Campo Grande.

Testemunhas contaram que a mulher e Gilmar passaram o dia ingerindo bebidas alcoólicas e que durante a noite começaram uma discussão motivadas por ciúmes da esposa com uma mulher, que esteve em uma residência próxima de onde o casal morava. A suspeita morava junto da família do irmão depois de ter se mudado de Maracaju para Itaporã, com o marido e com os filhos.

Testemunhas contaram que quando começou a discussão, a mulher pegou uma faca e ameaçou desferir golpes contra Gilmar. Ela foi segurada por pessoas que estavam na casa, mas o marido neste momento foi golpeado no abdômen.

Tentaram socorrer a vítima, mas o carro teria dado problemas mecânicos, então, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi chamado, mas Gilmar morreu a caminho do hospital. Segundo o site IFato, a mulher lavou o sangue da casa e tentou limpar a faca usada para cometer o crime.

A polícia foi até a residência, e ela levada para a delegacia. Em outra ocasião, a autora já teria esfaqueado o marido no peito.

Reportagem: Thatiana Melo

Em destaque

Conheça todos os ganhadores do Oscar 2019

São Paulo – A 91º edição do Oscar começou nesse domingo (24) às 22h e terminou pouco depois da 1h desta segunda-feira (25). Ela foi exibida no Teatro Dolby, em Los Angeles.

O prêmio de melhor filme foi para ”Green Book: O Guia”. O longa é um delicado relato de um pianista negro e seu motorista branco. Ambos fazem um tour por um Estados Unidos repleto de racismo.

“Bohemian Rhapsody”, a biografia da banda britânica de rock Queen, foi o mais premiado da noite. O filme levou quatro estatuetas: Melhor Montagem, Melhor Edição de Som, Melhor Mixagem de Som e Melhor Ator, com Rami Malek.

O show de abertura da cerimônia foi feito pela banda Queen com o cantor e ator Adam Lambert no vocal, tocando “We will rock you”, clássico da banda. O show é uma homenagem ao filme “Bohemian Rhapsody”.

Show de abertura da 91º edição do Oscar com a banda Queen e Adam Lambert

Show de abertura da 91º edição do Oscar com a banda Queen e Adam Lambert (Mike Blake/Reuters)

Melhor atriz coadjuvante

Regina King recebe o Oscar de "Melhor atriz coadjuvante"

 Regina King recebe o Oscar de “Melhor atriz coadjuvante”

Regina King recebe o Oscar de “Melhor atriz coadjuvante” (Mike Blake/Reuters)

A primeira categoria a ser apresentada foi a de “Melhor atriz coadjuvante”. A ganhadora foi Regina King, do filme “Se a Rua Beale falasse”, que desbancou nomes como Emma Stone e Rachel Weiz, protagonistas de “A favorita”.

Melhor documentário

Segunda categoria a ser anunciada, o prêmio de “Melhor documentário” foi para “Free Solo”, que conta a história do alpinista Alex Honnold.

Melhor cabelo e maquiagem

Na categoria “Maquiagem e penteado”, o prêmio foi para “Vice”, filme que conta a história política do vice de George W. Bush, Dick Cheney.

Melhor figurino

Melissa McCarthy e Brian Tyree Henry apresentam a categoria de "Melhor Figurino"

Melissa McCarthy e Brian Tyree Henry apresentam a categoria de “Melhor Figurino”

Melissa McCarthy e Brian Tyree Henry apresentam a categoria de “Melhor Figurino” (Mike Blake/Divulgação)

Para anunciar o prêmio de “Melhor figurino”, Melissa McCarthy e Brian Tyree Henry vestiram roupas de época inusitadas, com bichos de pelúcia na composição em clara referência à rainha Anne retratada em “A Favorita”, arrancando risos da platéia. O prêmio da categoria foi para “Pantera Negra”, e o discurso de Ruth Carter foi recheado de referências ao empoderamento dos negros na indústria. Uma de suas homenagens foi dirigida ao diretor Spike Lee, na platéia.

Melhor design de produção

Jennifer Lopez e Chris Evans, apresentadores do Oscar 2019

 Jennifer Lopez e Chris Evans, apresentadores do Oscar 2019

Jennifer Lopez e Chris Evans, apresentadores do Oscar 2019 (Mike Blake/Reuters)

Na categoria de “Melhor design de produção”, apresentada por Jennifer Lopez em um vestido super brilhante, o ganhador foi novamente “Pantera Negra”.

Melhor fotografia

O prêmio de “Melhor fotografia” foi para “Roma”. O diretor Alfonso Cuarón recebeu o prêmio.

Melhor edição de som

Na categoria “Melhor edição de som”, o vencedor foi “Bohemian Rhapsody”.

Melhor mixagem de som

No quesito “Mixagem de som”, o filme “Bohemian Rhapsody”, que colocou em algumas cenas um sósia de Freddie Mercury e o misturou à voz do ator Rami Malek, foi novamente premiado.

Melhor filme estrangeiro

O diretor mexicano Alfonso Cuarón, vencedor do Oscar de "Melhor fotografia" e "Melhor filme estrangeiro"

 O diretor mexicano Alfonso Cuarón, vencedor do Oscar de “Melhor fotografia” e “Melhor filme estrangeiro”

O diretor mexicano Alfonso Cuarón, vencedor do Oscar de “Melhor fotografia” e “Melhor filme estrangeiro” (Mike Blake/Reuters)

Na categoria apresentada por Javier Bardem e Angela Bassett, o premiado foi “Roma”, do diretor mexicano Alfonso Cuarón, que sobe pela segunda vez no palco da premiação. No discurso, ele citou inspirações, como o filme “Cidadão Kane” e “O poderoso chefão”, todos americanos. “A cerimônia de hoje mostra que somos parte do mesmo oceano”. O filme bateu concorrentes fortes, como “Cafernaum” e “Guerra fria”.

Melhor edição

O ator Michael Keaton apresentou a categoria “Melhor edição” e o vencedor foi “Bohemian Rhapsody”.

Melhor ator coadjuvante

Mahersala Ali ganha o prêmio de "Melhor ator coadjuvante" na 91º edição do Oscar

 Mahersala Ali ganha o prêmio de “Melhor ator coadjuvante” na 91º edição do Oscar

Mahersala Ali ganha o prêmio de “Melhor ator coadjuvante” na 91º edição do Oscar (Mike Blake/Reuters)

Apresentada por Daniel Craig e Charlize Theron, o vencedor da categoria “Melhor ator Coadjuvante” foi Mahershala Ali, de “Green Book: O Guia”. Ele se tornou o primeiro ator negro a ganhar duas estatuetas do Oscar. Ele dedicou o prêmio principalmente à sua avó, que sempre o incentivou a não desistir.

Melhor animação

O ganhador da categoria de “Melhor animação” foi “Homem-Aranha: No Aranhaverso”, que conta a história de um garoto negro do Brooklin que se transforma no super-herói.

Shows

Jennifer Hudson canta "I'll Fight" do documentário "RBG" durante a cerimônia do Oscar

 Jennifer Hudson canta “I’ll Fight” do documentário “RBG” durante a cerimônia do Oscar

Jennifer Hudson canta “I’ll Fight” do documentário “RBG” durante a cerimônia do Oscar (Mike Blake/Reuters)

Além da banda Queen, mais shows foram feitos durante a cerimônia.

Jennifer Hudson, que fez uma performance forte de “I’ll Fight”, música tema do documentário “RBG”.

Bette Midler fez uma performance delicada de “The Place Where Lost Things Go”, música tema de “Mary Poppins: o Retorno”, após o apresentador surgir na frente do palco caindo dos ares com um guarda-chuva, cena icônica do musical.

Diante de um cenário de faroeste e vestindo roupas típicas, Gillian Welch e David Rawlings cantaram “When A Cowboy Trades HIs Spurs for Wings” de “A balada de Buster Scruggs”, produção da Netflix dirigida pelos irmãos Coen. 

Melhor curta de animação

Na categoria, o premiado foi “Bao”, produção da Pixar de sete minutos. A chinesa Domee Shi, a primeira mulher a dirigir uma produção da Pixar, recebeu o prêmio,.

Melhor curta-metragem de documentário

O ganhador da categoria “Melhor curta-metragem de documentário” foi uma produção da Netflix sobre menstruação: “Period. End of sentence”.

Melhores efeitos visuais

“O primeiro homem” foi o vencedor da categoria “Melhores efeitos visuais”.

Ponto alto da festa

Chegou o momento da performance de “Shallow”, a canção tema de “Nasce uma estrela”. Bradley Cooper acompanhou Lady Gaga, em um elegante vestido preto, no vocal. A cantora pop, que fez sua primeira incursão no cinema, também tocou piano durante a apresentação romântica e intimista.

Lady Gaga e Bradley Cooper cantam "Shallow" no Oscar 2019

Lady Gaga e Bradley Cooper cantam “Shallow” no Oscar 2019

Lady Gaga e Bradley Cooper cantam “Shallow” no Oscar 2019 (Mike Blake/Divulgação)

Melhor curta-metragem

“Skin”, uma produção da Fox, ganhou na categoria de “Melhor curta-metragem”. O filme conta a história de um skinhead.

Melhor roteiro original

Apresentada por Samuel L. Jackson e Brie Larson, o prêmio da categoria de “Melhor roteiro original” foi para “Green Book: O Guia”.

Melhor roteiro adaptado

Spike Lee subiu ao palco para receber o prêmio de “Melhor roteiro adaptado” por “Infiltrado na Klan”, após Samuel L. Jackson não conter sua emoção quando anunciou o vencedor. O diretor também não se conteve: literalmente pulou em cima do apresentador.

O diretor Spike Lee pula em cima de Samuel L Jackson ao ganhar o prêmio de "Melhor roteiro adaptado" no Oscar 2019

O diretor Spike Lee pula em cima de Samuel L Jackson ao ganhar o prêmio de “Melhor roteiro adaptado” no Oscar 2019

O diretor Spike Lee pula em cima de Samuel L Jackson ao ganhar o prêmio de “Melhor roteiro adaptado” no Oscar 2019 (Mike Blake/Reuters)

Seu discurso lembrou toda a sua trajetória até estudar cinema. “Quero homenagear os nossos ancestrais. Estamos em um momento poderoso, estamos quase chegando à próxima eleição dos Estados Unidos. Vamos escolher entre o amor e o ódio. Vamos fazer a coisa certa (vocês sabem que eu tinha de falar isso).” “Faça a coisa certa” é um filme clássico do diretor, que foi esnobado pelo Oscar.

Trilha sonora original

Apresentada por Michael B. Jordan, “Pantera Negra” levou o prêmio na categoria de “Melhor trilha sonora original”.

Melhor canção original

Lady Gaga recebe o Oscar de "Melhor canção original"

Lady Gaga recebe o Oscar de “Melhor canção original”

Lady Gaga recebe o Oscar de “Melhor canção original” (Mike Blake/Divulgação)

Favorita na categoria, a canção “Shallow”, de Lady Gaga, tema de “Nasce uma estrela”, ganhou o prêmio de “Melhor canção original”.

Homenagens

Tradição da premiação, caminhando para o fim da cerimônia, a Academia realiza uma homenagem a todos os participantes da indústria cinematográfica de renome que se foram desde a apresentação de 2018. Entre os diversos nomes citados, estão o do ator Burt Reynolds, o diretor italiano Bernardo Bertolucci, o diretor brasileiro Nelson Pereira dos Santos, Milos Forman e Stan Lee,

Melhor ator

Rami Malek recebe o Oscar de "Melhor ator" por sua atuação em "Bohemian Rhapsody"

 Rami Malek recebe o Oscar de “Melhor ator” por sua atuação em “Bohemian Rhapsody”

Rami Malek recebe o Oscar de “Melhor ator” por sua atuação em “Bohemian Rhapsody” (Kevin Winter/Getty Images)

Favorito na disputa, Rami Malek ganhou o Oscar de “Melhor ator” por sua atuação como Freddie Mercury, vocalista da banda Queen. Ele foi a terceira opção para o filme. O ator Sacha Baron Cohen era prioridade. Em seu discurso, ele destacou que não foi uma escolha óbvia. “Precisamos contar histórias como a de Freddie. Também sou filho de imigrantes. Vou guardar isso para o resto da minha vida.”

Chamaram a atenção as diversas declarações de amor de Malek à Lucy Boynton, que vive Mary no filme, a melhor amiga de Freddie Mercury. O ator fez questão de apontar para a atriz na platéia e dizer que seu papel foi essencial no filme.

Melhor atriz

Olivia Colman recebe o Oscar de "Melhor Atriz" pelo seu papel de rainha Anne em "A Favorita"

Olivia Colman recebe o Oscar de “Melhor Atriz” pelo seu papel de rainha Anne em “A Favorita”

Olivia Colman recebe o Oscar de “Melhor Atriz” pelo seu papel de rainha Anne em “A Favorita” (Kevin Winter/Getty Images)

Olivia Colman ganhou o Oscar de “Melhor atriz” pelo seu papel de rainha Anne em “A Favorita”. Fez um discurso emocionado e desbancou Glenn Close, atriz de “A esposa”.

Melhor diretor

Apresentado pelo diretor mexicano Guillermo Del Toro, o conterrâneo Alfonso Cuarón recebeu o prêmio de “Melhor diretor” por “Roma”. A categoria é dominada por diretores da nacionalidade nos últimos anos. “Agradeço a Academia por premiar um filme sobre uma das 17 milhões de empregadas domésticas no mundo que não têm direitos. Nosso dever é falar sobre os ignorados.”

Melhor filme

Elenco, produtores e diretor de "Green Book" recebem o Oscar de "Melhor Filme"

Elenco, produtores e diretor de “Green Book” recebem o Oscar de “Melhor Filme”

 Elenco, produtores e diretor de “Green Book” recebem o Oscar de “Melhor Filme” (Kevin Winter/Getty Images)

Para encerrar a cerimônia, “and the Oscar goes to”…”Green Book: O Guia”. Um delicado relato de um pianista negro e seu motorista branco. Ambos fazem um tour por um Estados Unidos repleto de racismo.

Reportagem: Marília Almeida

Em destaque

Operação em MS e RJ tem 4 mandados de prisão e faz buscas em 14 locais

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) está nas ruas de Ladário – cidade a 419 km de Campo Grande – e do Rio de Janeiro para cumprir 4 mandados de prisão e 14 de busca e apreensão.

A Operação Terra Branca 2 tem como foco combater crimes de peculato, corrupção, falsidade ideológica e organização criminosa praticados na Secretaria de Assistência Social de Ladário, segundo divulgou a assessoria de imprensa do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul).

Em novembro do ano passado, a última vez que o Gaeco esteve em Ladário, o prefeito Carlos Ruso (PSDB), o secretário municipal Helder Botelho (Educação) e sete dos 11 vereadores da cidade foram presos. A força-tarefa também apreendeu dinheiro em espécie, que serviu como prova dos pagamentos feitos pelo chefe do Executivo aos parlamentares em troca de apoio político, segundo a operação.

O “mensalinho”, conforme o procurador-geral de Justiça, Paulo Passos, disse à época, variava entre R$ 1,5 mil e R$ 3,5 mil e acontecia há mais de um ano.

O Gaeco não divulgou, contudo, se a última operação tem alguma relação com o trabalho de hoje.

A assessoria de comunicação promete divulgar mais informações ao longo do dia.

Campo Grande News tentou contato com o secretário de Assistência Social de Ladário, Alexandre Ramos Ohara. Ele, contudo, desligou o telefona assim que soube que se tratava da reportagem e não atendeu mais às ligações.

Reportagem: Anahi Zurutuza – Campo Grande News

Em destaque

Fim de semana típico de Verão, sol durante o dia, chuva no final da tarde

O fim de semana será típico clima de Verão. Sol pela manhã com grande chance de pancadas de chuva no final do dia. Tanto o sábado (23.2) e domingo (24.2), os dias devem ser quentes. Termômetros podem alcançar até 35ºC em Campo Grande. A umidade do ar varia entre 57% a 93% na Capital, deixando as condições mais instáveis que possibilitam as pancadas de chuva.

No sábado, A umidade relativa do ar no Estado poderá variar entre 95% e 40% e as temperaturas possuem estimativas de variação entre de 20°C a 38°C, segundo dados do Cemtec-MS.

Já no domingo, a umidade poderá variar entre 95% e 35 % e as temperaturas devem variar entre 20°C e 39°C.

Nas regiões Norte e Nordeste, onde estão localizados os municípios de Coxim, Pedro Gomes, Chapadão do Oeste, Alcinópolis e Costa Rica, têm possibilidade de temporal no final da tarde. No Sul do Estado, as temperaturas devem ser mais amenas. Ponta Porã tem mínima de 21ºC e máxima de 28ºC. 

Veja mais previsões nos mapas abaixo:

Sábado

Domingo

Beatricce Bruno – Subsecretaria Comunicação (Subcom)

Foto: Edemir Rodrigues

Em destaque

Traficante perde controle durante fuga, cai em valeta e é preso escondido no mato

Durante uma perseguição na noite desta quinta-feira (21), na BR-060 a traficantes que levavam drogas em uma Saveiro, dois homens e uma mulher foram presos. Eles receberiam o valor de R$ 7 mil pelo transporte da maconha.

Segundo o boletim de ocorrência, a perseguição teve início na tarde desta quinta (21), próximo a Sidrolândia – a 70 quilômetros de Campo Grande. Foram 10 quilômetros de perseguição, quando o traficante que estava na Saveiro perdeu o controle da direção caindo em uma valeta. Ele fugiu a pé para um matagal a beira da estrada.

Durante as buscas, os policiais encontraram o traficante que acabou entregando os comparsas que estavam fazendo o papel de batedor para o carro dele. Os outros autores foram encontrados parados à beira da estrada.

Em princípio, eles negaram que estavam fazendo papel de batedor e que apenas estavam parados por que um dos veículos havia estragado. Mas, acabaram confessando o crime dizendo que foram contratados em Amambai e que receberiam R$ 7 mil pelo serviço. Todos foram levados para a delegacia e autuados por tráfico de drogas. Eles não falaram para onde a maconha seria levada.

Reportagem: Thatiana Melo – Midia Max

Em destaque

Publicado decreto que reduz cota e combate pesca predatória em MS

Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (22.2) traz um decreto que reduz pela metade para este ano a quantidade permitida para pesca amadora e esportiva, mas mantém para a temporada a cota de 400 quilos por mês para os pescadores profissionais. O decreto, que já está em vigor, também estipula a chamada “cota zero” a partir de 2020.

A cota atual de 10 quilos, mais um exemplar e cinco piranhas, passa a ser de 5 quilos, mais um exemplar – respeitados os tamanhos mínimo e máximo – e cinco piranhas. A intenção é estabelecer de forma gradual a “cota zero” para a pesca amadora e permitir a recuperação dos estoques pesqueiros.

A proibição a partir de 2020 vale para o transporte do pescado, explica o secretário-adjunto de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável, Produção e Agricultura Familiar, Ricardo Senna. “O que é a ‘cota zero’? É a proibição do transporte pescado interestadual e intermunicipal. Então, o pescador que vai para o rio, pesca e trazia esse peixe, ele não vai poder fazê-lo mais. No entanto, é importante ressaltar que se o pescador, o turista, quiser trazer o pescado, não tem problema. Ele pode procurar um pescador profissional, a colônia de pescadores, o comércio varejista, comprar a quantidade de pescado que desejar e trazer com a nota fiscal e a guia de controle, sem problema nenhum”, disse.

Ele afirmou que o assunto vem sendo amplamente discutido desde 2015 e que a intenção inicial era de implementar a “cota zero” a partir de 2019, mas atendendo a pedidos do setor decidiu dar o prazo de mais um ano para a adequação à nova norma. Com o restabelecimento do estoque pesqueiro, o Governo do Estado espera incentivar a pesca esportiva sustentável em Mato Grosso do Sul. 

Confira o decreto na página 1 da edição nº 9.849 do DOE.

Paulo Fernandes – Subsecretaria de Comunicação

Foto: Chico Ribeiro

Em destaque

Pessoas ligam de todo País, mas nada é revelado sobre origem de Lourival

Lourival Bezerra Sá tinha 78 anos quando faleceu, em Campo Grande, depois de um infarto e, quando o corpo foi encaminhado ao Imol (Instituto Médico Odontológico Legal), descobriu-se que apresentava genitália feminina. Viveu como homem, até onde se conhece, por toda a vida, mas sua morte criou um impasse judicial. Preso no Imol, o corpo não pode ser enterrado porque não há nome de registro.

O caso ganhou repercussão nacional após ser noticiado, pela primeira vez, pelo programa Fantástico, que vai ao ar nas noites de domingo na rede globo de televisão. Chamou atenção de pessoas em todo o Brasil, que ligam para a delegada Christiane Grossi, da 7ª Delegacia de Polícia de Campo Grande, pensando ter alguma ligação com Lourival.

“Algumas pessoas de vários lugares do país ligaram, a gente foi eliminando, ontem ligou uma pessoa, semana passada ligou outra”, conta a delegada. Outra pista seria um namorado da ex-mulher. Lourival, que era casado com a cuidadora e vivia em Campo Grande, viveu também com Maria Odélia, com quem registrou quatro crianças.

A separação ocorreu em 1980. Em 1985, durante uma viagem com um namorado, que, segundo a polícia, se chama Anísio, ela morreu em um acidente. Até agora, nenhuma pista do paradeiro de “Anísio”. “Não apareceu, a gente tinha um primeiro nome, mas é um nome comum. Está na mesma [investigação], estamos aguardando algum retorno de alguns ofícios, para institutos de identificação”, conta a delegada.

A única saída, agora, pontua a delegada, é que alguma pessoa com vínculo familiar ou que conhece a “origem” de Lourival, entre em contato. Enquanto isso, o corpo aguarda, há quase 5 meses, no Imol.

A demora e as discussões sobre a identidade de Lourival motivaram ação da Aliança Nacional LGBTI+, que pediu ao Ministério Público do Estado o registro civil tardio de nascimento e gênero de Lourival. No documento enviado também para a Defensoria Pública, a Aliança justifica o pedido dizendo que a questão do gênero de Lourival já foi resolvida quando o plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) julgou por unanimidade quanto à desnecessidade da cirurgia de transgenitalização – cirurgia de mudança de sexo – para que seja necessário a alteração de registro.

Reportagem: Izabela Sanchez – Campo Grande News

Em destaque

DOF prende homem foragido da Justiça

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam na manhã desta quinta-feira (21), por volta das 9h20, um homem de 43 anos de idade foragido da Justiça.

A prisão ocorreu durante uma abordagem do policiamento para fiscalização na rodovia MS-460. Durante a checagem dos dados pessoais junto ao Sistema de Cadastro Criminal, os policiais localizaram um registro de Mandado de Prisão a cumprir expedido pela Comarca de Aquidauana (MS). Por ser empregado de uma propriedade rural na região, a ocorrência policial foi acompanhada pelo gerente da fazenda.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Maracaju para os procedimentos legais.

Assessoria de Comunicação Social – DOF/Sejusp

Em destaque

Experiência de MS pode ser importante para Reforma da Previdência

O atendimento do Governo de Mato Grosso do Sul aos parlamentares e os ajustes na previdência estadual podem servir de exemplo para a aprovação da reforma apresentada em Brasília.

Em 2017, o Estado aprovou a matéria para reduzir o déficit previdenciário, garantir o pagamento de aposentados e pensionistas pelas próximas décadas e manter Mato Grosso do Sul com políticas públicas e investimentos nas áreas prioritárias para a população. O assunto foi abordado em entrevista do governador Reinaldo Azambuja ao canal GloboNews nesta quinta-feira (21.2).

Reinaldo Azambuja defendeu que o convencimento dos parlamentares, que vão votar a reforma, se dê pela conscientização da importância da aprovação e também com atendimento às bases eleitorais, a exemplo do que foi feito em Mato Grosso do Sul.

Na entrevista, ele contou ainda que o déficit previdenciário no Estado caiu de R$ 1,2 bilhão para R$ 700 milhões, o que permitiu manter os salários em dia e as ações de Governo, mesmo diante da maior crise da história brasileira.

Confira a entrevista na íntegra:

Roberto Burnier – O que o senhor achou da proposta da reforma da Previdência que foi apresentada?

Reinaldo Azambuja – Foi entregue ontem. Nós acompanhamos. Tem pontos positivos. Acredito que nós teremos uma grande discussão na Câmara e no Senado Federal. A importância da reforma é o País. Acho que é algo necessário. Precisa ser feita. Alguns estados fizeram aquilo que era possível ser feito, mas a reforma maior depende dessa mudança constitucional. Acredito que terão ali os grandes debates que você mesmo tem acompanhado, pontos divergentes. Mas a importância é a necessidade.

Acredito que o Brasil se não tiver uma consciência de que nós precisamos da reforma previdenciária como outras reformas, que são importantes para a estabilidade do estado brasileiro, para os avanços das políticas públicas, não tem milagre em gestão pública. Então, achei positiva. Tem pontos interessantes. Ficou para 20 de março a questão dos militares, que é algo que preocupa principalmente os estados, pela pressão que isso tem nos estados, mas acredito que os pontos foram extremamente positivos.

A percepção que eu tive ali com todos os governadores, lógico, existem pontos divergentes, existem questões políticas, mas ela não é feita para partido. É feita para o País. Acho que nós teremos que avançar. Ela é uma reforma importante para esse momento, para que possa destravar outras reformas, o pacto federativo, distribuição de recurso aos estados e municípios, um equilíbrio das contas públicas e vejo que, realmente, a primeira impressão é positiva. E agora vem os debates e vamos trabalhar as nossas bancadas para que a gente possa apoiar dentro daquele texto. Lógico, que a Câmara terá algumas mudanças, que não serão muitas, até porque não podemos fugir do equilíbrio fiscal, mas entendo como positiva a primeira impressão que deixou principalmente a mim e a outros governadores.

Roberto Burnier – Qual a orientação que o senhor vai dar à sua bancada? O senhor já tem alguns pontos que vai sugerir que sejam amenizados ou vai orientar para a sua bancada votar como está?

RA – A bancada tem a liberdade das interpretações, dos pontos muitas vezes mais polêmicos, mas acho que a questão, quando você inclui estados e municípios com alíquota inicial de 14% – nós já fizemos isso no ano de 2017 em Mato Grosso do Sul, nós votamos isso – mas agora você teria aquela alíquota complementar que você poderia chegar aos salários mais altos em um percentual de até 8%, conforme o cálculo autorial.

Cada estado tem um problema e você conhece bem esse assunto. É o cálculo autorial, é o estudo técnico que vai nortear o percentual de contribuição, essa questão muitas vezes dos professores, policiais civis, agentes penitenciários, que estão em um capítulo à parte, os grandes salários, e acredito que ela corrige algumas distorções. A questão da integralidade, da paridade, criou durante os anos esse buraco, principalmente na aposentadoria do setor público. Então, corta alguns privilégios, e nós vamos trabalhar a bancada no convencimento. Isso não é feito para o governo.

Entendo que a reforma está sendo feito para o País porque se nós não tivermos uma reforma que dê um equilíbrio, talvez lá na frente nós vamos ter que ter muito mais dramática, como já aconteceu em muitos países, talvez até cortando muitas das aposentadorias. Nós não queremos isso no Brasil, então, é melhor fazer agora um trabalho que vai ser discutido com as bancadas. No que der, da nossa parte, vamos trabalhar no convencimento, mostrar a importância para o País, aos estados e municípios porque não é só a União que está com problemas. Você tem acompanhado como está combalida a questão das finanças estaduais e municipais e muito é pela pressão das aposentadorias e pensões. Então, o nosso trabalho nas bancadas é de convencimento da importância reforma ao País, aos estados e municípios.

Julia Duailibi – Bom dia, governador. Eu queria saber o que os governadores vão pedir de contrapartida para o governo federal para apoiar essa reforma? Ontem, nessa reunião que os governadores participaram, já se discutiu isso. O senhor mesmo colocou contexto da dificuldade fiscal, sete estados com calamidade financeira. Então, qual a contrapartida que vocês pretendem colocar? E mais uma coisa: o senhor estava dizendo que a alíquota dos servidores em Mato Grosso do Sul já passou em 2017 para 14%. Essa reforma prevê essa mudança dessa alíquota ordinária para quem está em situação de déficit, então, eu queria entender um pouquinho – o senhor talvez consiga me ajudar – qual o impacto imediato para vocês em razão do texto proposto ontem, já que na questão da alíquota, pelo que eu entendo, não haveria impacto.

RA – Olha Julia, nós votamos questão previdenciária no ano de 2017. Daquilo que era possível ser feito na esfera estadual. Então, a nossa alíquota era 11%, nós aumentamos para 14% para quem ganha acima do teto. Isso já deu uma diminuição do déficit previdenciário em Mato Grosso do Sul. Nós criamos uma previdência complementar, então, daqui para frente quem entrar no serviço público em Mato Grosso do Sul recolhe para o instituto próprio de previdência até o teto. Quem recebe acima do teto recolhe para uma previdência complementar para cobrir aquela lacuna da previdência complementar. São pontos importantes.

O que veio de novidade? Tem muitos estados que ainda tem alíquota de 11%, então, quando você eleva para 14%, diminui o déficit para os estados. Quais os pontos que nós entendemos como extremamente positivos? O aumento no tempo. Nós temos as aposentadorias precoces hoje, pelo tempo de aposentadoria. Então, isso ajuda a todos os estados. E cada estado tem uma realidade autorial. É o cálculo autorial, da projeção do futuro, que vai nos nortear, se nós teremos que usar esses 8%, de nível de salário. Então, isso ficou discutido. Foi um dos pedidos que fizemos ao Rogério Marinho, que insira isso no texto principal porque facilitaria. Seria pós-promulgação da emenda constitucional a nível federal já estaria em validade a estados e municípios. A gente ganharia tempo. Não precisaria remeter isso às Assembleias Legislativas ou às Câmaras Municipais, nos casos dos municípios. É uma proposta ampla.

Ontem foi um texto que nós estamos nos debruçando sobre os pontos. Cada estado vai fazer a sua conta de quanto isso impacta e, como você disse, contrapartida. Nós temos algumas questões que são federativas. Estamos discutindo e foi colocado unanimidade no Fórum de Governadores, discutir a Lei Kandir, que a desoneração das exportações, e isso vem sendo empurrado durante anos e nós não temos uma lei, uma decisão. Queremos discutir o Fundef, que é o fundo que financia a educação, e acaba em janeiro do ano que vem. Queremos discutir a nova modalidade, o novo Fundeb, com as contrapartidas de municípios, estados e governo federal. Nós temos colocado as prioridades, que você tem acompanhado, nós temos colocado o sistema integrado de segurança pública.

E o fundo e como vai ser o rateio disso a todos os estados brasileiros? Então, são questões que foram pontuadas. O Fórum identificou 16 itens que foram consensuais. Aquilo que é polêmico nós não colocamos porque existem algumas brigas na questão fiscal, um estado e outro, os royalts do pré-sal, o Rio de Janeiro, então, tiramos isso a parte. Então, finalizamos um texto que é uma pauta que é do Executivo porque a gente fala. O que seria a contrapartida? Será que na questão fiscal, a União, com o tamanho do déficit que tem, com problema fiscal de estados e municípios, teria como auxiliar os estados sem a Reforma da Previdência? Então, é uma lacuna que nós precisamos entender que a reforma fiscal pode abrir a estados e municípios. O próprio ministro Eduardo Guedes é sensível. Ele mostrou ontem que o governo está estudando muitas vezes uma antecipação de recebíveis para os estados nos próximos quatro anos, principalmente aqueles estados que estão em emergência financeira.

Temos sete estados que decretaram emergência financeira agora no início deste ano. Então, é uma discussão ampla. Agora, lógico que temos algumas questões. Vou te dar um exemplo: na questão previdenciária, nós temos nossos fundos de previdência estadual, servidores que aposentaram pelo nosso fundo, mas que lá atrás foram contribuintes pelo INSS e a compensação não é feita. A União vai empurrando com a barriga essa compensação e não ressarce os estados. Nós queríamos que ressarcisse. É um direito porque o servidor está comprimindo o nosso sistema previdenciário, mas lá atrás ele contribui parte do tempo com o INSS e esse recurso foi depositado. Então, tudo isso são questões que foram colocados.

E agora, em março, foi estabelecida uma reunião com o ministro Paulo Guedes, que já foi confirmada, acho que dia 18 ou 19 de março, que nós vamos tratar especificamente esses pontos do apoio que a União possa dar, com algumas medidas, a flexibilização do raiting, por exemplo, poderem contrair empréstimo com aval da União, isso diminui o sprad bancário. Aqueles empréstimos que foram solicitados no governo anterior e até anunciados, mas não saíram, do BNDES para financiar equipamentos da segurança pública. Tudo isso foi colocado como uma pauta dos governadores. Nós temos uma pauta comum porque não é muito diferente a situação de um estado ou outro. Alguns avançaram em algumas reformas estruturantes têm uma equação um pouco melhor, mas todos com muita dificuldade. O maior gasto é com pessoal. A previdência impacta nesses gastos. Então, acho que agora é um diálogo permanente com o governo. Os problemas são comuns: estados, municípios e governo federal e nós temos que buscar conjuntamente as soluções para ampliar políticas públicas porque se não nós somos pagadores de salário, das pensões e das aposentadorias, e o cidadão que precisa de uma saúde melhor, de uma segurança melhor, de uma educação, nos cobra diuturnamente e a gente fica preso sem condições de ampliar as políticas públicas.

Otávio Guedes – Essa reforma que o senhor aprovou no seu estado terminou com batalhão de choque dentro da Assembleia. Ou seja, foi uma luta dura. Então, duas perguntas: que tipo de demanda dos deputados, até mesmo da base aliada fazem em um momento como esse em uma medida que a gente sabe que é impopular e qual o conselho que o senhor daria para a equipe econômica do governo Bolsonaro?

RA – Olha, Otávio, nós enfrentamos isso em 2017, você relatou aí a tropa de choque porque existe uma corporação e nós respeitamos a corporação dos servidores públicos que não queria que ela fosse aprovada. Mas nós mostramos à base aliada que se não tivesse a reforma, não teria políticas públicas até à base eleitoral dos deputados com investimentos, construção de hospitais, as rodovias que eles nos cobram todos os dias, a reforma e melhoria do sistema educacional, porque não tem milagre.

Administração pública é matemática. Você tem receitas e despesas. Se a sua despesa está maior que a sua receita, o que acontece? O impacto é negativo e você não atende a população. Então, os deputados entenderam, enfrentaram ali um desgaste, mas nós temos uma obrigação, todos nós, de mostrar ao País a importância da reforma. Isso, lá no Mato Grosso do Sul, para você ter uma ideia, Otávio, nós tínhamos um déficit de R$ 1,2 bilhão, que era a projeção para 2018, quando nós votamos a reforma, mesmo com a tropa de choque, enfrentando essa corporação, que muitas vezes é orquestrada, organizada, e é forte, e a gente entende que tem um domínio sobre os parlamentares, mas nós temos que mostrar o convencimento, que eles mesmos que estão aposentados podem perder sua aposentadoria no futuro se a conta não fechar.

Então, votou, aprovou e o que aconteceu? Nós diminuímos de R$ 1,2 bilhão o déficit para R$ 700 milhões. Quer dizer, nós encolhemos e melhorou a situação fiscal de Mato Grosso do Sul. Hoje nós estamos em dia. Para você ter uma ideia, na sexta-feira [1º.2], o estado deposita o salário, a folha completa, do mês de fevereiro, para todos os servidores públicos, aposentados, ativos e inativos. Se não tivesse feito a reforma previdenciária lá atrás, talvez, não teríamos os recursos disponíveis hoje e continuar as políticas públicas. Então, esse convencimento, da minha parte, vou trabalhar com a bancada e mostrar a necessidade.

Agora, essa mesma corporação que existe a nível estadual, municipal e federal vai pressionar aqui no Congresso Nacional e nós temos a obrigação de mostrar para a população brasileira que é a importância para ter a segurança de um sistema previdenciário com equilíbrio porque se não, lá na frente, o remédio vai ser mais amargo. Então, é melhor tomarmos essa coragem agora e fazermos uma reforma com uma profundidade que o Brasil precisa, se não, lá na frente, a dose vai ser pior e, muitas vezes, vai até cortar, muitas vezes esses direitos adquiridos que foram conquistados pelos servidores públicos e os privilegiados. Existe uma camada de privilegiados, que foram feitas durante os anos e que acabam dragando essas receitas que poderiam ser rateadas melhor para toda a população brasileira, principalmente nas políticas públicas que são essenciais.

Roberto Burnier – Esse convencimento todo, agora no Congresso, também depende de uma prática que sempre foi muito usual. Quando você tem um novo governo, a formação do gabinete, do ministério, do 2º e 3º escalão sempre foi uma coisa negociada com o Congresso até para que o governo forme a sua base, tenha apoio dos seus projetos etc. O Bolsonaro, desde a campanha vem prometendo acabar com o toma-lá-dá-cá. Acho que tem que fazer uma separação clara. O toma-lá-dá-cá a que ele se refere, se não me engano, é mais relacionado a propina, corrupção etc. Agora, essa questão de negociação de cargos, sempre foi assim e parece que é uma atitude, não parece imoral, parece normal, do parlamento. Qual a sua opinião?

RA – Nós passamos por isso. Em 2015 fizemos uma diminuição drástica na máquina pública estadual. Tinha 15 secretarias, hoje tem nove. Mato Grosso do Sul é a menor estrutura de secretarias do País. E você atende politicamente a base. Como é o atendimento à base? Se você conseguir levar os investimentos para as bases dos deputados estaduais, as obras acontecendo, melhorias acontecendo. Você está atendendo politicamente. Nós não podemos demonizar a atividade política. Temos pessoas da atividade política que estão eleitos, com mandato, e que são extremamente preparados e competentes. Ontem mesmo, não sei se vocês acompanharam, o ministro Paulo Guedes fez um elogio público ao Rogério Marinho, pela qualidade do trabalho que a equipe está fazendo, o estudo da questão previdenciária. Então, dá para conciliar.

Agora, você tem que ter pessoas nas secretarias, nos ministérios, com qualidade técnica, que tecnicamente entendam do assunto. Você não partidariza o governo. Você pode atender as bases políticas com os atendimentos, para que possamos ter os avanços, as políticas públicas. A política amadureceu muito nos últimos anos. É uma consciência, uma responsabilidade, o parlamentar ter uma responsabilidade de olhar os avanços do Brasil. E a Reforma Previdenciária está amadurecendo na sociedade como um todo e na classe política, da sua necessidade. Se não for feita hoje, o amanhã talvez teremos que fazer com muito mais problemas e muito mais desafios. Então, é melhor fazer agora. Já está tarde, se tivesse feito anteriormente, talvez o Brasil já pudesse ter avançado em políticas públicas em áreas que são essenciais, mas acho que é o momento. Nós estamos amadurecendo isso, para avançar nessas políticas.

Julia Duailibi – Governador, a partir de 2017, o seu partido, o PSDB, foi atingido por uma série de denúncias, a começar por Aécio Neves, que foi pego nas gravações da JBS, pedindo dinheiro para Joesley Batista. A partir daí dois ex-governadores foram presos, Beto Richa e Marconi Perilo, o senhor chegou a ser alvo de pedidos de busca e apreensão. E o jornal O Estado de São Paulo traz hoje que a executiva do partido vai engavetar os pedidos de expulsão de integrantes do PSDB que estão envolvidos em denúncias. O que o senhor acha dessa decisão da executiva do partido? O PSDB está varrendo para debaixo do tapete as questões éticas?

RA – Julia, o PSDB não está varrendo para debaixo do tapete as questões éticas. As operações são importantes. Eu mesmo, você citou aí, como houve outras antes. Vocês mesmos [Globo], por meio do Fantástico, atrás de uma denúncia depois da investigação e do pedido do arquivamento, 11 x 0 foi arquivado o processo contra nós, no Supremo Tribunal de Justiça.

Então, o que o PSDB fez? Você não pode condenar simplesmente pela delação. Espera o regramento, que a justiça condenar. Aí, se a Justiça condenar, você propõe a expulsão, você afasta da carreira. Agora, se a gente ontem da executiva fosse condenar, tem gente que não tem nem denúncia. Inquérito é investigação. Então, que se investigue, que se apure e se condene, se tiver provas. Eu mesmo fui um caso. Não dá para condenar só com a palavra do delator. A Justiça está aí para condenar quem tem culpa. É que acabou por ser da classe política, acabou por demonizar a classe política. Tiveram alguns que cometeram excessos? Sim. Puna quem cometeu excessos. Agora, não dá para condenar todo mundo, principalmente sem provas. Eu acho que o PSDB fez o que deveria ser feito. Aquele que realmente for condenado seja expulso das fileiras partidárias até porque não poderia continuar militando aí dentro do nosso partido.

Otávio Guedes – O senhor bem ressaltou: o amplo direito de defesa é sagrado na democracia. Mas o senhor não acha que esse discurso, ele cai em contradição quando o PSDB atacou em campanha Aécio x Dilma, esse não era o discurso quando o PT era alvo de operações, alvo de investigações. O senhor não acha uma contradição?

RA – Acho que nós não devemos, Otávio, varrer para debaixo do tapete nada, mas também não pode condenar a pessoa só por um inquérito, por uma delação. Você mesmo acompanhou, na delação da JBS, a qual muitos de nós, praticamente 1.800 políticos de todo o Brasil, foram acusados por eles, os delatores, o Ministério Público propõe a anulação da delação porque diz que eles mentiram muito. Quem está com a razão? A Justiça tem um dever que é crucial, investigação cabe ao Ministério Público, e às polícias prepara um bom inquérito. Se há provas, condena. É a Justiça é que condena. Mas não dá para condenar só com a palavra do delator. Então, não acho que é antagônico.

Temos que dar tempo ao tempo. Os processos estão correndo, as investigações estão acontecendo, até algumas delas você não entende. No meu caso: nós nunca fomos chamados para depor. Aí vem uma operação policial de busca e apreensão. Por que não fomos chamados para depor? Será que tínhamos alguma coisa a esconder? Não. Eu estava disposto a depor a qualquer momento, mas nunca fui chamado. Só fui chamado depois da operação policial, de um tamanho, uma amplitude. Acho que nós não temos que varrer nada para debaixo do tapete, agora, vamos dar tempo ao tempo porque quem condena é a Justiça. Agora, se por uma delação for expulsar um membro do partido, você está concordando com a palavra do delator que, inclusive, agora no caso da JBS, o próprio Ministério Público pediu a anulação e você sabe que agora, em abril, o Supremo vai julgar isso.    

Paulo Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Fotos: Divulgação

Em destaque

Confira as Vagas de Emprego, disponíveis na Casa do Trabalhador nesta sexta-feira (22/02). Saiba mais:

Casa do trabalhador informa:

01 Analista de Compras Superior completo ou cursando, desejável conhecimento em manutenção de máquinas agrícolas/veículos. Experiência em Sistema gerencial, com conhecimento em Excel em nível médio/avançado. Disponibilidade para viagens, bom relacionamento, agilidade e organização. Apresentar currículo.

01 Assistente de Logística Ter formação em Logística ou Administração. Experiência de 2 anos na função ou atividades correlatas. Conhecimento em Pacote Office, legislação tributária ANTT, legislação tributária relacionada a logística; classificação de grãos, matemática financeira básica, processo de faturamento. CNH B. Apresentar currículo.

01 Auxiliar de manutenção predial Experiência em serviços gerais de manutenção em ambientes residenciais em fazenda: instalações elétricas e hidrálicas, pequenos reparos e pintura em paredes, pisos, tetos e esquadrias. Limpeza de pátio e podas de árvores. Ensino fundamental. CNH A/B. Apresentar currículo com referências.

01 Campeiro Solteiro para mora em alojamento em fazenda. Apresentar currículo.

01 Lubrificador Experiência em troca de óleo e filtro para veículos automotores.

01 Motorista Experiência, CNH ‘D’. Apresentar currículo.

01 Operador de Munck Experiência comprovada em CTPS. Cursos na área.

01 Operador de Trator Bazuca Experiência colheita de grãos. Disponibilidade para alojar em fazenda.

01 Serviços Gerais para Fazenda Para fazer cerca e limpeza. Apresentar currículo. Solteiro para alojar em fazenda.

01 Vendedor Experiência comprovada em vendas de peças para veículos leves, caminhões e carretas. Ter habilidades com tecnologias e facilidade em comunicação. Apresentar currículo.

Os interessados podem comparecer na Casa do Trabalhador, com CPF, RG e Carteira de Trabalho, de segunda a sexta, das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas. A agência está localizada na Rua Melanio Garcia Barbosa, 119 – Centro, Maracaju (MS), mais informações (67) 3454 – 4848.

Em destaque

Caixa libera R$ 2,7 bilhões em abono para nascidos em março e abril de 2017

O abono salarial do Programa de Integração Social (PIS), ano-base 2017, começa a ser pago hoje (21) para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em março e abril. O crédito em conta para os correntistas da Caixa Econômica Federal foi feito na quarta-feira (20).

De acordo com a Caixa, estão disponíveis mais de R$ 2,7 bilhões para 3,7 milhões de trabalhadores.

Os servidores públicos com inscrição no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), finais 6 e 7, também recebem o abono salarial a partir desta quinta-feira.

Os valores variam de R$ 84 a R$ 998, de acordo com o tempo trabalhado formalmente em 2017. Os pagamentos são realizados conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho de 2018. Os recursos de todos beneficiários ficam disponíveis até 28 de junho de 2019.

Para os trabalhadores da iniciativa privada, beneficiários do PIS, o valor do abono salarial pode ser consultado no site da Caixa ou pelo telefone 0800 726 0207.

Para servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-729 00 01.

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS ou no Pasep há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2017.

Agência Brasil
Em destaque

Contra idade mínima, Rose chama atenção para professores na reforma da previdência

Atenção especial a professores. Assim a deputada federal Rose Modesto (PSDB) quer analisar e votar a proposta de reforma da previdência apresentada na Câmara pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Para a tucana, o desgaste emocional, físico e mental dos professores no exercício da função precisa ser levado em conta na definição da idade mínima.

“Na nova previdência apresentada pelo presidente Bolsonaro os profissionais desta categoria terão de ter 60 anos para se aposentar com 30 anos de contribuição. É um retrocesso.  Atualmente não se exige idade mínima e o tempo de contribuição hoje é de 25 anos para mulheres e 30 anos para homens”, frisou Rose.

A deputada defende uma discussão ‘exaustiva’ do projeto, com participação de diversos segmentos da sociedade, que possam aprimorar e reformular a reforma, que ele entende necessária para o país.

“Estamos analisando item por item para termos os prós e os contras.  O percentual diferenciado é bom porque garante que o déficit previdenciário nos governos estaduais e prefeituras seja reduzido. Só o Governo do Estado hoje tem um saldo previdenciário negativo de R$ 700 milhões por ano”, argumentou a parlamentar.

Na avaliação de Rose Modesto, o governo Bolsonaro mesmo com maioria na Câmara dos Deputados, terá que dialogar e ‘aprimorar’ pontos da proposta após a discussão com parlamentares e sociedade.

“Sabemos que algo precisa ser feito para evitar o colapso no setor previdenciário. Quando conseguirmos este equilíbrio, a proposta será aprovada sim”, finalizou.

Reportagem: Ludyney Moura – Midia Max

Em destaque

Inmet alerta para risco de tempestade em 28 cidades de MS

Vinte e oito municípios de Mato Grosso do Sul estão em alerta para de tempestade nos próximos dias, de acordo com Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). O boletim vale desde hoje (dia 21) até sexta-feira (dia 22).

As cidades são: Costa Rica, Coxim, Alcinópolis, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Brasilândia, Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Corumbá, Figueirão, Inocência, Jaraguari, Ladário, Paraíso das Águas, Paranaíba, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde do Mato Grosso, Rochedo, Selvíria, Sonora, São Gabriel do Oeste, Três Lagoas e Água Clara. Nestes locais, a chuva pode vir acompanhada de queda de granizo e ventos intensos de 40 a 60 km/h.

A previsão para estes dois dias segue com pancadas de chuva ao longo do dia, principalmente na região norte, que compreende cidades como, Alcinópolis e Sonora – que estão no alerta de tempestade. Campo Grande também vai ficar parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva na sexta. Os termômetros variam de 22ºC e 33ºC, segundo o Inmet.

Estragos – Em Corumbá, 419 km de Campo Grande, com a chuva de ontem, a varanda de uma casa na Rua Alameda Vulcano, no Bairro Borrowisk foi atingida por deslizamento de terra. Ninguém ficou ferido. Na hora do incidente, o dono do imóvel, Divino Soares Vieira, estava trabalhando. O caso aconteceu por volta das 14h30. A cidade estava ontem e segue hoje na lista sob risco de tempestade.

Reportagem: Mayara Bueno – Campo Grande
Em destaque

Maracaju: Projeto Agente Ambiental em Ação está na sua 4ª edição

Na noite desta quarta feira (20), aconteceu na sede do programa Ação Jovem, com a presença de pais alunos e autoridades o lançamento do Projeto Agente Ambiental em Ação. Este á o 4º ano que o projeto acontece, e já apresentou resultados positivos.
O Agente Ambiental em Ação surgiu em 2013 através de uma campanha de enfrentamento da violação e direitos da crianças e adolescentes em situação de rua, a campanha denominava – se, Férias Protegidas, campanha lançada no dia 10 de dezembro de 2013 por iniciativa da Secretária de Assistência Social através do Creas e foi executada pelo SCFV Ação Jovem.

O principal objetivo do Projeto “Férias Protegidas” era instituir estratégias para o enfrentamento da violação de direitos contra crianças e adolescente consideravelmente aumentados no período de férias escolares.

A capacitação em Agentes Ambiental em Ação será desenvolvida como parte estratégica de envolver os adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos à tarefa de reduzir os riscos de violação de direitos de adolescentes vulneráveis através do envolvimento e da participação desses em campanhas educativas contra todas as formas de violação de direitos nas área de risco do nosso município.

O projeto conta com vários parceiros e voluntários nas ações que são desenvolvidas.

Secretária Ilma de Aquino agradeceu a presença dos familiares que são a peça pericecal na engrenagem familiar e a todos os parceiros que vem colaborando com as ações do projeto. “Quero agradecer a cada um de vocês pela dedicação e emprenho com o projeto, meio ambiente é uma discussão ampla mais precisamos, estar atento e fazer a nossa parte, e neste projeto com a ajuda de todos estamos dando a nossa contribuição”, disse Ilma .

Reportagem: Paulo Roberto

Em destaque

Fazenda Itaguassu, de Maracaju-MS, é primeira a abater no novo protocolo exclusivo para associados da ACNB

Foi realizado nesta terça, 19, o primeiro abate dentro do novo Protocolo de Qualidade Nelore Natural, fruto da recém-lançada parceria entre a Associação Nacional dos Criadores de Nelore do Brasil, a ACNB, e a Friboi.

A fazenda que estreia o programa é a Itaguassu, em Maracaju-MS, criatório Nelore MRA, do pecuarista José Márcio, neto de Márcio de Rezende Andrade, titular da Fazenda São Sebastião, o criatório de um dos reprodutores que são símbolo do sucesso da raça no País, o Bitelo da SS. O abate dos animais Nelore castrados foi feito na unidade da indústria em Naviraí, no Mato Grosso do Sul.

Pelo novo protocolo, o pecuarista associado da ACNB pode receber até R$ 10,50 de bônus por arroba, dependendo da idade, acabamento de gordura e peso do animal abatido, somando ainda premiações Europa e Hilton .

Reportagem: Canal Rural

Em destaque

Polícia Militar Rodoviária de Vista Alegre recupera veículo com mais de 400 kg de droga na MS 164. Saiba mais:

A Polícia Militar Rodoviária (PMR) prendeu um estudante, nesta quarta-feira (20), com mais de 400 quilos de droga em veículo com queixa de roubo ou furto em Maracaju. Durante fiscalização de trânsito e criminal realizados no início desta manhã, pela equipe da Base Operacional Rodoviária (BOpRv) de Vista Alegre, na rodovia MS 164 no sentido norte-sul, próximo ao Rio Santa Maria.

Um veículo Honda Civic, com placas do estado do MS, retornou bruscamente ao avistar a equipe da BOpRv, adentrando numa entrada de lavoura na tentativa de fugir, porém foi abordado pelos militares, que ao proceder a vistoria no interior do veículo, encontraram dezenas de tabletes de substancia análoga à maconha e a skank um par de placas do Distrito Federal.

Depois de contabilizado e pesado o entorpecente, totalizou 478 kg (quatrocentos e setenta e oito quilogramas) de maconha, divididos em 387 tabletes e 7,100 kg (sete quilogramas e cem gramas) de skank divididos em 19 sacos. Questionado, o condutor de 25 anos de idade relatou aos policiais que buscou a droga no Assentamento Itamarati e a transportaria para Campo Grande pela quantia de R$2.000,00 (dois mil reais).

Ao se deslocar para a BOpRv, os policiais militares rodoviários visualizaram um veículo Fiat Uno em atitude suspeita, que ao perceber a viatura escoltando o veículo apreendido, fugiu e adentrou num canavial às margens da rodovia, onde o condutor abandonou o Uno fugindo a pé, deixando um carteira com documentos pessoais dentro carro e não foi localizado após as buscas.

Em checagem dos agregados do Honda Civic na base de dados de consulta policial, constatou-se que o veículo possui no sistema restrição de roubo/furto, registrado em Brasília (DF). O entorpecente, o autor e os veículos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Maracaju.

Assessoria

Em destaque

UFMS exclui 18 alunos do curso de medicina por fraudes em cotas após denúncias em MS

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) cancelou a matrícula de 18 alunos do curso de medicina após analisar que informações prestadas por eles para ingressar na instituição por meio de políticas de cotas eram falsas, após uma série de denúncias de fraudes.

De acordo com a UFMS, 23 estudantes tiveram que se apresentar no dia 25 de janeiro à Banca de Verificação da Veracidade da Condição de Cotista da universidade, que analisou as informações das documentações apresentadas durante a matrícula.


Universidade Federal de Mato Grosso do Sul exclui 18 acadêmicos do curso de medicina. — Foto: Fernando da Mata/G1 MS

Segundo a UFMS, 13 dias após a análise, um resultado prévio divulgado confirmou que apenas 2 acadêmicos forneceram informações verdadeiras. Os demais puderam entrar com um recurso e o resultado final foi divulgado na última sexta-feira (15).

De acordo com a instituição, apenas três dos 21 acadêmicos tiveram a solicitação do recurso aceita. O restante dos alunos, que já estudavam na instituição, não terão permissão para realizarem suas matrículas. A UFMS ainda informou que os estudantes que perderam o recurso, alguns já no 4º semestre, poderão aproveitar as matérias caso façam outro vestibular.

De acordo com a assessoria da universidade, a denúncia foi pontual e direcionada ao curso de medicina, e havendo necessidade ou novas denúncias, a instituição tomará as medidas administrativas cabíveis.

Denúncias

No dia 13 de novembro de 2018, o jornalismo da TV Morena conversou com acadêmicos do curso de medicina da UFMS que denunciaram possíveis irregularidades na concessão de vagas no sistema de cotas nas universidades públicas. Na ocasião, documentos apresentados pelos cotistas foram reavaliados.

A lei de cotas garante uma reserva de 50% das matrículas por curso para alunos de escolas públicas, negros, pardos, indígenas, deficientes ou com renda familiar baixa. Para concorrer às vagas, os inscritos precisam comprovar a necessidade. Essa burocracia é necessária para assegurar a vaga a quem tem direito.

À época, de acordo com a UFMS, o processo era feito ao longo do semestre, mas muitos documentos foram considerados inconsistentes. Por isso, a pró-reitoria avaliou os comprovantes e afirmou que a partir de 2019, seria diferente.

A Procuradoria Regional do Cidadão do Ministério Público Federal (MPF) informou que supostos problemas envolvendo inscritos nas cotas no processo SISU 2017 para as vagas de medicina foram investigados e arquivados, como já havia acontecido em um processo semelhante arquivado em maio de 2016.

Ainda de acordo com a Procuradoria Regional do Cidadão, novos relatos de irregularidades podem ser encaminhados ao MPF por meio de representações na sala de atendimento ao cidadão.

Reportagem: G1 MS — Campo Grande

Em destaque

Confira as Vagas de Emprego, disponíveis na Casa do Trabalhador nesta quinta-feira (21/02). Saiba mais:

Casa do trabalhador informa:

01 Analista de Compras Superior completo ou cursando, desejável conhecimento em manutenção de máquinas agrícolas/veículos. Experiência em Sistema gerencial, com conhecimento em Excel em nível médio/avançado. Disponibilidade para viagens, bom relacionamento, agilidade e organização. Apresentar currículo.

01 Assistente de Logística Ter formação em Logística ou Administração. Experiência de 2 anos na função ou atividades correlatas. Conhecimento em Pacote Office, legislação tributária ANTT, legislação tributária relacionada a logística; classificação de grãos, matemática financeira básica, processo de faturamento. CNH B. Apresentar currículo.

01 Auxiliar de manutenção predial Experiência em serviços gerais de manutenção em ambientes residenciais em fazenda: instalações elétricas e hidrálicas, pequenos reparos e pintura em paredes, pisos, tetos e esquadrias. Limpeza de pátio e podas de árvores. Ensino fundamental. CNH A/B. Apresentar currículo com referências.

01 Campeiro Solteiro para mora em alojamento em fazenda. Apresentar currículo.

01 Casal para fazenda Ele: para lida com gado em confinamento, tirar leite, pilotar trator, e maquinários como roçadeiras, triturador de milho. Ela: limpeza da sede, conservação de plantas e hortaliças. Apresentar currículo.

01 Lubrificador Experiência em troca de óleo e filtro para veículos automotores.

01 Motorista Experiência, CNH ‘D’. Apresentar currículo.

01 Operador de Munck Experiência comprovada em CTPS. Cursos na área.

01 Operador de Trator Bazuca Experiência colheita de grãos. Disponibilidade para alojar em fazenda.

01 Serviços Gerais para Fazenda Para fazer cerca e limpeza. Apresentar currículo. Solteiro para alojar em fazenda.

01 Vendedor Experiência comprovada em vendas de peças para veículos leves, caminhões e carretas. Ter habilidades com tecnologias e facilidade em comunicação. Apresentar currículo.

Os interessados podem comparecer na Casa do Trabalhador, com CPF, RG e Carteira de Trabalho, de segunda a sexta, das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas. A agência está localizada na Rua Melanio Garcia Barbosa, 119 – Centro, Maracaju (MS), mais informações (67) 3454 – 4848.

Em destaque

Polícia Militar de Deodápolis apreende cocaína avaliada em mais de R$ 20 milhões

Durante fiscalização de rotina realizada nessa terça-feira (19.2), em Deodápolis, uma equipe da Força Tática do 14º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Fátima do Sul apreendeu 537,2 quilos de cocaína, que está avaliado em mais de R$ 20 milhões. A droga estava sendo transportada em um caminhão de ração animal.


Os policiais encontraram um fundo falso contendo 479 tabletes de cocaína.

De acordo com informações repassadas pela Corporação, a preensão ocorreu após os militares da Força Tática abordarem um veículo Hyundai HB20 conduzido por um homem que estava acompanhado de uma mulher. Havendo indícios de que o casal exercia a função de batedor, devido ao nervosismo demonstrado pelos ocupantes do veículo, houve o acionamento de outra equipe para fazer um monitoramento.

Em seguida foi abordado um caminhão com placas falsas, e ao realizar as buscas os policiais encontraram um fundo falso contendo 479 tabletes de cocaína, que totalizou 537,2 quilos. O motorista do caminhão confirmou que o veículo HB20, ocupado por um casal, estava fazendo a função de batedor.

O motorista do caminhão e os ocupantes do veículo HB20 foram presos e encaminhados à delegacia.

Regiane Ribeiro – Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)

Fotos: Divulgação

Em destaque

Reforma da Previdência deve incluir interesses de estados e municípios, diz Reinaldo Azambuja

Durante o Fórum Nacional dos Governadores, Reinaldo Azambuja defendeu a unificação em um único texto dos interesses da União com os dos estados e municípios. Ele acompanhou nesta quarta-feira (20.2) a apresentação da reforma da Previdência Social pelos ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Paulo Guedes (Economia), no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília. 

O governador de Mato Grosso do Sul ponderou que a proposta precisa ser amplamente discutida, que alguns pontos ainda sofrerão mudanças, mas que é preciso combater o déficit na Previdência para garantir as aposentadorias e pensões futuras.

“O importante é que está sendo feito tudo junto, tanto aquilo que interessa aos municípios, estados e União, dentro de uma reforma ampla, e agora sugestões que foram colocadas pelos governadores. E não tenho dúvida de que algumas serão acatadas pela equipe econômica e outras serão emendadas porque a função do legislativo é essa”, afirmou Reinaldo Azambuja.

A proposta apresentada pelo Governo Federal cria uma idade mínima de aposentadoria e acaba com a possibilidade, ao final do tempo de transição, de aposentadoria por tempo de contribuição. Para mulheres, a idade mínima de aposentadoria será de 62 anos e, para homens, de 65. Beneficiários terão que contribuir por um mínimo de 20 anos.

A apresentação contou com a presença dos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, respectivamente, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP). 

Confira a proposta apresentada pelo Governo Federal. Assista ao vídeo.

Paulo Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom) com informações de Clodoaldo Silva, de Brasília

Fotos: Clodoaldo Silva

Em destaque

Oficialmente lançada a 25ª Festa da Lingüiça de Maracaju

Com homenagem a rotariano e com a presença da imprensa e convidados, foi lançada oficialmente na note desta terça feira (19), a 25ª edição da tradicional Festa da Lingüiça de Maracaju. Evento gastronômico que está entre os maiores do Centro Oeste Brasileira.
Este ano o evento acontece nos dias 3,4 e 5 de maio, no Parque de Exposição, e terá como atração musical o show com a dupla Miara e Maraisa, e Lucca e Mateus e o DJ Ely Yabu, fenômeno no gênero em todo o país, shows estes que serão realizados no dia 4 de maio.
Os shows será o tempero especial para a festa, e já estão estudando a possibilidade de um show gratuito para a abertura do evento segundo o coordenador da festa Paulo Kuramoto. Serão 3 dias de festa com uma programação de qualidade para os visitantes, concluiu Paulo.
Representando o prefeito Maurílio, o Secretário de Governo Frederico Felini, disse que o município sempre foi e continua sendo parceiro do evento, que eleva no nome do município por todo o pais, além da filantropia que é feito com o lucro da festa.
Representando o governador do distrito 4470, o governador assistente do Rotary Juliano Telles, e ainda o Presidente da Câmara Helio Albarello, presidente da Assema Helio Vieira, comandante do Corpo de Bombeiros, Policia Militar, Civil e o padre Luiz Fernando pároco da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, bem como autoridades locais.
Que acompanhara a homenagem feita a Euclides Felini, o Bigode, com uma placa em sua homenagem pelos serviços prestados ao longo dos anos para o Rotary Club, foi também colocado uma placa em sua homenagem na Churrasqueira, inaugurando a reforma do salão de eventos do Rotary no parque de exposições.

Reportagem: Paulo Roberto

Em destaque

Entrega de Van para Secretaria de Saúde

Fotos: Ellen Karine Birck

Em destaque

Maurílio Ferreira Azambuja faz a entrega de uma Van adaptada para a Secretaria de Saúde

O Com a presença de vereadores e  secretários o prefeito Maurílio Ferreira Azambuja fez a entrega de uma Van adaptada para a Secretaria de Saúde. O evento aconteceu na manhã esta quarta feira (20) em frente ao paço municipal.

A Van foi uma indicação do ex ministro Marum no final de 2017, com um custo de Cr$ 190,000,00, verba do Ministério da Saúde toda adaptada será utilizada no auxilio de transporte de enfermos a regional de Campo Grande.

O presidente da Câmara Municipal vereador Helio Abarello disse que tudo o que vem acontecendo em beneficio da população maracajuense é pela seriedade da administração do prefeito Maurílio. ” Quero parabenizar a prefeito e toda a sua equipe pelo seriedade e pelo trabalho que vem beneficiando a população em várias áreas”.

Para o prefeito Maurílio Ferreira Azambuja são frutos colhidos das parcerias com todos os partidos e principalmente com  os vereadores, além do trabalho da equipe, sem vaidades, todos com único objetivo atender cada vez mais e melhor a população. ” Neste ato, quero agradecer especialmente a ex ministro Marum que não mediou esforços em atender nosso pedido, hoje graças a equilíbrio das finanças e administração séria e comprometida estamos conseguindo, fazer da nossa uma das melhores saúde do Estado, uma educação de qualidade entre tantos avanços em diversos setores”, disse Maurílio. 

Assessoria – Paulo Roberto

Em destaque

Maracaju: Piloto da Força Aérea Brasileira do estado do RJ sofre acidente na MS 162

No domingo (17/02) aproximadamente às 21h40min na MS 162 que liga Maracaju e Sidrolândia um casal do estado do Rio de Janeiro/RJ sofreram um acidente após o motorista desviar na via de um Tatu.

O acidente aconteceu a cerca de 20km de Maracaju MS próximo a ponte do Rio Brilhante.

De imediato uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para atender a ocorrência e chegando ao local encontraram o casal apenas com ferimentos leves.

O motorista é piloto da Força Aérea Brasileira do estado do Rio de Janeiro/RJ e a esposa dele é médica também do estado do RJ. Em conversa com os Bombeiros o piloto disse que estavam vindo de Ponta Porã/MS onde foram fazer compras com outros amigos que estavam logo atrás deles e, ao avistar um tato desviaram perdendo o controle do veículo.

Tanto o motorista quanto a passageira tiveram escoriações leves e foram encaminhados ao Hospital Soriano Corrêa da Silva de Maracaju.

Além do Corpo de Bombeiros de Maracaju também atenderam a ocorrência a Polícia Rodoviária Estadual.

Reportagem: Robertinho Speed

Em destaque

Polícia Federal investiga seis projetos executados pelo Sesi no Estado

Seis projetos desenvolvidos pelo Sistema S, entre os anos de 2010 e 2014, são alvos da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul e levaram à Operação Fantoche, que investiga desvio de recursos públicos por organização criminosa. O presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Robson Braga de Andrade foi preso na ação.

Comandada pela PF em Pernambuco, com apoio de equipes em MS, AL, PB, MG e interior de SP, a operação cumpriu 47 mandados de busca e apreensão e dez de prisão.

Em coletiva esta tarde, o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen disse que ação da PF concentrou-se no 3º andar do prédio da entidade, onde fica a Controladoria.

Foram recolhidas informações sobre os seguintes projetos desenvolvidos entre 2010 e 2014:

– Quatro projetos do “Cine Sesi”, desenvolvido em 60 municípios de MS;

– Dois projetos “Na Ponta da Língua”, relacionado à revisão ortográfica, realizado em duas etapas (primeira em 46 cidades e, a segunda, em 37 cidades);

– Dois projetos Fito (Festival Internacional de Teatro de Objetos), com público de 44,5 mil pessoas em Campo Grande.

– “Fábrica Verde”, com distribuição em 20 cidades de 89,4 mil cartilhas sobre a relação da fauna e da indústria;

– “Em Nome da Cidade”, que trata da origem dos municípios e foi executado em 20 municípios;

– Dois projetos do “Arte no Canteiro”, executado em 44 canteiros de 13 cidades de MS.

Segundo Longen, “100% dos projetos foram licitados e executados na totalidade, 100% foram pagos. De nosso conhecimento, não tem distorções, tudo foi auditado pela CGU e pelo TCU”.

Os contratos foram firmados com (IMDC) Instituto Mineiro de Desenvolvimento, IPCB (Instituto de Produção da Cultura Brasileira) e o Instituto Origami. No caso da última empresa, consta que um dos mandados de prisão refere-se ao advogado e presidente do instituto, Hebron Costa Cruz Oliveira, conforme o site T5 da Paraíba.

“Quem são essas empresas, se é familiar, eu não sei (…), mas foi tudo dentro dos princípios da legalidade”, afirmou o presidente da Fiems. 

O presidente da Fiems disse que não irá fazer uma nova varredura nos projetos e disse que tudo “está à disposição” da Polícia Federal para averiguação.

Busca – entre os endereços visitados pela PF hoje, está o Edifício Manoel de Barros, na rua Príncipe Ranier. Nesse prédio, fica o antigo apartamento de Longen.

“Eu não sei o que ela (PF) buscou no meu ex-endereço, eu não moro lá, estou fora há dois anos”, explicou. Segundo Longen, o apartamento pertence à ex-mulher dele e está alugado há anos. “Tenho minha própria empresa, onde trabalhei e despachei hoje de manhã, normalmente; não sei o que foram fazer, essas ações que PF executa, não erra endereço desse tamanho não”.

Operação Fantoche – Em entrevista coletiva, a delegada da PF em Pernambuco, Heloísa Albuquerque, falou sobre o esquema, mas sem detalhar nomes dos envolvidos. Segundo ela, o Ministério do Turismo fazia convênio com OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) que fazia cotação de preços simulada com três empresas.

“Essas empresas tinham vínculo societário ou tinham mesmo cadastro, como por exemplo, o mesmo endereço ou telefone”, disse Heloísa. A cotação era simulada, apenas para constar que houve uma concorrência. A vencedora executava o objeto do convênio, por vezes, parcialmente, acima do valor de mercado do produto contratado.

O valor estimado de prejuízo é de R$ 400 milhões.

Reportagem: Silvia Frias e Guilherme Henri

Em destaque

Gestão do esporte continua sendo o maior desafio do Governo do Estado, diz Marcelo Ferreira

Satisfação e com sentimento de dever cumprido. Esta foi a sensação deixada pelo diretor presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira, durante entrevista concedida à Radio Hora-FM 92,3 (Programa Jornal da Hora), que está mantido no cargo neste segundo mandato do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), em Mato Grosso do Sul. 

Com total segurança e demostrando tranquilidade, Marcelo destacou que, apesar da crise econômica, nos últimos 4 anos o investimento no esporte tem aumentado, superando a soma dos  R$ 49 milhões. “Fechamos o ano financeiro executado em 2018 com pouco mais de 17 milhões de reais; houve aporte significativo em relação aos anos anteriores; começamos no primeiro ano (2015), que foi fase de conhecimento do setor, com  oito (milhões de reais), depois 11 milhões de reais (em 2016) e investimos 13 milhões em 1017” disse.

Marcelo avalia que a “relação custo benefício, foi satisfatória, pois, o retorno foi significativo do ponto de vista da  transformação social, econômico e, também, como  fator de contribuição à saúde.”

Com relação a 2019, informou que já tem proposta de ações, mas ainda não tem definição de valores. Será deliberado nesta semana com a reunião que terá com o secretário de estado fazenda Felipe Matos.

Governo vem dando apoio aos projetos da Fundesporte (fofo-EMS)Durante entrevista, o diretor presidente mencionou que o Governo do Estado atualmente atende mais de 790 projetos, com programas de  iniciação esportiva, em 62 municípios, e grande parte das solicitações feitas por feitas por Federações e municípios foram atendidas durante o Governo Reinaldo Azambuja.

Entre as ações do Governo estão recuperação de praças esportivas, Bolsa Atleta, apoio a Federações com viagem para participação de campeonatos nacionais, além de realização de Jogos Escolares, Universitários, entre outros.

INVESTIMENTO FEDERAL

O Governo Federal, nos últimos quatro anos, foi motivo de criticas. O Diretor Presidente lembra que os investimentos caíram, e Projetos sociais foram eliminados, cita o Pelc (Programa Esporte e lazer da Cidade), Projeto Segundo Tempo. E comenta que nos últimos 4 anos, 70% dos investimentos são de recursos próprios, e 30% do Governo Federal, para jogos escolares e universitários.”

Sobre o novo Governo Federal demonstra esperança e faz elogios ao secretário nacional de Esportes, o Genaral Marco Aurélio Costa. “Vejo muita gente criticando o secretário, mas é importante lembrar que ele (Marco Aurélio) é técnico; é um professor em Educação física; tem preparo para o cargo, é um general altamente qualificado, com larga experiência em grandes eventos esportivos, como os Jogos Olímpicos.”.

O fórum para formular novas diretrizes será uma das ações do Governo na área do esporte neste ano. Este evento deverá acontecer no mês de março. “Será importante porque vamos definir  como conduzir o esporte, conforme o entendimento e as necessidades do meio”, finaliza.  

Com Rádio Hora/Marcelo Nunes

Em destaque

‘Produtor que tiver perda deve procurar o BB’, diz Tereza Cristina

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, participou nesta terça-feira, dia 19, da gravação do programa Direto ao Ponto, que vai ao ar neste fim de semana. Ela orientou os produtores que tiveram perdas na safra a procurar o Banco do Brasil para renegociar as dívidas. A ministra também falou que não há definições sobre o Plano Safra, mas que tem mantido diálogo com o Ministério da Economia.

Fonte: Canal Rural

Em destaque

Confira as Vagas de Emprego, disponíveis na Casa do Trabalhador nesta quarta-feira (20/02). Saiba mais:

Casa do trabalhador informa:

01 Analista de Compras Superior completo ou cursando, desejável conhecimento em manutenção de máquinas agrícolas/veículos. Experiência em Sistema gerencial, com conhecimento em Excel em nível médio/avançado. Disponibilidade para viagens, bom relacionamento, agilidade e organização. Apresentar currículo.

01 Assistente de Logística Ter formação em Logística ou Administração. Experiência de 2 anos na função ou atividades correlatas. Conhecimento em Pacote Office, legislação tributária ANTT, legislação tributária relacionada a logística; classificação de grãos, matemática financeira básica, processo de faturamento. CNH B. Apresentar currículo.

01 Campeiro Solteiro para mora em alojamento em fazenda. Apresentar currículo.

01 Casal para fazenda Ele: para lida com gado em confinamento, tirar leite, pilotar trator, e maquinários como roçadeiras, triturador de milho. Ela: limpeza da sede, conservação de plantas e hortaliças. Apresentar currículo.

01 Lubrificador. Experiência em troca de óleo e filtro para veículos automotores.

01 Mecânico Experiência em mecânica de implementos agrícolas. Apresentar currículo.

01 Monitor Agrícola Ensino médio, desejável formação na área agrícola. Disponibilidade de horário e para viajar. CNH B com no mínimo 2 anos. Apresentar currículo para agendar entrevista.

01 Motorista Experiência, CNH ‘D’. Apresentar currículo.

01 Operador de Munck Experiência comprovada em CTPS. Cursos na área.

01 Serviços Gerais para Fazenda Para fazer cerca e limpeza. Apresentar currículo. Solteiro para alojar em fazenda.

01 Vendedor Experiência comprovada em vendas de peças para veículos leves, caminhões e carretas. Ter habilidades com tecnologias e facilidade em comunicação. Apresentar currículo.

Os interessados podem comparecer na Casa do Trabalhador, com CPF, RG e Carteira de Trabalho, de segunda a sexta, das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas. A agência está localizada na Rua Melanio Garcia Barbosa, 119 – Centro, Maracaju (MS), mais informações (67) 3454 – 4848.

Em destaque

Agrônomo de Sinop é assassinado depois de cobrar dívida em fazenda de MT

Silas Henrique Palmieri, de 33 anos, foi assassinado com 2 tiros de arma de fogo, nesta tarde (18), próximo a uma fazenda no distrito de Porto dos Gaúchos, a 260 km de Sinop. A vítima era engenheiro agrônomo e estava no local para cobrar dívida de insumo agrícola, vendidos a um produtor na safra anterior.

Conforme a imprensa local, Silas estava na mesa de um restaurante da região. Um homem  se aproximou por trás e atirou duas vezes na cabeça do engenheiro.

O amigo  de Silas  tentou socorrê-lo até o hospital, mas ele morreu durante o resgate.

A Polícia Civil procura pelo proprietário da fazenda que o agrônomo cobrou a dívida. Segundo o portal Folha Max, o produtor é considerado foragido.

Reportagem: André Jablonski

Em destaque

Programa Sebrae para Mulheres de Negócios: Excelente oportunidade para mulheres empreendedoras. Saiba mais:

O programa Sebrae para Mulheres de Negócios visa acompanhar e orientar donas do próprio negócio na condução de seus empreendimentos, na busca por novas demandas e na melhoria de processos e produtos.

Serão disponibilizadas 200 vagas, sendo limitadas a 150 para CNPJs e 50 para CPFs com ideia de negócio em funcionamento (em fase de validação).

Se tiver mais de 30 mulheres inscritas em Maracaju acontecerá ações localmente.

As inscrições são realizadas até sexta-feira 22 de fevereiro e a lista será divulgada no site do Sebrae/MS no dia 08 de março.

O programa, que terá duração de 9 meses (de 12 de março a 12 de dezembro) e disponibilizará especialistas em gestão de pequenas empresas para treinar e capacitar as empreendedoras em temas chave como: marketing digital; vendas; gestão de fluxo de caixa; aspectos tributários; liderança; planejamento estratégico; inovação e crédito.

Serão 40 horas de instrutória (cursos e palestras) e 30 horas de consultorias/mentorias oferecidas de maneira virtual e presencial.

Tudo gratuito!

Como participar

As inscrições são eletrônicas e gratuitas, deverão ser realizadas até as 23h59 do dia 22 de fevereiro de 2019, com o envio das seguintes informações:

  • preencher o formulário no site www.ms.sebrae.com.br;
  • enviar um vídeo “caseiro”, de até 3 minutos, para o número de WhatsApp (67) 99271-2681, com seu nome completo, respondendo a 6 perguntas;

1. Qual é a sua ideia ou empresa?
2. Qual o seu público-alvo?
3. Como ela funciona?
4. Quais os desafios enfrentados para abrir ou melhorar seu empreendimento?
5. Quais lições aprendidas já adquiriu (por meio de experimentações, erros cometidos ou compartilhamento de informações)?
6. Qual sua visão de futuro para o seu negócio (metas a longo prazo)?

Mais informações e acesso ao edital no link:

http://bit.ly/programasebraeparamulheresdenegocios

Em destaque

16º Conferência Nacional de Saúde (Democracia e Saúde). Saiba mais:

As conferências municipais e estaduais de saúde são as mestras que nortearam o destino da saúde do país através do SUS (sistema único e saúde) nas Etapas Municipais da 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8) os participantes têm o objetivo de analisar as prioridades locais de saúde, formular propostas no âmbito dos municípios, dos estados e da União e elaborar um relatório final, nos prazos previstos no regimento. Nas conferências municipais serão eleitos, de forma paritária, os delegados e as delegadas que participarão da Etapa Estadual. 
Em Maracaju a VIII Conferência Municipal de Saúde acontece nos dias 29 e 30 de março na Câmara Municipal. Na verdade as conferencias nos Conselhos Locais já vem acontecendo, são órgãos colegiados, subordinados ao Conselho Municipal de Saúde de Maracaju, vinculados ás unidades de saúde, de caráter permanente, deliberativo e consultivo, que têm por finalidade atuar na formulação de estratégias e no controle de execução da política de saúde na área de atuação e abrangência de cada unidade de saúde do município.
As plenárias do Conselho Municipal e dos Conselhos locais de saúde são abertas a população. 
As conferências locais organizadas pelo Conselho Municipal de Saúde delas saíram os representantes para participarem da conferência municipal. Sendo 50% de usuários, 25%de trabalhadores na área de saúde, e, 25% de gestor ou prestador de serviços. Da conferência municipal saíram os delegados para conferencia estadual.
O tema central é “ Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS.
O s eixos temáticos:
Saúde como direto – Consolidação dos princípios do Sistema único de Saúde – Financiamento adequado e suficiente para o SUS. 
Da conferencia municipal de saúde as propostas pertinentes á esfera municipal aprovada pelo pleno, serão incluídas no Plano Municipal de Saúde 2018 /2021. As demais propostas serão encaminhadas á IX Conferência Estadual de Saúde e 16ª Conferência Nacional de Saúde
As conferências municipais e estaduais de saúde são as mestras que nortearam o destino da saúde do país através do SUS (sistema único e saúde) nas Etapas Municipais da 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8) os participantes têm o objetivo de analisar as prioridades locais de saúde, formular propostas no âmbito dos municípios, dos estados e da União e elaborar um relatório final, nos prazos previstos no regimento. Nas conferências municipais serão eleitos, de forma paritária, os delegados e as delegadas que participarão da Etapa Estadual. 
Em Maracaju a VIII Conferência Municipal de Saúde acontece nos dias 29 e 30 de março na Câmara Municipal. Na verdade as conferencias nos Conselhos Locais já vem acontecendo, são órgãos colegiados, subordinados ao Conselho Municipal de Saúde de Maracaju, vinculados ás unidades de saúde, de caráter permanente, deliberativo e consultivo, que têm por finalidade atuar na formulação de estratégias e no controle de execução da política de saúde na área de atuação e abrangência de cada unidade de saúde do município.
As plenárias do Conselho Municipal e dos Conselhos locais de saúde são abertas a população. 
As conferências locais organizadas pelo Conselho Municipal de Saúde delas saíram os representantes para participarem da conferência municipal. Sendo 50% de usuários, 25%de trabalhadores na área de saúde, e, 25% de gestor ou prestador de serviços. Da conferência municipal saíram os delegados para conferencia estadual.
O tema central é “ Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS.
O s eixos temáticos:
Saúde como direto – Consolidação dos princípios do Sistema único de Saúde – Financiamento adequado e suficiente para o SUS. 
Da conferencia municipal de saúde as propostas pertinentes á esfera municipal aprovada pelo pleno, serão incluídas no Plano Municipal de Saúde 2018 /2021. As demais propostas serão encaminhadas á IX Conferência Estadual de Saúde e 16ª Conferência Nacional de Saúde As conferências municipais e estaduais de saúde são as mestras que nortearam o destino da saúde do país através do SUS (sistema único e saúde) nas Etapas Municipais da 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8) os participantes têm o objetivo de analisar as prioridades locais de saúde, formular propostas no âmbito dos municípios, dos estados e da União e elaborar um relatório final, nos prazos previstos no regimento. Nas conferências municipais serão eleitos, de forma paritária, os delegados e as delegadas que participarão da Etapa Estadual. 
Em Maracaju a VIII Conferência Municipal de Saúde acontece nos dias 29 e 30 de março na Câmara Municipal. Na verdade as conferencias nos Conselhos Locais já vem acontecendo, são órgãos colegiados, subordinados ao Conselho Municipal de Saúde de Maracaju, vinculados ás unidades de saúde, de caráter permanente, deliberativo e consultivo, que têm por finalidade atuar na formulação de estratégias e no controle de execução da política de saúde na área de atuação e abrangência de cada unidade de saúde do município.
As plenárias do Conselho Municipal e dos Conselhos locais de saúde são abertas a população. 
As conferências locais organizadas pelo Conselho Municipal de Saúde delas saíram os representantes para participarem da conferência municipal. Sendo 50% de usuários, 25%de trabalhadores na área de saúde, e, 25% de gestor ou prestador de serviços. Da conferência municipal saíram os delegados para conferencia estadual.
O tema central é “ Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS.
O s eixos temáticos:
Saúde como direto – Consolidação dos princípios do Sistema único de Saúde – Financiamento adequado e suficiente para o SUS. 
Da conferencia municipal de saúde as propostas pertinentes á esfera municipal aprovada pelo pleno, serão incluídas no Plano Municipal de Saúde 2018 /2021. As demais propostas serão encaminhadas á IX Conferência Estadual de Saúde e 16ª Conferência Nacional de Saúde.

Assessoria – Paulo Roberto

Em destaque

Conselheira tutelar e filho são presos por tráfico de drogas em Anastácio


Mãe e filho foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Anastácio
 Foto: PM/Divulgação

Equipe da Força Tática do 7° Batalhão de Polícia Militar prendeu nesta segunda-feira (18), a conselheira tutelar Darciane Vieira Barbosa, de 41 anos, e seu filho Daniel Felipe Barbosa, 19 anos, por tráfico de drogas, no Jardim Independência, em Anastácio. 

A Polícia Militar já havia recebido denúncias de populares de que a casa era ponto de comercialização de drogas, e que o jovem de 19 anos utilizava uma motocicleta Honda/Pop, de cor preta, para entregar a droga em Anastácio e Aquidauana.

Mãe e filho foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Anastácio para providências cabíveis, junto com a droga apreendida.

Darciane alegou não saber de nada, mas terá que explicar à autoridade policial como não percebeu a movimentação do filho na venda de drogas e considerável quantidade de droga em sua residência.

Fonte: O Pantaneiro

Em destaque

Segunda empresa de parcelamentos passa a atender o Detran-MS

Desde essa segunda-feira (18.2) o usuário do Departamento Estadual de Trânsito do Mato Grosso do Sul (Detran-MS) passou a contar com mais uma opção para o parcelamento de dívidas referentes a veículos no Estado. A Zapay é uma empresa credenciada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e surge como uma alternativa na hora de acertar as pendências financeiras.

A empresa já está operando com guichês instalados na agência do shopping Campo Grande, nos Fáceis Aero Rancho, Coronel Antonino, Guaicurus e shopping Bosque dos Ipês. Para hoje (19.2) está prevista a instalação de pontos de atendimento na sede, localizada na saída para Rochedo e na Agência Geraldo Garcia, no shopping Pátio Central.

De acordo com um dos sócios da Zapay, Callebe Araújo, as dívidas poderão ser parceladas em até 12 vezes no cartão de crédito. “A transação ocorre como qualquer operação feita com cartão de crédito e será cobrada, com juros, diretamente pela operadora de cartão, via fatura ou débito em conta. A Zapay oferece condições para parcelamento em até 12 vezes, mas a pessoa pode quitar em menos tempo”, explica o empresário.

Além da Capital, Dourados e Três Lagoas contarão em breve com novos guichês para parcelamento de débitos veiculares.

Para o diretor-adjunto do Detran, coronel Francisco Libório, ter mais uma empresa oferecendo o serviço só favorece a vida do usuário, devido à concorrência. “Isso facilita de modo geral, a vida das pessoas que, mesmo com o ônus do juro, poderá escolher a forma de pagamento para que possa liberar seu veículo apreendido ou mesmo quitar as dívidas pendentes”, enfatiza.

“Em breve, vamos oferecer o serviço de parcelamento com acesso por meio do site do Detran, sem a necessidade de o cidadão se deslocar até uma agência de atendimento. Dessa forma, o processo ficará mais célere e prático”, complementa Varley Silva, também sócio da empresa.

No dia 28 de fevereiro já vence a 2ª parcela do IPVA no Estado. Os interessados podem comparecer aos pontos do Detran que tenham um guichê do programa. 

Sobre a Zapay Pagamentos

A Zapay é uma empresa especializada em serviços personalizados de pagamento junto à iniciativa privada e órgãos do governo. É credenciada ao Denatran, pela Portaria nº 750, de 18 de outubro de 2018, para realizar o parcelamento de todos os débitos veiculares. Atualmente, a Zapay está presente em nove estados e no Distrito Federal.

Vivianne Nunes – Departamento Estadual de Trânsito do Mato Grosso do Sul (Detran-MS)

Foto: Zapay

Em destaque

Maracaju: “Nego Tosco” é preso em flagrante por “posse ilegal de arma de fogo de uso permitido”


Pistola Browning calibre 22 e 14 munições. Foto: Robertinho

O fato ocorreu durante operação realizada pela Tropa de Choque, BOPE, Polícia Militar, Polícia Civil, PRE e PRF em Maracaju, na última sexta-feira (15).

O cumprimento do Mandado de Busca e Apreensão emitido pelo judiciário, foi cumprido na manhã do dia acima citado, por volta das 06:20h, no Conjunto Olídia Rocha.

De posse do mandado os policiais adentraram a residência do autor e localizaram a arma no quarto do mesmo.

O autor assumiu a posse da arma de fogo (pistola) bem como das munições.

Diante os fatos o autor foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi preso em flagrante pelo crime de “Posse de arma de fogo de uso Permitido”.

Reportagem: Robertinho Speed

Em destaque

Fundação do Trabalho tem aumento de 51% no número de pessoas encaminhadas para o mercado

O pizzaiolo Pedro Jorge Figueira da Silva, de 32 anos, precisou de apenas três semanas para conseguir a recolocação no mercado de trabalho. Ele foi uma das 11.391 pessoas encaminhadas para entrevistas de emprego em janeiro de 2019 pela Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab-MS) – número 51% maior em relação a igual período do ano passado, quando foram feitos 7.533 encaminhamentos.

“Em dezembro fiquei desempregado e em janeiro consegui a recolocação. Não posso ficar parado porque, com o salário, sustento a mulher e três filhos”, conta. O novo emprego é em uma pizzaria da Capital.

Ele é um dos mais de 1.000 trabalhadores que começaram o ano conquistando um novo emprego por intermédio da Funtrab. Isso porque o mercado começou o ano oferecendo mais oportunidades. O número de vagas oferecidas pela Fundação aumentou 19,55% – passando de 4.250, em janeiro de 2018; para 5.081, no mês passado.

Para o diretor-presidente, Clistiano Fernandes Alves, as ofertas de emprego são um reflexo da melhora na economia e da confiança de empresários e consumidores com os novos governos e com o planejamento do Estado que manteve os salários em dia, mesmo no auge da crise brasileira. “O ano começou com mais ofertas de empregos, principalmente nos setores de serviço e alimentação”, diz.

E a expectativa da Funtrab, de acordo com a coordenadora do Trabalho, Cláudia Bérgamo, é de mais contratações nos próximos dias por causa da época e colheita de maçãs. “Já começaram a contratar mais na área da agropecuária por conta dos indígenas que vão trabalhar na colheita das maçãs, mas diariamente abrimos vagas na área do comércio (para balconista, vendedor, fiscal de loja, entre outros), serviços (passador, baba, eletricista e diarista) e para a área de alimentação (garçom, cozinheira, copeira, chapeiro)”, afirma.

Em Campo Grande, quem estiver em busca de emprego pode procurar a Funtrab na rua 13 de Maio, 2.773, no Centro, das 7h às 17h. Para participar da seleção é necessário levar documentos pessoais e carteira de trabalho.

No interior, é preciso procurar a Casa do Trabalhador do município. Endereços, telefones e horários de atendimento podem ser conferidos no site da Funtrab.

Paulo Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Foto: Edemir Rodrigues

Em destaque

Federação de Canoagem abre Curso de Arbitragem em parceria com a Fundesporte

A Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul (FCMS) lança o 1º Curso de Arbitragem em Canoagem Nível I do Estado em parceria com a Fundação de Desporto em Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), através da sua Unidade Pedagógica de Formação (UPF).

O curso tem por objetivo formar árbitros que possam atuar dentro e fora do MS, aplicando as regras oficiais da canoagem e é destinado aos profissionais de educação física, acadêmicos da área, praticantes de canoagem e interessados em aprender sobre a modalidade.

As inscrições podem ser feitas até quarta-feira (20.2) acessando o site da Fundesporte, no ícone cursos de capacitação 2019. As vagas são limitadas.

Ao todo serão três dias de curso, ministrado pelo instrutor Admir Arantes Bueno; as aulas teóricas serão realizadas na Unigran Capital (R. Abrão Júlio Rahe, 325 – Centro), na sexta-feira (22.2) em dois horários, das 13h30 até 17h30 e das 18h às 20h.

Já as aulas práticas acontecerão no Parque das Nações Indígenas, nos dias (23.2) e (24.2). Sábado, no período da manhã, das 8h às 12h, e no período da tarde das 13h30 às 19h30. E no domingo, o curso inicia as 7h30 e termina às 11h30.

Dentro do conteúdo programático, serão abordadas: noções básicas de canoagem; noções básicas de segurança; introdução às modalidades de Canoagem e Paracanoagem; regras por categoria e modalidade; aplicação prática das regras; regulamento do Campeonato Sul Mato-Grossense de Canoagem.

O curso tem o investimento de R$ 30,00 e deverá ser pago no primeiro dia de aula. Após o término do curso, haverá entrega de certificado com carga horária de 20h/aula, frequência mínima de 75%.

Com a nova plataforma online de gestão de curso da Fundesporte, através do portal corporativo da Escola Gov, o aluno poderá se inscrever, controlar a frequência e emitir certificado através do portal, tudo com mais facilidade, praticidade e rapidez.

Para mais informações entre em contato com a UPF no (67) 3323-7225 ou pelo site da Fundesporte.

Reportagem: Esporte MS

Em destaque

Confira as Vagas de Emprego, disponíveis na Casa do Trabalhador nesta terça-feira (19/02). Saiba mais:

Casa do trabalhador informa:

01 Casal para fazenda – Ele: para lida com gado em confinamento, tirar leite, pilotar trator, e maquinários como roçadeiras, triturador de milho. Ela: limpeza da sede, conservação de plantas e hortaliças. Apresentar currículo.

01 Mecânico – Experiência em mecânica de implementos agrícolas.

01 Monitor Agrícola – Desejável formação na área agrícola. Disponibilidade de horário e para viajar. CNH B com no mínimo 2 anos. Apresentar currículo para agendar entrevista.

01 Operador de Munck – Experiência comprovada em CTPS. Cursos na área.


Os interessados podem comparecer na Casa do Trabalhador, com CPF, RG e Carteira de Trabalho, de segunda a sexta, das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas. A agência está localizada na Rua Melanio Garcia Barbosa, 119 – Centro, Maracaju (MS), mais informações (67) 3454 – 4848.

Em destaque

Maracaju: Colisão entre dois caminhões na MS 162 saída para Sidrolândia

Acidente envolvendo um caminhão boiadeiro e um caminhão carregado com milho na MS 162 saída para Sidrolândia próximo ao antigo Lixão da cidade, deixa condutores apenas com ferimentos leves.

Corpo de Bombeiros foram acionados via fone 193 onde se deslocaram ao local do acidente. Os dois motoristas, tanto do caminhão boiadeiro quanto do caminhão carregado com milho sofreram apenas ferimentos leves.

Reportagem: Robertinho Speed

Em destaque

ALERTA: Após bronzeamento em clínica, campo-grandense sofre queimaduras por todo corpo

Uma mulher usou as redes sociais para acusar um Centro de Beleza e Estética de negligência após sofrer queimaduras de primeiro e segundo grau durante o procedimento de bronzeamento natural, no dia 13 de janeiro, em Campo Grande. A cliente afirma que o produto usado era para pele negra, mas ela é branca.

No grupo Aonde Não ir em Campo Grande, a mulher relatou que havia marcado horário para fazer o bronzeamento às 10h, mas como o lugar estava cheio, ela teria entrado no sol às 12h45 com o alerta de que deveria ficar menos tempo em exposição por ter a pele muito clara.

Ainda conforme a publicação, a proprietária do Centro teria passado parafina ativadora no corpo da cliente a fim de acelerar o procedimento e, volta e meia, jogava água para aliviar o calor.

“Percebi que estava com a pele vermelha e pedi para virar e tomar sol de costas. Nesse momento eu pedi meu celular, olhei o relógio era 13h35. Pedi pra avisar quando fosse 14h e foi nesse horário que sai do sol,” continuou o relato.

Naquela mesma noite, a mulher conta que começou a passar mal com insolação e foi até a farmácia comprar um pós-sol para amenizar a sensação de queimação por todo o corpo.

“Logo pela manhã fui ao médico, não conseguia andar. A dor nas pernas era insuportável, eu tinha sensação que minha pele estava cozida. Fiquei tomando soro umas 2h. Me receitou anti-inflamatório, mas percebi que a dor só aumentava e a pele ficou mais vermelha. Me indicaram um dermatologista.

Ele só confirmou o diagnóstico da outra dermatologista: estava com queimaduras de primeiro e segundo grau. Estou com sardas nas pernas porque o produto era para pele escura.”

A mulher termina o alerta afirmando que os médicos ainda não sabem como a pele vai reagir no futuro, mas garante que ficou com muitas manchas pelo corpo.

Ao ser informada que a matéria seria publicada no Jornal Midiamax, a proprietária do Centro de Estética, Sirlene Pessoa, disse que vai averiguar os fatos para que possa se pronunciar.

Reportagem: Bruna Vasconcelos – Midia Max

Em destaque

Polícia Rodoviária de Vista Alegre flagra passageira de ônibus com 18 quilos de droga

Uma passageira de 31 anos de idade foi flagrada pela Polícia Militar Rodoviária, nesta segunda-feira (18), na rodovia MS 164 transportando, aproximadamente, 18 quilos de droga.

Por voltas das 08h30min da manhã de hoje, a equipe da Base Operacional Rodoviária (BOpRv) de Vista Alegre, durante fiscalização de trânsito, abordou em frente a BOpRv um ônibus de transporte de passageiros e durante a revista no compartimento de bagagem externo do veículo, localizaram uma mala de cor marrom e uma mochila de cor preta que, no interior das mesmas, continham 18 tabletes de substância análoga a maconha, totalizando 12,370 kg (doze quilogramas e trezentos e setenta gramas) e 16 bolas de substância análoga a Skank a vácuo, totalizando 5,190 kg (cinco quilogramas e cento e noventa gramas).

A proprietária das bagagens foi localizada pelos militares e questionada, a autora confessou que a droga lhe pertencia e que foi contratada por uma pessoa desconhecida, em uma lanchonete de um bairro na capital, para buscar o entorpecente em Ponta Porã e transportar para Campo Grande, onde receberia a quantia de R$3.000,00 (três mil reais) pelo serviço. A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de Maracaju, para as providências cabíveis.

Assessoria

Em destaque

Segunda maior apreensão de cocaína de MS seria levada como celulose


Cocaína apreendida pela PF: parte do carregamento já estava em uma das carretas para ser transportada (Foto: PF/Divulgação)

Os traficantes presos em Três Lagoas pela Polícia Federal usavam um galpão na BR-158 como entreposto para troca de veículos e transporte da droga para São Paulo. Na operação, desencadeada neste fim de semana, os policiais apreenderam 954 quilos de cocaína, a segunda maior apreensão da história em MS.

O recorde de apreensão é da PF de Corumbá, 1,5 tonelada da droga, em flagrante de 2015.

O delegado da PF em Três Lagoas, Caio Martins de Lima, disse que a operação começou na sexta-feira (15), depois que receberam informações da chegada de dois carregamento de cocaína, sendo que um já estava em depósito da cidade e outro chegaria entre sábado e domingo.

Na investigação, os policiais identificaram os veículos usados na ação e o galpão usado pelos traficantes. Ontem, a equipe da PF aguardou a chegada da carreta para fazer a abordagem. “Quando chegamos, eles tinham acabado de fazer transbordo da droga para outra carreta, já para ser levada”, disse o delegado, em coletiva essa manhã, em Três Lagoas.

Seis homens foram presos na operação, todos de Campo Grande. Segundo a polícia, o dono do galpão não está entre os detidos, pois teria alugado o galpão de boa fé. “Aqui era o momento mais tranquilo para eles, já tinham transportado a droga da fronteira”. O delegado explicou que ainda não tem informações se a cocaína veio do Paraguai ou da Bolívia. A PF, apreendeu, ainda, três carretas e um veículo de passeio.

A PF não informou qual o destino final da droga, mas que seria redistribuída a partir de São Paulo. O delegado não quis estimar valor de mercado da cocaína apreendida. Os traficantes usavam fretes mistos, colocando a droga em meio a carga de celulose.

Esta é a segunda maior apreensão da história de MS. O recorde ainda é de flagrante em Corumbá, também da PF, em 2015. A segunda posição era da PRF (Polícia Rodoviária Federal), do dia 22 de janeiro, quando foram encontrados 940 quilos de cocaína, na BR-463, avaliada em R$ 30 milhões.

Reportagem: Silvia Frias – Campo Grande News

Em destaque

GEMUTRAM finaliza demarcação de áreas de estacionamento de motocicletas na Rua Joaquim Murtinho

Os trabalhos para melhoria do transito na Rua Joaquim Murtinho, por parte da GEMUTRAM Gerencia Municipal de Trânsito, foram concluídos. A rua recebeu marcação através de pinturas de espaço reservados para motos, assim como placas indicativas que delimitam as áreas a serem estacionadas.

O objetivo é atender a demanda de uma área comercial, onde os comerciantes pediam esse trabalho, e com isso, o transito terá mais fluidez e espaço, trazendo tranquilidade aos motoristas e pedestres, e para o comércio local.

Com a conclusão dos serviços a GEMUTRAN informa aos usuários que o estacionamento delimitado deve ser respeitado, lembrando que a partir e agora não haverá tolerância, quem não respeitar as normas está sujeito a multa.

Em destaque

Maracaju: Open Internacional de Judô de Liga será em Setembro

Com o objetivo de realizar um evento em nível internacional (Open Internacional de Judô de Liga), evento promovido pela Liga Confederada de Judô do Mato Grosso do Sul, com apoio da CBJS ( Confederação Brasileira de Judô Social ) e da C.I.IJ. ( Confederação Internacional Inter Clube de Judô) e contara com todo o apoio da prefeitura municipal através da secretaria de Esportes
Os detalhes do evento foram definido em reunião da diretoria da LCJMS com o Secretário de Governo Frederico Felini, e definiram a data de 21 de setembro para a realização do Open.
De acordo Felini o segundo semestre em Maracaju são poucas as atividades que oferecem opção de lazer a comunidade Open será uma grande oportunidade, pois terá atletas de vários estados e de outros países, sendo uma grande oportunidade para população de assistir a competição de forma gratuita.
Para o presidente da LCJMS , Sensei Cleber dos Santos Pereira, por realizar um trabalho social de Judô, o numero de atletas cresceu muito e hoje já são mais 2.000 de 5 anos acima de vários municípios do estado e de outros estados com o São Paulo e Rio de Janeiro Filiados a LCJMS.”isso nos credencia a fazer um evento Internacional e a expectativa de ser um grande evento para Maracaju.

FILIADAS
Em Campo Grande sensei José Luiz Associação S.J Maria Vianney , Flor Cerejeira sensei Romeu Saravi, Fátima do sul sensei Giuvaine Bete, Glória de Dourados professor Danilo Acassio, Porto Murtinho sensei Magno Moura , sensei Fabiano Evangelista, representante do Rio de Janeiro, em SP sensei Plinio Fogaça; representante estrangeiro em Angola continente africano sensei Fernando Domingos.
Desde criação primeira liga judô no Mato Grosso do Sul em 21 de janeiro de 2016, já farão formados em todo MS 28 faixas pretas formado CEG (COMISSÃO ESTADUAL GRAUS) presidente de honra shihan Carlos Fernando pereira 8 graus, em Maracaju com 3 anos de criação já possui 5 faixas pretas formados pela liga judô LCJMS.
Participaram da reunião o presidente da liga sensei Cleber dos Santos Pereira, vice presidente sensei Juliana Sousa , diretor multimídia Walison Xavier, Lorena Bloch representando os pais e o Secretário de Governo Frederico Felini.

Reportagem: Paulo Roberto

Em destaque

Traficantes ‘entregam’ rivais que tinha frota e até depósito de cocaína na saída de MS

Facções criminosas estão ‘entregando’ adversários para as autoridades como forma de economizar na guerra pelo controle do narcotráfico em Mato Grosso do Sul. A Polícia Federal desmontou neste domingo (17) uma operação que mantinha frota de caminhões e até um ‘depósito’ de cocaína na BR-158, em local estratégico, quase na saída de Mato Grosso do Sul para os estados de São Paulo, Goiás e Minas Gerais.

A apreensão, uma das maiores dos últimos anos, só foi possível porque integrantes de uma facção criminosa adversária ‘entregaram’ a operação dos rivais. A Polícia Federal confirmou que chegou até os narcotraficantes após ‘denúncia anônima’.

Seis foram presos em flagrante e 954 quilos da droga foram apreendidos em Três Lagoas, além de 3 caminhões e um veículo de passeio. Entre os detidos, dois eram motoristas, três eram auxiliares de serviços gerais e um comerciante.

A suspeita é de que todos trabalhavam para uma facção criminosa que atua no narcotráfico de Mato Grosso do Sul com liberdade e organização suficientes para criar verdadeira estrutura logística de uma verdadeira transportadora rodoviária.

A droga foi encontrada armazenada no depósito e seria levada para o estado de São Paulo, segundo a Polícia Federal. A cocaína seguia de Campo Grande com destino a São Paulo, mas antes passava por Três Lagoas, onde era armazenada no entreposto e era mantida no depósito até a saída para o estado paulista.

PCC e CV querem controlar MS: ‘rota fácil’

O PCC (Primeiro Comando da Capital) e o CV (Comando Vermelho) brigam pelo controle da ‘rota fácil’ que Mato Grosso do Sul é considerado.

A fiscalização altamente deficitária e a corrupção policial facilitam o tráfico de drogas e contrabando de produtos lucrativos, como cigarros e pneus, com ‘túneis’ nas rodovias e estradas sul-mato-grossenses.

Além disso, MS é considerado estratégico pela posição geográfica, vizinho do Paraguai e Bolívia, que são entrepostos para o narcotráfico internacional latino-americano, e pelo fácil acesso aos principais polos consumidores e portos brasileiros, em SP, PR, RJ, MG e GO/DF.

Na região de fronteira com o Paraguai, as cidades sul-mato-grossenses assistem a verdadeira guerra com execuções e tiroteios quase diários.

Reportagem: Thatiana Melo e Éser Cáceres / Midia Max

Em destaque

Soja: quebra de safra deve impactar resultado da balança comercial

A quebra na safra de soja pode ter reflexo na balança comercial brasileira. O grão encabeça a lista dos produtos exportados pelo país – responde por 15% da receita das vendas externas. A Associação Nacional de Exportadores de Cereais (Anec) prevê uma queda de 12% nas exportações neste ano, em razão da colheita menor. A previsão é de que o Brasil exporte 73 milhões de toneladas, ante 82,8 milhões enviadas ao exterior em 2018.

De acordo com o diretor-geral da associação, Sérgio Castanho Teixeira Mendes, é preciso levar em conta que as exportações do ano passado foram maiores por causa da guerra comercial com os Estados Unidos, que levou a China a comprar mais soja do Brasil.

“Estamos prevendo esse volume de exportações com base numa safra de 116 milhões de toneladas. Se a quebra for maior e essa produção não for alcançada, pode haver um impacto maior na exportação”, diz. Mendes lembra que, em 2017, o Brasil exportou 68 milhões de toneladas.

De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), embora a área plantada tivesse mantido a tendência de crescimento dos últimos dez anos, atingindo 35,8 milhões de hectares, a produtividade foi bastante afetada pelas condições climáticas adversas nos principais estados produtores.

Problemas climáticos

O produtor rural Valdir Edemar Fries, de Itambé (PR), conta que as chuvas de novembro foram 50% menores que a média da região. “Em dezembro, passamos por estiagem e ficamos praticamente 20 dias sem ocorrências de chuvas. Isso, associado às altas temperaturas, prejudicou o desenvolvimento das lavouras. Antecipamos a colheita em 15 dias porque a estiagem e o calor anteciparam o ciclo da lavoura. Nesses talhões, tive perdas de 30% numa área e de 60% em outra, que tinha um solo menos estruturado”, conta.

Segundo Fries, as perdas foram agravadas pelo sol escaldante, que acabou “cozinhando” a superfície. “São perdas que de fato aconteceram e nesta safra não tem como recuperar”, afirma.

No sudoeste paulista, principal região produtora de soja de São Paulo, as lavouras tiveram perdas médias de 15%, segundo o dirigente da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado em Itapeva, Vandir Daniel da Silva.

“Somente na regional de Itapeva a perda atinge um milhão de sacas, sendo mais da metade no próprio município de Itapeva”, diz. Segundo ele, as lavouras foram afetadas pela falta de chuvas e temperaturas acima da média entre dezembro e janeiro.

O Rally da Safra, expedição técnica sobre a safra de grãos no Brasil, organizada pela consultoria Agroconsult, confirmou a quebra na produção de soja também em regiões do sudeste do Mato Grosso, onde são cultivadas lavouras de ciclo precoce.

De acordo com André Debastiani, coordenador de uma das equipes, no final de janeiro os técnicos já tinham confirmado um potencial produtivo um pouco abaixo do esperado nas regiões do médio-norte e oeste do estado, maior produtor de soja do país. Entre as razões da baixa produtividade, segundo ele, estão as altas temperaturas de janeiro e fevereiro, que encurtaram o ciclo, afetando o peso dos grãos.

Fonte: Canal Rural

Em destaque

Governo determina medidas de precaução para barragens em todo o país

Por recomendação da Agência Nacional de Mineração (ANM), o Ministério de Minas e Energia (MME) definiu uma série de medidas de precaução de acidentes nas cerca de mil barragens existentes no país, começando neste ano e prosseguindo até 2021. A medida inclui a extinção ou descaracterização das barragens chamadas “a montante” até 15 de agosto de 2021. A resolução está publicada, na seção 1, página 58, no Diário Oficial da União.

“Essa resolução estabelece medidas regulatórias cautelares, objetivando assegurar a estabilidade de barragens de mineração, notadamente aquelas construídas ou alteadas pelo método denominado “a montante” ou por método declarado como desconhecido”, diz o texto.

Em três meses, a diretoria colegiada da agência vai avaliar a execução das medidas.“A Diretoria Colegiada da ANM, até 1º de maio de 2019, reavaliará as medidas regulatórias cautelares objeto desta resolução e, se for o caso, fará as adequações cabíveis considerando, dentre outras informações e dados, as contribuições e sugestões apresentadas na consulta pública.”

Riscos

Há 84 barragens no modelo denominado a montante em funcionamento no país, das quais 43 são classificadas de “alto dano potencial”: quando há risco de rompimento com ameaça a vidas e prejuízos econômicos e ambientais. Porém, no total são 218 barragens classificadas como de “alto dano potencial associado”.

Pela resolução, as empresas responsáveis por barragens de mineração estão proibidas de construir ou manter obras nas chamadas Zonas de Autossalvamento (ZAS).

A resolução é publicada menos de um mês depois da tragédia de Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte (MG), na qual 169 pessoas morreram e ainda há 141 desaparecidos com o rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão.  

Datas

Pela resolução, as responsáveis pelas barragens têm até 15 de agosto de 2019 para concluir a elaboração de projeto técnico de descomissionamento ou descaracterização da estrutura.

Nesse período, as empresas também serão obrigadas a reforçar a barragem a jusante ou a construção de nova estrutura de contenção para reduzir ou eliminar o risco de liquefação e o dano potencial associado, obedecendo a todos os critérios de segurança.

Outro prazo fixado é até 15 de fevereiro de 2020 para concluir as obras de reforço da barragem a jusante ou a construção de nova estrutura de contenção a jusante, conforme estiver previsto no projeto técnico.

Por determinação do governo, todas as barragens a montante, como a da Mina Córrego de Feijão, em Brumadinho (MG), que sofreu o rompimento no último dia 25, serão submetidas a descomissionamento ou a descaracterização até 15 de agosto de 2021.

Diferenças

A resolução detalha as diferenças entre as barragens “a montante” e “a jusante”. As denominadas “a montante” consistem na existência de diques de contenção que se apoiam sobre o próprio rejeito ou sedimento previamente lançado e depositado.

O modelo “a jusante” consiste no alteamento para jusante a partir do dique inicial, onde os diques são construídos com material de empréstimo ou com o próprio rejeito.

Há ainda o método “linha de centro”, variante do método a jusante, em que os alteamentos sucessivos se dão de tal forma que o eixo da barragem se mantém na posição inicial, ou seja, coincidente com o eixo do dique de partida.

Tragédias

Na resolução, o MME e a ANM citam um histórico de recentes rompimentos de barragens de mineração, como a barragem B1 da Mina Retiro do Sapecado, em 10 de setembro de 2014, em Itabirito (MG).

Também mencionam a barragem de Fundão da Mina Germano, em 5 de novembro de 2015, localizada em Mariana (MG), e a última da barragem B1, da mina Córrego do Feijão, em 25 de janeiro, em Brumadinho (MG).

“Considerando que todos os episódios recentes de rompimento envolveram barragens de rejeitos construídas e alteadas pelo método construtivo “a montante” cuja eficiência e segurança são controversas”, diz o texto da resolução.

Reportagem: Agência Brasil

Em destaque

Adolescente de 16 anos se tranca em quarto e mata filha de 21 dias sufocada

Uma adolescente de 16 anos foi apreendida sob suspeita de matar a filha recém-nascida. O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira (18), em Nova Andradina, distante 300 quilômetros de Campo Grande.

Uma testemunha ouviu alguém pedindo por socorro e acionou a equipe da rádio patrulha da Polícia Militar que foi até a Rua Elzio Gonçalves. Lá, encontraram o irmão e a mãe da adolescente em frente à casa. Questionados sobre o fato, os dois relataram aos policiais que, a adolescente estava trancada dentro do quarto sufocando a filha de 21 dias.

Os policiais, então, entraram na residência e encontraram a garota em cima da criança. Apresentando confusão mental, a adolescente disse à equipe que não adiantava fazer mais nada, pois a filha já estava morta. O Corpo de Bombeiros foi até o local e constatou o óbito. A Perícia Técnica e a Polícia Civil foram acionadas para fazer os primeiros levantamentos do caso.

A agressora e sua mãe foram levadas ao Hospital Regional para atendimento médico e na sequência encaminhada para a delegacia de Polícia Civil do município. Por envolver adolescentes e crianças, os nomes dos envolvidos são preservados por imposição do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Reportagem: Viviane Oliveira – Campo Grande News

Em destaque

NOTA DE PESAR

O Governo de Mato Grosso do Sul manifesta pesar pelo falecimento do sanfoneiro Dino Rocha, ícone da música regional, um dos maiores nomes do chamamé – ritmo que transpôs fronteiras e se tornou a identidade cultural do povo sul-mato-grossense.

Autodidata, Dino Rocha destacou-se como instrumentista desde os oito anos de idade e gravou mais de 50 composições, dentre as quais “Gaivota Pantaneira”, que o consagrou como um dos maiores chamamezeiros da América do Sul.

A música de Mato Grosso do Sul está de luto.

Reportagem: Silvio Andrade

Em destaque

Maracaju: Operação terminou com três prisões, armas e drogas apreendidas


Material apreendido durante a operação (Foto: Robertinho/ Maracaju Speed)

A Operação Petra cumpriu na manhã desta última sexta-feira (15) 18 mandados de prisão e três de prisão em Maracaju – cidade a 160 quilômetros de Campo Grande. Durante as ações, dois homens suspeitos de envolvido na execução do policial militar Juciel Rocha Professor foram mortos em confronto com a polícia.

Com objetivo de combater o crime e ação do PCC (Primeiro Comando da Capital), os policiais foram às ruas de Maracaju e também Itaporã, a 227 da Capital.

A operação acontece cinco dias após a morte do policial militar Juciel Rocha Professor, executado com vários tiros na cabeça numa lanchonete do município. Conforme o Ministério Público Estadual, as investigações confirmam que o crime ocorreu por vingança de integrantes da facção pela atuação “firme e corajosa” do PM no enfrentamento ao crime organizado.

Ao todo, foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão e três de prisão. Os nomes dos detidos não foram divulgados pela polícia, mas conforme o site Maracaju Speed um deles é uma mulher de 33 anos, que foi flagrada com cocaína. Outros dois suspeitos morreram em trocas de tiros com as equipes. Eles foram identificados como Fábio Pereira e Romário de Souza Silva, de 25 anos, o “Terrorista”.

Ainda conforme o balanço divulgado nesta tarde, a Polícia Militar apreendeu 31 munições de vários calibres – como 762, 22, 357, 44 e 765 – porções de maconha, pasta base e cocaína e ainda duas arma, uma pistola calibre 22 e um calibre 765. Foram encontrados ainda com os alvos balanças de precisão, celulares, anotações, pen drive e até um HD externo.

Já as equipes da Polícia Civil apreenderam dinheiro, um revólver calibre 32, porções de maconha, pasta base, cocaína e crack.

Participação da operação equipes da Polícia Militar, da Polícia Civil, PRF (Polícia Rodoviária Federal), Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), Batalhão de Choque e agentes do Gaeco( Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

Reportagem: Geisy Garnes – Campo Grande News

Em destaque

Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local

Criança de apenas um ano e seis meses morreu no final da tarde de domingo (17/2), em Dourados, após ser atropelada por um motociclista que fugiu do local após o fato. O caso aconteceu na rua Josefa Cavalcante da Silva, próximo ao posto de saúde do Jardim das Oliveiras III. 

De acordo com o registro policial, Pedro Alves Rodrigues Neto estava brincando na casa de um vizinho, quando o portão se abriu e ele correu para a via. 

No momento em que a criança saiu, o motociclista numa Honda CG Titan escura, segundo relataram testemunhas, acabou a atingindo.

Familiares chegaram a levar Pedro à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas ele já chegou morto. 

A GMD (Guarda Municipal de Dourados) esteve na região e realizou rondas, porém, não encontraram o suspeito. 

O caso é investigado e foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) como homicídio culposo. 

Reportagem: Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Em destaque

“Choro de criança” mobiliza bombeiros, que acham só dengue em terreno

Moradores do bairro Jardim Paulista, em Campo Grande, acionaram o Corpo de Bombeiros, na tarde deste domingo (17), após desconfiarem do abandono de uma criança em um terreno baldio da Rua Trindade, próximo ao cruzamento com a Avenida Noroeste. Porém, ao chegarem ao local, os militares localizaram apenas entulhos e diversos focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como a dengue e chikungunya.

“Foi por volta das 9h que começamos a ouvir um barulho parecido com o choro de uma criança. Tentamos procurar de onde vinha, mas o terreno é muito grande e está cheio de entulhos. Foi aí que acionamos os bombeiros”, afirmou uma moradora, que não se identificou.

Ao todo, três viaturas do Corpo de Bombeiros estiveram no local. Os militares percorreram todo o terreno, mas já não era possível escutar o barulho e nenhuma criança foi encontrada. Em contrapartida, restos de móveis, materiais de construção, carcaças de veículos e diversos outros entulhos foram encontrados no terreno.

Ainda conforme os bombeiros, o terreno também esconde caramujos e várias larvas de mosquitos. Como nenhum indício indicava a presença de uma criança no local, os militares orientaram os moradores a entrar novamente em contato caso voltem a ouvir algum tipo de barulho vindo do terreno.

Reportagem: Liniker Ribeiro e Geisy Garnes / Campo Grande News
Em destaque

Tempo segue instável com possibilidade de chuva forte em algumas áreas de MS

Após fim de semana de tempo instável e chuvoso em Mato Grosso do Sul, a segunda-feira (18.2) não será muito diferente. O céu fica nublado na maior parte do Estado e pode até chover forte no Centro, Sul e Leste. Na região do Pantanal e demais áreas o céu fica parcialmente nublado, com possíveis chuvas isoladas.

Conforme a previsão do Centro de Monitoramento do Tempo do Clima (Cemtec), apesar do tempo instável, Três Lagoas deve registrar calorão de 35°C; em Coxim os termômetros devem alcançar os 33°C; e em Campo Grande 30°C. Nas cidades de Dourados e Corumbá a máxima deve ser de 32°C.

A umidade relativa do ar deve variar entre 90% e 50%. Já a temperatura no restante das cidades pode variar de 20°C a 36°C.

Luciana Brazil – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Foto: Ico Victório

Em destaque

Anta é vista circulando perto de shopping durante madrugada na Capital


(Foto: Reprodução Facebook)

A foto de uma anta circulando livremente na Rua Dr. Paulo Coelho Machado, a antiga Furnas, próximo ao Shopping Campo Grande, na madrugada deste domingo (17), chamou a atenção.

Publicada na página Pro Anta, no Facebook, a imagem vem com alerta de atenção para quem circula no local.

Jornal Midiamax, entrou em contato com a administração da página que se limitou em dizer que o autor seria de um grupo chamado Caçadores de Javali.

Reportagem: Ana Paula Chuva

Em destaque

Com recursos de R$ 29 milhões para 2019, governador quer organizar agricultura familiar no Estado

Em 2019, com recurso garantido no valor de R$ 29 milhões destinados à agricultura familiar em Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado pretende organizar o setor dando fim a antigos problemas, como a regularização fundiária. Com o investimento, o Governo quer também acelerar projetos que irão beneficiar os produtores rurais, como recuperação de estradas municipais, criação das centrais de abastecimento e organização de cooperativas e associações na abertura ao mercado.

Durante mais uma etapa de entrega das patrulhas mecanizadas, na tarde dessa quinta-feira (14.02), em Três Lagoas, o governador Reinaldo Azambuja afirmou que com mais recursos será possível equipar “ainda mais os produtores” e oportunizar a melhoria da qualidade na produção.

“Com esse recurso de R$ 29 milhões, valor equivalente ao que foi recebido nos últimos quatro anos, vamos equipar ainda mais o agricultor. Também vamos regularizar a questão fundiária dos assentamentos de Mato Grosso do Sul. Vamos fazer uma parceria com o Governo Federal, fazendo uma integração para liberar esses títulos definitivos, porque isso atrapalha muito a vida, tanto do homem, quanto das mulheres assentadas. São donos de fato, mas não são donos por direito, já que não têm o documento”, disse em entrevista o governador.


A entrega das patrulhas mecanizadas é resultado da parceria entre o Governo do Estado e a bancada federal

O governo tem buscado parcerias que possam acelerar a recuperação de estradas, confirmou o governador. “Estamos buscando parceria para a agricultura familiar para acelerar a recuperação das estradas, principalmente daquelas estradas municipais que cortam os assentamentos”.

Engrossando o discurso do governador, sobre a venda organizada e abertura de mercado, o deputado federal Vander Loubet destacou que é preciso focar na comercialização, com a construção das centrais de abastecimento.  “Nos últimos quatro anos de mandato, junto com o deputado (federal) Zeca (do PT), colocamos R$ 5 milhões todos os anos para agricultura familiar, por meio de emendas individuais, em parceria com o governador. Contamos ainda com as emendas de bancada, que estão sendo entregues hoje, para fomentar e verticalizar a agricultura familiar, que é a coisa mais importante para nós. Poderemos contar com as 10 centrais de abastecimento que serão construídas no Estado”, disse o deputado.

Ele ainda afirmou que será preciso profissionalizar, efetivamente, a cadeia da agricultura familiar.  “Essa profissionalização acontece com a preparação do solo, com os tratores entregues; se preciso com assistência técnica, por meio da Agraer e, por fim, a comercialização por meio dos 10 centros de abastecimento”, finalizou.

Conforme o  prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, a obra da central de abastecimento no município já foi licitada. “Em breve será dada ordem de início de serviço”, disse ele, destacando ainda a construção de uma feira que será modelo para MS, mais uma medida em parceria com o Governo do Estado que fortalece o trabalho dos pequenos agricultores.

Reinaldo Azambuja afirmou que há alguns anos Mato Grosso do Sul importava 95% das frutas, legumes e verduras. Hoje, o Estado importa 70% dos produtos e ocupa o mercado com 30% de produção própria. “Temos que abrir espaço para agricultura familiar, abrir o mercado, organizar as cooperativas, organizar as associações dos assentamentos, fortalecer com a Agraer a venda dos produtos, porque quando o produtor vende sozinho, ele perde competitividade. Ele é engolido pelo mercado e pelo atravessador. Quando ele vende em escala maior na cooperativa ele ganha mercado. Ele tem competitividade de venda”, completou.  

Entrega de Patrulhas

O governador entregou nessa quinta-feira (14.2), em Três Lagoas, 30 máquinas e equipamentos e nove patrulhas mecanizadas para atender a agricultura familiar. Um investimento de mais de R$ 1,1 milhão. Considerando as entregas feitas no primeiro mandato, as entregas realizadas ontem (13.02) em Campo Grande e hoje (14.2) pela manhã no município de Aquidauana e região, todos os municípios sul-mato-grossenses passam a ser contemplados com patrulhas.

Municípios contemplados na região de Três Lagoas: Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Brasilândia, Cassilândia, Inocência, Paranaíba, Santa Rita do Pardo e Três Lagoas. Os equipamentos são oriundos de recursos de emendas parlamentares dos deputados federais  Zeca do PT, Vander Loubet, Dagoberto Nogueira, Geraldo Resende, Elizeu Dionízio, Tereza Cristina, Luiz Henrique Mandetta e Fábio Trad, e dos senadores Waldemir Moka, Pedro Chaves e Simone Tebet

De janeiro de 2015 a julho de 2018 foram 136 patrulhas entregues. Só nesta semana em Campo Grande, Aquidauana e região e Três Lagoas e região o Governo do Estado entregou 189 conjuntos adquiridos por meio de parceria com a bancada federal.

Luciana Brazil e Bruno Chaves, Subsecretaria de Comunicação (Subcom). 

Fotos: Chico Ribeiro. 

Em destaque

‘Fique esperto’: Prisão de homem que filmou ladrões mortos é aviso e pode dar cadeia

O final foi infeliz para um rapaz detido nesta quinta-feira (14) após filmar os cadáveres dos dois bandidos mortos após uma tentativa de assalto frustrada no bairro Santo Amaro, em Campo Grande. Ele foi ouvido na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro e liberado. No entanto, vale lembrar que filmar a tragédia alheia é crime.

O caso desta quinta-feira foi apenas um exemplo do que acontece todas as vezes que há tragédias. Atitudes que se tornaram comuns, mas que demonstram falta de sensibilidade e amor ao próximo.

A Polícia Civil alerta que o crime está previsto no artigo 212 do Código Penal Brasileiro como: “vilipendiar cadáver ou suas cinzas”. O crime prevê pena de detenção, de um a três anos, e multa.

A primeira atitude de alguns curiosos é pegar o celular e ficar à postos para não perder nenhum momento. “Se não for para perícia, ou à imprensa a título de informação, filmar é um desrespeito, um constrangimento, é violar a intimidade da família”, informou o delegado Rodrigo Camapum.

Mulher tentando salvar caminhoneiro em tragédia que matou jornalista. (Foto: Reprodução)

Mas, ainda existem pessoas que se preocupam com o próximo, um exemplo é o da vendedora de veículos e camelô, Leiliane Rafael da Silva, de 28 anos, que repercutiu nessa semana.

Na última segunda-feira (11), ao invés de só olhar o resultado final do acidente que matou o jornalista Ricardo Boechat, ela tentou salvar o caminhoneiro João Adroaldo, de 52 anos, ferido no acidente.

Um dos homens que aparece nas imagens, filmando o momento que Leiliane tenta abrir a porta do veículo para salvar o caminhoneiro, é o marido dela.

Prisão de curioso

Quando os policiais perceberam que o homem estava filmando os cadáveres de dois assaltantes e de todo o trabalho da perícia foi dada voz de prisão pelo crime de vilipendio de cadáver.

Ele chegou a falar para os policiais, que estaria filmando a cena “para mandar para minha mãe”. O rapaz foi conduzido para a delegacia e o celular dele apreendido para passar por perícia.

Tentativa de assalto frustrada

O militar do Exército contou que havia saído da farmácia, que é de propriedade de sua mulher por volta das 20 horas desta quinta-feira, quando percebeu que estava sendo seguido por dois homens em uma motocicleta. Ele, então, entrou em uma padaria para comprar pães.

Quando saiu e caminhou por uma rua mais escura e deserta percebeu que continuava sendo seguido. Os dois anunciaram o assalto, sendo que um deles apontou uma arma para o peito do militar, que entregou o celular. Em seguida pediram a carteira da vítima.

Ao fazer o gesto de pegar a carteira acabou sacando uma arma e efetuando os disparos que atingiram o tórax dos dois bandidos, que ainda andaram por alguns metros com a moto, mas caíram no chão feridos.

O socorro foi chamado e o militar permaneceu no local até a chegada da perícia da Polícia Civil. Morreram Bryan do Carmo Coelho da Silva de 22 anos, e João Otávio Alves de Faria de 18 anos.

Reportagem: Dayene Paz

Fonte: Midia Max

Em destaque

Maracaju: Operação Petra prende mulher por tráfico de drogas e envolvimento com facção criminosa

Por volta das 06:00h da manhã de hoje (15), durante operação deflagrada nesta cidade, foi realizado o cumprimento a ação judicial de mandado de busca e apreensão na Rua Zeferino Corrêa da Silva, Vila Moreninha, decorrente de investigação, dando conta do envolvimento da autora A. F. R. (33), com o comércio de drogas e com a facção criminosa responsável pelo assassinato do PM Juciel Rocha Professor.

No local, a autora, que estava no interior da residência, foi indagada pelos policiais se havia no imóvel alguma substância ilícita, tendo A. F. R. (33) permanecido em silêncio.

Durante a realização das buscas, com o auxílio de um cão farejador, foi encontrado na sala da residência, dentro de uma sapateira, a quantidade de 15 g (quinze gramas) de substância análoga a maconha. Em continuidade nas buscas foram encontrados nos fundos da residência, dentro de uma máquina de lavar roupa, 3 g (três gramas) de substância análoga à cocaína. Em razão disto, a autora foi encaminhada à Delegacia de Polícia, onde foi presa em flagrante pelo crime de “Tráfico de Drogas”.

Reportagem: Robertinho Speed

Em destaque

Última hora: Bope prende três policiais rodoviários estaduais em Vista Alegre

Três policiais rodoviários estaduais foram presos no fim da manhã desta sexta-feira (15), em Vista Alegre por equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais).

Informações preliminares são de que os policiais foram presos por acerto com muambeiros, na região. Tentamos entrar em contato com a assessoria de comunicação da Polícia Militar, mas não conseguimos retorno.

Reportagem: Thatiana Melo