Acusado de matar dono de bar a facadas por dívida de R$ 47 vai a julgamento

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
24/09/2020
Redação
O crime aconteceu em agosto de 2018

Dois anos após a morte de Gilmax Bento, dono de um bar no Nova Lima, o autor Marcelo da Silva Sanches vai a julgamento. O júri popular foi agendado para o dia 14 de outubro, a partir das 8 horas.

Naquele dia 27 de agosto, por volta das 19h40, Marcelo teria dado facadas em Gilmax, provocando a morte da vítima. Além disso, o crime ocorreu no bar do homem, na Marques de Herval, esquina com a Rua Cláudio Manoel da Costa.

Também segundo apurado na época pela polícia, o crime aconteceu por causa de uma dívida que Marcelo tinha no bar, de R$ 47. Então, após esfaquear Gilmax ele fugiu com a faca, abandonando depois a arma em um terreno.

LEIA TAMBÉM:

Assassino de Tim Lopes, traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio

Motorista é preso após entrar na contramão, atropelar ciclista e arrastar bicicleta pela rua

Depois dos fatos, Marcelo chegou a ficar foragido por mais de um ano, sendo preso em 30 de outubro de 2019. Agora, dois anos após o crime, está agendado o julgamento pelo homicídio qualificado por motivo fútil.

Renata Portela/midiamax

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp