AGO Filho de fazendeiro preso pelo Gaeco em Costa Rica guardava cinco armas e 344 munições

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
08/08/2018
Redação

O filho de um dos fazendeiros presos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual na manhã desta quarta-feira (08), em Costa Rica, foi preso em flagrante por posse irregular de arma de fog
Segundo boletim de ocorrência, durante cumprimento de mandado na fazenda, contra o proprietário, produtor rural de 64 anos que é investigado por sonegação fiscal na comercialização de grãos, agentes do Gaeco e os policiais militares de Costa Rica, sargento Fábio Magno Aquino, Sargento Josimar Kuhn, e soldado Matheus Moura flagraram no local um revólver Taurus calibre 38 cromado, um 38 Smith Wesson e outro 38 Rossi cromado, além de uo de uso permitido. O homem de 31 anos armazenava na propriedade localizada às margens da rodovia MS-316 três revólveres, duas espingardas, 344 munições nos calibres 38, 16, 20, 12 e 22, carregadores e cápsulas de munição deflagradas.
ma carabina Rossi 38 e outra de fabricação alemã, bem como os demais objetos.

O filho do fazendeiro assumiu a responsabilidade sobre o armamento e alegou que algumas das armas tinha registro, embora a documentação estivesse vencida, e outras eram herança de família. Ele foi levado para a delegacia e autuado em flagrante. Além do pai dele, outro produtor rural de Costa Rica foi preso pelo Gaeco durante a Operação Grãos de Ouro, que apura esquema de sonegação fiscal. A ação foi realizada hoje, em Mato Grosso do Sul e mais seis estados, para cumprir 32 mandados de prisão preventiva e 104 de busca e apreensão.

 

Fonte: MS Todo Dia
Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp