terça-feira, 16 abr 2024

Agraer desenvolve análise de solo para o planejamento agrícola e determinar melhor cultura

Agraer desenvolve análise de solo para o planejamento agrícola e determinar melhor cultura

11 abril – 2022 | 7:07

A análise de solo é uma etapa considerada primordial, realizada antes do plantio de uma determinada cultura. Por meio dela, é possível avaliar a fertilidade e as correções necessárias do solo da área que será cultivada.

A coleta de solo para a análise é uma das ações desenvolvidas pela equipe da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) durante os atendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) realizados junto aos produtores da Agricultura Familiar.

O técnico da Agraer Anderson Zuza realiza a coleta de solo no Assentamento Santo Antônio, localizado em Itaquiraí, entre a colheita e a adubação subsequente. “Com a análise, é possível identificar nutrientes ou fatores químicos para fazermos as recomendações ao produtor e para o manejo mais adequado do solo”, explica.

Atualmente, em Mato Grosso do Sul, a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), vinculada à Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), é uma das instituições responsáveis por receber as amostras de solo da Agraer e pela emissão dos laudos. As análises são acompanhadas pela equipe do laboratório da Iagro, composta pela química Wellyta de Oliveira Ferreira e pelo engenheiro químico, Carlos Henrique Petreski Vitória. O laboratório inclusive conta com o selo de qualidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Basicamente, os procedimentos de análise compreendem algumas etapas. A primeira é a recepção da amostra do solo, que é colocada em uma estufa para secar por 48 horas, com circulação de ar contínua. Em seguida é feita a moagem, a retirada de impurezas do solo, com o objetivo de homogeneizar a amostra, para obtenção de resultados mais precisos. Depois, vem a fase da cachimbagem, quando a amostra é fracionada em pequenas quantidades e a essas porções são adicionados reagentes, para cada componente químico que faz parte da análise.

“Por fim, realizamos a leitura das amostras preparadas, quantificamos os nutrientes presentes no solo e as informações recolhidas são emitidas no laudo final”, pontua Wellyta.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias