Agro deve perder milhões de empregos com a incorporação de novas tecnologias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
06/08/2019
Globo Rural
Em debate no Congresso da Abag, especialistas falaram do desafio da inclusão de trabalhadores que serão alijados das cadeias produtivas num futuro próximo

A inevitável incorporação de tecnologias que devem intensificar a produtividade no campo vai trazer desafios para o agronegócio brasileiro. Se por um lado as inovações poderão dar mais mais competitividade e colocar a produção brasileira em posição de maior destaque, na outra ponta a tendência de substituição de mão de obra traz a necessidade das empresas prepararem os trabalhadores no presente e no futuro.

A discussão surgiu durante um debate no congresso da Abag, promovido pela Associação Brasileira do Agronegócio e pela B3 nesta segunda-feira (5/8) em São Paulo. A mesa reuniu especialistas das áreas de sustentabilidade, infraestrutura, conectividade e inovação.

“Ao mesmo tempo está gerando milhões de oportunidades, a transformação digital vai eliminar milhões de empregos no agro. E nós não podemos pegar uma pessoa eliminada hoje e colocar numa nova função amanhã”, disse o presidente da Great Place to Work Brasil, Rui Shiozawa.