Alunos da Escola Municipal Clori Benedetti de Freitas vão à Feira gastar os verdinhos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
30/06/2022
Redação

Foram 200 estudantes que arrecadaram R$ 4.890,00 nesta última quarta-feira

Os alunos da Escola Municipal Clori Benedetti de Freitas, que participam do projeto piloto de educação ambiental “Recicla Verdinho”, estiveram nesta quarta-feira (29) pela primeira vez na Feira do Produtor da Praça Cinquentenário para gastar os verdinhos arrecadados com a troca dos itens recicláveis (garrafa pet, embalagens de materiais de limpeza, tetra pak e latas de alumínio).

Segundo o diretor da escola, Jair Silveira de Almeida, 200 alunos participaram da experiência na Feira. “Trouxemos 200 estudantes e eles trouxeram o valor de R$ 4.890,00 em verdinhos. Orientamos que comprem produtos saudáveis e que prestem atenção na hora do pagamento. O valor que cada estudante trouxe varia, mas todos estão aptos para gastar”, explica.

A cada dez itens arrecadados é somado um “verdinho”, no valor de R$ 1. Os recicláveis são recolhidos pela Agecold para destinação correta dos materiais. A ação é uma parceria da Prefeitura Municipal, através da Semed (Secretaria Municipal de Educação), Semaf (Secretaria Municipal de Agricultura Familiar), Semdes (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), por meio do Cidade Empreendedora, com apoio do Sicredi e da Agecold (Associação dos Agentes Ecológicos de Dourados).

“Esse projeto trabalha várias questões com os nossos alunos: a alimentação saudável, a preservação do meio ambiente, a questão do trabalho do valor do dinheiro, entender que é necessário o esforço de juntar e trocar para ganhar e lá na escola eles tem aula na parte teórica e aqui na prática, tudo com a orientação dos professores, que receberam capacitação. É um projeto multidisciplinar que envolve todos, professores, coordenação e direção”, afirma Ana Paula Benitez Fernandes, secretaria municipal de Educação.

Os produtores cadastrados no projeto puderam vender os produtos e por meio da parceria com o Sicredi, farão a troca por dinheiro. “Fizemos o cadastro dos produtores, que hoje puderam participar desta primeira compra dos alunos. É uma proposta que movimenta as vendas dos feirantes e resulta no produto da agricultura familiar na casa dos douradenses”, enfatiza Ademar Zanatta, secretário da Agricultura Familiar.

Os colegas Cauan Felipe Bernardo e Kayk Eduardo Lopes, ambos do quarto ano, saíram muito felizes com as compras. “Escolhi o que gostamos de comer em casa”, disse Kayk. “E o que a mãe pediu também”, completou Cauan.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp