Assista: Insinuar “massacre” em escolas não é brincadeira e pode levar adolescentes para uma Unidade Educacional de Internação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
28/03/2019
Redação

CAMPO GRANDE (MS) – Na tarde de hoje (28), durante entrevista, e Delegada Adjunta, Dra. Fernanda Felix, da Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude – DEAIJ, falou sobre os recentes casos de alunos que ameaçam e insinuam ações parecidas com o que ocorreu na cidade de Suzano (SP), em que 8 pessoas morreram.

De acordo com a Delegada, mesmo que pareça uma brincadeira de adolescentes, a situação pode ser entendida como um ato infracional, e caso haja entendimento do judiciário, até serem encaminhados para uma Unidade Educacional de Internação – UNEI. Ela aponta ainda, que em um dos casos, um aluno provocou uma situação de ameaça para poder adiar uma prova que seria aplicada.

Fonte: Policia Civil do estado do Mato Grosso do Sul

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp