sexta-feira, 21 jun 2024

Atuação das forças de segurança pública de MS se destaca no resgate de vítimas no RS
Geral

Atuação das forças de segurança pública de MS se destaca no resgate de vítimas no RS

Redação
09 maio – 2024 | 18:18

A atuação das forças de segurança pública de Mato Grosso do Sul tem se destacado no resgate e apoio na tragédia climática que atinge o Rio Grande do Sul.  O helicóptero da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, que atua na região desde sábado (4), tem resgatado mulheres, crianças, idosos e animais de áreas alagadas na região metropolitana da capital gaúcha. Mais de 900 pessoas e 200 animais já foram salvos das enchentes.

A ação das forças de segurança pública sul-mato-grossense está sendo registrada por programas jornalísticos nacionais, que estão fazendo a cobertura dos resgates, entre eles, Globo News, Jornal Hoje, TV Record e Bom dia Brasil. As emissoras de TV flagraram imagens impressionantes e ao vivo da ação corajosa das forças policiais de Mato Grosso do Sul.

O helicóptero da Sejusp opera  com cinco militares especialistas em busca e salvamento. Também o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul atua, desde a semana passada, no estado gaúcho, com quatro embarcações e equipamentos para resgate. O grupo tem oito especialistas em salvamento aquático e mergulho e um médico. Além disso, as equipes de MS já transportaram 1.350 marmitas, 300 kg de fraldas, 1.250 kg de alimentos, 2.050 garrafas de água.

Para auxiliar a população do Rio Grande do Sul,  o Governo do Estado enviou também ontem (8) dois caminhões com água e equipes da Defesa Civil que vão auxiliar no resgate às vítimas.

O comandante do Corpo de Bombeiros de MS, Frederico Reis, adiantou que em um segundo momento, quando as águas baixarem, a corporação militar deve enviar mais uma equipe, que vai seguir com militares e cães para ajudar na parte de busca.

De acordo com o boletim da Defesa Civil do Rio Grande do Sul desta quinta-feira (9) pela manhã,  107 pessoas já morreram em virtude dos temporais que atingem o estado e 164 mil estão desalojadas e 136 desaparecidas.

A população de Mato Grosso do Sul pode ajudar as vítimas do pior desastre climático da história do Rio Grande do Sul. Todas as escolas da Rede Estadual e unidades das forças de segurança estadual, como Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, além do Centro de Convenções Albano Franco e o edifício da Fiems,  estão arrecadando alimentos não perecíveis, produtos de higiene e de limpeza, água mineral, roupas de cama e banho e roupas e calçados em bom estado.

Alexandre Gonzaga, Comunicação do Governo de MS
Fotos: Divulgação CBMMS e PMMS

Captura imagem TV Globo

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias