Bolsonaro lidera com 30,6% e Haddad tem 24,5%, mostra nova pesquisa; candidatos empatam no segundo turno

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
27/09/2018
Redação

O instituto de pesquisa Sensus ouviu 2 mil eleitores em 136 municípios de 24 estados das cinco regiões do país entre os dias 21 e 24 de setembro; a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

A primeira pesquisa Sensus, divulgada nesta quinta-feira (27) pelo site da revista IstoÉ, confirmou o
cenário de liderança do candidato do PSL Jair Bolsonaro na corrida eleitoral, enquanto o nome do PT,
Fernando Haddad, aparece em segundo lugar.

O instituto de pesquisa ouviu 2 mil eleitores em 136 municípios de 24 estados das cinco regiões do país
entre os dias 21 e 24 de setembro; a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. A
pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-02407/2018 e o índice de
confiança é de 95%.

Segundo o levantamento, Bolsonaro aparece com 30,6% dos votos no cenário estimulado (quando os nomes
dos candidatos são apresentados ao eleitor), enquanto Haddad tem 24,5%. Ciro Gomes (PDT) possui 7,7%
das intenções de voto, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB), que aparece com 5,6%. Marina Silva (Rede)
possui apenas com 2,7% dos votos, sendo seguida por João Amoedo (Novo) com 1,9%, Alvaro Dias
(PODE) com 1,7% e Henrique Meirelles (MDB) com 1,6%.

Segundo aponta o diretor do Instituto Sensus, Ricardo Guedes, o quadro para o primeiro turno está definido
com Bolsonaro e Haddad – somente uma reviravolta improvável seria capaz de tirar os dois do segundo
turno. Agora, “o que acontecerá no segundo turno dependerá agora do desempenho de cada candidato, seus
partidos, seus programas e militantes no segundo turno”, afirmou.

Já nas simulações de segundo turno, há empate técnico entre os dois candidatos mais bem colocados na
primeira etapa. No cenário PSL X PT, Bolsonaro teria 37,2% das intenções de voto no segundo turno contra
36,3% de Fernando Haddad. Já entre Bolsonaro e Ciro, o candidato do PSL teria 35,1% contra 33,5% de
Ciro Gomes. Contra Alckmin, o tucano teria 26,4% ante 38% de Bolsonaro. Na disputa contra Marina,
Bolsonaro venceria com um resultado de 37,4% a 26,5%. Nas outras simulações, Haddad venceria Ciro por
29,8% contra 25,6% e também venceria Alckmin por 35,1% do petista ante 22,3% do tucano. Contra
Marina, Haddad teria 37,3% e ela 17,5%.

Em termos de rejeição, Marina Silva aparece em primeiro lugar com 54,4%, sendo seguida por Meirelles
(52,9%), Alckmin (51,8%), Bolsonaro (47,7%), Haddad (47,1%), Ciro (43,8%), Amoêdo (42,9%) e Alvaro
Dias (40,6%).

 

Infomoney

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this