Bombeiros: “Após 48 horas, é mais difícil encontrar sobreviventes”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
28/01/2019
Redação

Bombeiros retomam operações por vítimas desde às 4h desta segunda-feira (28)
Cadu Rolim/Fotoarena/Estadão Conteúdo – 27.01.2019

O porta-voz do Corpo de Bombeiros, que atua nas operações de resgate de Brumadinho, em Minas Gerais, o tenente Pedro Aihara, afirmou nesta segunda-feira (28) que após 48 horas de operação é muito difícil encontrar sobreviventes. “Em um desabamento de prédio, por exemplo, existem bolsões de ar, quando se tem toda essa lama é diferente porque não há acessos para a entrada do ar.”

De acordo com o tenente Aihara, o rompimento de uma barragem de mineração não é considerado um desastre “tradicional”. Isso porque a quantidade de lama que se locomove dificulta o acesso aos locais atingidos pela quantidade de rejeitos. O acesso aos locais afetados ocorre, basicamente, por meio de helicópteros. 

Fonte: R7

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp