quinta-feira, 29 fev 2024

Com entrega do prédio da Dam, Governo do Estado reforça rede de atendimento às mulheres vítimas da violência

Com entrega do prédio da Dam, Governo do Estado reforça rede de atendimento às mulheres vítimas da violência

07 agosto – 2017 | 20:20

Dourados (MS) – O governador Reinaldo Azambuja destacou, em entrevista coletiva à imprensa, os “ganhos” assegurados a Dourados, frutos das “parcerias” e recursos alocados por meio de emendas parlamentares. Nesta segunda-feira (7.8), o governador entregou a sede da Delegacia da Mulher e o Núcleo Regional do Instituto Médico Legal (IML), obras que estavam sendo aguardadas há um tempo. A demora, segundo o governador, ocorreu em razão da falta de planejamento.

Nesse projeto foram investidos R$ 809.100,11 em recursos oriundos da emenda parlamentar do deputado Geraldo Resende, mais a contrapartida do Governo do Estado, no montante de R$ 146.508,78.

“Não dá para se fazer nada sem planejamento, quando o projeto começa mal, acaba criando dificuldades para as pessoas. Dourados sofreu com isso. O importante é que depois de dois anos e meio nosso governo investiu e o IML está em condições de funcionamento, acabando com espera de 5 anos para uma efetiva operação”, comentou o governador.

Para colocar o Núcleo Regional do IML de Dourados em funcionamento, a atual gestão teve que fazer adequações da obra iniciada há cinco anos

A entrega da Delegacia da Mulher, depois de uma espera de três anos, foi destacada pelo governador como uma obra que resgata uma dívida social e está sendo inaugurada no dia em que se comemora os 11 anos da Lei Maria da Penha.

“A Delegacia de Atendimento à Mulher é uma obra emblemática e a gente quer encorajar as mulheres neste dia em que se comemora a sanção da Lei Maria da Penha. A lei possibilitou às mulheres se livrarem da opressão e denunciar os agressores que praticam a violência. É uma estrutura permanente, efetiva, um ganho para a cidade de Dourados”, destacou Reinaldo Azambuja.

O governador disse que a delegacia, com atendimento humanizado, terá reforço no efetivo, com a realização de concurso da Polícia Civil. “Vamos direcionar os profissionais para este trabalho e conseguir disponibilizar esse serviço para as mulheres 24 horas por dia”.

Ao participar da entrega da sede própria da Dam, a subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja, falou da importância da inauguração do novo prédio. “A subsecretaria apoia essa nova sede, inaugurada neste dia 7 de agosto, dia em que a Lei Maria da Penha completa 11 anos de sanção. O Governo do Estado mostra mais uma vez o comprometimento e a responsabilidade com esse tema tão caro às mulheres para o combate a violência e atendimento humanizado”, afirmou.

Já a delegada titular da Dam, Paula Ribeiro, destacou que o trabalho eficiente da equipe vai melhorar ainda mais com a nova estrutura, e quem ganha com isso é a população. “Nós não trabalhamos somente com a repressão. É um trabalho de toda a rede também para a prevenção. Este mês vamos juntar mais de 60 escolas para levar o projeto Maria da Penha vai à Escola. E graças a emenda parlamentar do Geraldo Rezende, nós temos uma biblioteca, para atender com qualidade as crianças”, afirmou.

A entrega da sede própria da Dam representa a ampliação da rede de proteção às mulheres vítimas da violência. Em julho, a Delegacia iniciou o atendimento itinerante na aldeia indígena Jaguapiru, atendendo pedido da comunidade. As mulheres indígenas também estão recebendo atendimento psicológico e de assistência social.

Segurança – O governador destacou também a interlocução com o Governo Federal em relação à segurança nas fronteiras.

“A União se omite da responsabilidade, empurra para os Estados o problema da segurança nas Fronteiras. Nós estamos fazendo a nossa parte, eu levei a proposta para o presidente Michel Temer e para mais cinco ministros. Não dá mais para a União não olhar para as fronteiras do Brasil e, principalmente, para as nossas fronteiras com o Paraguai e a Bolívia, que acabam sendo principais distribuidores de drogas para o resto do país, inclusive para o Rio de Janeiro”, afirmou o governador, lembrando que na reunião dos governadores do bloco do Brasil Central, todos reivindicaram melhorias na segurança das fronteiras.

 

Assessoria

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias