sábado, 25 maio 2024

Com foco no desenvolvimento regional, Governo de MS entrega laboratório e herbário na UEMS
Ciência & Tecnologia

Com foco no desenvolvimento regional, Governo de MS entrega laboratório e herbário na UEMS

Redação
18 setembro – 2023 | 14:14
Para impulsionar o ensino, pesquisa e extensão, o Governo do Estado inaugurou hoje (18), o Laboratório de Fertilidade do Solo em conjunto com o Herbário Ernesto Vargas Baptista, na UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), em Mundo Novo.

O governador Eduardo Riedel participou da entrega das obras, que integram um projeto denominado “Laboratório de Fertilidade do Solo, Herbário e Ações Socioambientais e Técnico-Científicas na região do Cone-Sul de Mato Grosso do Sul”, e destacou a importância do local para o ensino e a pesquisa no Estado.

“Nós entendemos que o melhor local para fazer investimentos é uma universidade, porque ela irradia pesquisa, ciência, inovação tecnológica. A UEMS é parte central de uma estratégia”, disse Riedel.

O complexo foi viabilizado por meio de investimentos de mais de R$8,7 milhões, sendo R$ 5,4 milhões provenientes da Itaipu Binacional e R$3,2 milhões do Governo do Estado, por meio da UEMS.

“A Itaipu é exemplo de gestão, governaça, capacidade de investimento, acertividade. A soma de esforços beneficia a UEMS, a região e também todo o Estado”, disse Riedel.

O diretor-geral da Itaipu Binacional, Enio Verri, pontuou sobre a importância do laboratório e do herbário. “É muito bom perceber o efeito de uma universidade na sociedade. Nós todos temos compromissos com as mudanças. Toda a região do conesul contribui para controle de resíduos e assim podemos aumentar o tempo de vida da usina Itaipu e também melhorar a qualidade de vida da população”.

O lançamento é um marco histórico para o município de Mundo Novo e consolida o protagonismo da UEMS no desenvolvimento regional do Estado potencializando a inovação e as pesquisas de ponta voltadas à agronomia e, também, à sustentabilidade. O complexo de laboratórios integra o esforço local da unidade universitária junto ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais recém-aprovado junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de NívelSuperior (CAPES).

“Nós estaremos formando profissionais do curso de Agronomia, Biologia e Gestão Ambiental. Com isso, teremos profissionais mais qualificados porque eles vão ter a oportunidade de desenvolver a práticas de análises, de solo, água e material vegetal. O herbário é o primeiro sendo gestionado por uma administração estadual e a gente fica muito feliz”, disse o reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho.

O laboratório e o herbário vão beneficiar os 35 municípios da região sul e também o restante do Estado por meio das ações da UEMS.

“O herbário tem uma função muito importante que é registrar a flora de uma região. A gente coleta a planta no campo, ela é desidratada, registrada, fotografada, depois vai para os armários onde é arquivada. É como um museu e serve para pesquisa, ensino, educação ambiental e das escolas. É uma estrutura muito importante”, disse o professor Marcelo Leandro Bueno, curador do herbário.

“A população vai ser mais beneficiada ainda, porque esse parque analítico vai proporcionar análises de solo, água e material vegetal, principalmente para agricultores familiares”, disse o reitor da UEMS.

Na solenidade também foi lançado o mestrado em Ciências Ambientais, e ainda formalizada a doação de área para a construção do hospital veterinário de Mundo Novo.

Também participaram da solenidade os secretários Eduardo Rocha (Casa Civil), Jaime Verruck (Semadesc), Maria do Carmo Avesani (Agehab), além do senador, Nelson Trad Filho e deputado, federal Vander Loubet, e prefeitos de várias cidades do Cone Sul.

Parque Analítico e Herbário Ernesto Vargas

O projeto viabilizará a realização de análisesde rotina físicas e químicas para atendimento aos produtores das regiões doCone-sul, sul-fronteira do Estado, e também das regiões Oeste e Noroeste paranaense e parte do Paraguai, além de um herbário paracatalogação, armazenagem e exposição de espécies da flora local, regional, nacional e internacional.

O contexto da parceria fortalece o “Projeto de Manejo e Uso Conservacionista de Água e Solo constante do Planejamento Estratégico da Itaipu Binacional”. É caracterizado ainda de modo a gerar conhecimento e informações científicas relevantes, tendo em vista ascaracterísticas socioeducacionais, econômicas e ambientais da região.

Os investimentos contribuirão para o fortalecimento das atividades agropecuáriasregionais e, ao mesmo tempo, ampliação dos conhecimentos sobre a biodiversidade regional.

O impacto de atuação dos espaços favorece a melhoria técnica para o agronegócio em geral, além de desenvolver pesquisas nas diversas áreas e atividades de extensão rural voltadas não apenas para a produção agrícola, mas também para a preservação ambiental, contribuirá, aolongo dos anos, para a melhoria da qualidade produtiva e conservação do solo e, consequentemente das bacias hidrográficas da região.

O Herbário Ernesto Vargas Baptista para fins decaracterização da flora regional é imprescindível para o conhecimento sobre a biodiversidade, compondo infraestrutura básica de suporte para o desenvolvimento científico, produtivo e de inovação tecnológica, a fim de promover desenvolvimento do agronegócio sustentável e consciente da região,juntamente ao conhecimento florístico regional e, consequentemente, apreservação ambiental.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias