Com pescado acima da cota, pescador é multado e pode responder por crime ambiental em MS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
11/03/2022
Redação
(Foto: Divulgação/PMA)

Um pescador de 41 anos foi autuado pela Polícia Militar Ambietal (PMA) no final da tarde de sexta-feira (4) no município de Bonito, durante abordagem no Rio Miranda. Segundo os oficiais, ele estava com pescado acima da cota permitida em Mato Grosso do Sul.

A equipe fazia fiscalização fluvial e, em um rancho de pesca, encontrou em uma caixa isotérmica, 15 exemplares de peixes nativos, sendo sete exemplares da espécie curimbatá, um exemplar de piau-três-pintas, três exemplares de piavuçu, dois exemplares de jurumpensen e dois exemplares de bagre, pesando um total de 7 quilos.

O pescador, morador de Maracaju, teria afirmado aos policiais a captura do pescado no Rio Miranda. Como poderia capturar e abater somente um exemplar de peixe nativo e mais cinco exemplares de piranhas, foi caracterizada a infração ambiental. Foram apreendidos o pescado e a caixa isotérmica.

O infrator foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 1,140,00. Ele também poderá responder por crime ambiental de capturar de pescado acima da quantidade permitida. A pena é de um a três anos de detenção. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this