Maracaju/MS
21°C
Clear sky
Dourados/MS
21°C
Clear sky

Confira os requerimentos realizados na sessão da Câmara Municipal de Maracaju desta semana

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
23/04/2021
Redação
Vários requerimentos foram apresentados pelos parlamentares.

O Presidente da Câmara, vereador Robert Ziemann solicitou a pavimentação asfáltica no Residencial Hélio Sartori, nas ruas denominadas Rua dos Marceneiros e Rua Dos Ferreiros, a exemplo do que foi feito na Rua Das Oliveiras, afim de melhorar a qualidade de vida dos moradores e também o trafego de pedestres.

O vereador Joãozinho Rocha aproveitou sua fala para solicitar   maior agilidade no que se refere a legalidade dos termos de doações das casas dos policias militares de Maracaju, os mesmos residem na localidade da vila militar a mais de 10 anos e ainda não dispões da doação definitiva.  Joãozinho solicitou também a interação da Deputada Mara Caseiro na aquisição da Patrulha Mecanizada para atender o Assentamento Santa Guilhermina na Agricultura familiar.

Para ao vereador, o pedido promoverá o fortalecimento desse grupo no momento que vai do preparo do solo, plantio, colheita e comercialização de seus produtos, ampliando também as áreas plantadas e melhorar sua produtividade, desta forma, necessitam de investimentos que estão fora do alcance desses agricultores por se tratar de pequenos produtores rurais, incentivar e manter o desenvolvimento nessa área é garantir o fortalecimento da agricultura familiar, destacou Joãozinho.

Já o vereador Nenê da Vista Alegre na última sessão pediu a intervenção da Deputada Mara Caseiro junto ao Governo do Estado para que o distrito de Vista Alegre receba os materiais necessários para reforma e ampliação do posto policial militar do distrito.  É um projeto antigo iniciado ano passado através da ação de vários produtores e moradores, onde o ultimo prefeito arcou com a mão de obra para tal construção, agora solicitamos a liberação do restante do material pelo governo do estado, ressaltou o vereador.

Nenê que nessa semana cumpriu agenda em Campo Grande e na ocasião esteve com a Deputada Mara Caseiro, solicitou da deputada uma emenda parlamentar no valor de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais), destinada a construção da Capela Mortuária no Distrito de Vista Alegre.

O vereador Hélio Albarello, solicitou operação tapa buraco em toda a extensão do minianel de Maracaju, esta solicitação se trata de uma via de importante   acesso ao município e as demais localidades, via BR 267, que liga as cidades de Jardim a Rio Brilhante e MS 162 que liga Maracaju a Sidrolândia. Para o vereador, é considerável o risco eminente de acidentes que podem vir a ser ocasionados pelo fluxo de veículos, principalmente nas entressafras, sendo essa localidade corredor para escoamento de safra, disse em sua fala.

O Líder do prefeito, vereador Rener Barbosa usou seu discurso para solicitar melhoria estrutural de todos os pontos circular de nosso município, ressaltou que a maioria não tem cobertura, os assentos estão precários, deixando cada usuário à mercê de chuva e sol.

A operação tapa buracos, foi solicitada também pelo vereador Nego do Povo, para as Ruas: Independência na Vila Adrien e Rua Nápoles com a José Pereira da Rosa, a existência de vários buracos e crateras como destaca o vereador, tem sido cada vez maior devido ao fluxo de carros, o que pode ocasionar acidentes, aos que transitam nesses locais.

O vereador Oseias Enfermeiro fez uma solicitação ao senador Nelson Trad Filho, estendendo também as senadoras Simone Tebet e Soraya Thronick para que sejam favoráveis a aprovação do piso salarial (PL 2564/2020) referente a categoria da enfermagem em todo Brasil, o que vai trazer mais conforto, mais qualidade e um bom atendimento a toda população. Foi solicitado também pelo vereador a aquisição de materiais de saúde para atender as demandas e o bom desempenho dos atendimentos nas unidades de saúde de Maracaju.

O vereador salientou também sobre as cestas básicas que estavam sendo doadas a anos para a equipe do setor de reciclagem, que foram cortadas por motivos desconhecidos e baseado na quantidade que são apenas de nove cestas e nas condições insalubres e do ardo trabalho desses trabalhadores, solicitou o retorno da ação, que se torna indispensável a esta categoria.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp