Depois de ameaças, Simone Tebet passa a ‘morar’ em São Paulo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
22/11/2022
Redação

Intimidações ocorreram desde que senadora sul-mato-grossense, que disputou o Planalto, resolveu apoiar o presidente eleito Lula

Há duas semanas, a senadora do MDB Simone Tebet informou ao presidente do Senado do PSD, Minas Gerais, Rodrigo Pacheco, que havia recebido ameaças, até mesmo de morte, de Mato Grosso do Sul, tanto por meio de redes sociais quanto em viagem de lá. Brasília passou a receber escolta da Polícia Legislativa, responsável pela segurança dos parlamentares. No entanto, nem o senador nem a polícia legislativa divulgaram detalhes sobre a ameaça.

Em entrevista neste domingo ao Fantástico, da Rede Globo, a deputada já havia dito que intimidações ocorreram desde que anunciou seu apoio ao presidente Lula no segundo turno, e deu a entender a origem das ameaças. Para o Fantástico, Simone contou que morou recentemente em São Paulo.

“Eu fico aqui de segunda a quinta [no Congresso Nacional]. Quinta à noite, eu vou para o estado. Era Mato Grosso do Sul, hoje está um pouquinho difícil. As pessoas lá estão tendo dificuldades de entender o meu posicionamento. Mas – assim – é a minha terra. Há uma sabedoria no interior do Brasil, seja do Nordeste, do Sul do Brasil, onde for”, afirmou Simone à reportagem do Fantástico.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp