Maracaju/MS
24°C
Clear sky
Dourados/MS
23°C
Scattered clouds

Diástase abdominal: Causas, sintomas e tratamento. Por Aline Souza

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
25/08/2021
Redação

É caracterizada pelo afastamento dos músculos e do tecido conjuntivo do reto abdominal, deixando a parede abdominal espaçada. Os músculos do reto abdominal são os responsáveis pela sustentação dos órgãos internos e são auxiliares ao suporte de sustentação da coluna.

Causas:

Este afastamento é causado pelo excesso da pressão intra-abdominal, por ganho excessivo de peso ou gestação. É normal que durante a gravidez os músculos abdominais se afastem para comportar o bebê. esta condição seguirá até que o útero retorne ao seu tamanho original, que pode levar até 6 meses após o parto. Portanto, após esse período, caso o afastamento permaneça, denomina-se uma diástase abdominal.
Em tese a diástase pós-gestacional é uma condição que tem maiores chances de ocorrer nos casos de gestações múltiplas, gestações seguidas em um curto intervalo de tempo, excesso de líquido amniótico ou excesso de ganho de peso. Outro fator que pode acarretar uma diástase pós-gestacional é o sedentarismo antes e durante a gestação.

 

Sintomas:

Esta condição pode ser percebida de acordo com o grau de afastamento, podendo ser o aspecto de barriga inchada, flacidez, ausência de demarcação na região da cintura, dores na coluna, incontinência urinária e constipação intestinal. Estes últimos sintomas estão presentes e são mais nítidos em casos em que existe um maior afastamento.

Tratamento:

O tratamento é conforme o grau de afastamento, em casos de afastamentos menores é possível minimizar ou até mesmo reverter o quadro, com fisioterapia ou pilates. Já os casos mais severos, o ideal é que se reverta o caso com uma cirurgia (de amarração dos músculos.) É importante ressaltar que, quem tem diástase não deve realizar exercícios abdominais “comuns”, pois estas tendem a expandir ainda mais esse afastamento.

 

Aline Souza
Fisioterapeuta
Crefito 267161-F

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp