Embrapa divulga resultado da 6ª Prova Brasileira de Produção de Leite a Pasto do Zebu Leiteiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
20/09/2022
Redação

O resultado da 6ª Prova Brasileira de Produção de Leite a Pasto do Zebu Leiteiro foi divulgado na última quinta-feira (15). O evento foi realizado no Parque de Exposições da Granja do Torto (Brasília/DF) dentro da programação da Exposição Agropecuária de Brasília (Expoabra). Foram premiadas as novilhas Gir Leiteiro que se destacaram nesse teste zootécnico realizado no Centro de Tecnologia para Raças Zebuínas Leiteiras (CTZL). A prova de leite a pasto é uma parceria da Embrapa Cerrados com a Associação de Criadores de Zebu do Planalto (ACZP).

Com duração de 13 meses, sendo dois de adaptação e 11 de avaliação, a prova identifica as melhores novilhas das raças zebuínas leiteiras participantes e seus cruzamentos que, em 305 dias de lactação em pasto rotacionado com suplementação, se destacaram nos seguintes atributos: maior produção de leite, maior teor de gordura e proteína no leite, menor contagem de células somáticas no leite, menor idade ao parto, menor intervalo entre o parto e a concepção e maior persistência de lactação. “Esses atributos compuseram o índice fenotípico geral usado para classificar e premiar as novilhas”, explicou o pesquisador Carlos Frederico Martins, um dos coordenadores da Prova.

O pesquisador detalhou no evento os resultados de cada índice e divulgou a classificação final da Prova (acesse aqui). Nessa edição, participaram 15 novilhas da raça Gir Leiteiro de sete criadores do Brasil Central, sendo que 10 concluíram o teste. Os animais pariram de 29 de dezembro de 2020 a 28 de fevereiro de 2021 e foram avaliados entre janeiro de 2021 e janeiro de 2022. O objetivo da Prova é selecionar as melhores novilhas da raça Gir Leiteiro por meio da mensuração desses importantes parâmetros econômicos para a produção de leite em condição de pastagem no bioma Cerrado.

De acordo com o pesquisador, essa é a única prova brasileira de avaliação da lactação completa de novilhas zebuínas a pasto. O teste ocorreu nas condições climáticas da região de Brasília, sem que os animais recebessem estímulo hormonal para produção ou ejeção do leite. “Não olhamos a marca do criador, apenas medimos e analisamos os resultados. Trata-se de uma mensuração do processo de lactação. É uma forma científica de selecionarmos animais com potencial genético para produção de leite nas condições de pasto”, enfatizou o especialista da Embrapa.

Para o chefe-geral da Embrapa Cerrados, Sebastião Pedro, a produção de leite a pasto no Brasil deve ser incentivada e estudada. “A saída para esse setor é a sustentabilidade. E a sustentabilidade na produção de leite está alinhada com os demais processos de produção agropecuária do Cerrado. Esses resultados vão nortear outros trabalhos e serão alicerces para a pesquisa e para o desenvolvimento da produção de leite a pasto sustentável no Brasil”, afirmou.

“Há muito tempo tínhamos essa ideia de começar a analisar as fêmeas zebuínas leiteiras numa condição que traduzisse a realidade da produção leiteira nos trópicos. Foi assim que surgiu essa prova”, contou Marcelo Toledo, superintendente técnico da ACZP. Segundo ele, a prova de produção de leite a pasto cumpre o papel de mostrar como deve ser direcionado um sistema de produção para que seja viável e traduza a realidade da produção leiteira do país. No momento, está em andamento a 7ª Prova. As inscrições para a 8ª Prova estão abertas desde junho e a entrada dos animais no CTZL está prevista para ocorrer no período de 4 a 8 de outubro.

Homenagem

Durante o evento de premiação, o criador Hamilton Nunes de Carvalho recebeu uma homenagem póstuma. Uma placa entregue à família trazia a seguinte mensagem: “A Embrapa Cerrados, o Centro de Tecnologia para Raças Zebuínas Leiteiras (CTLZ) e a Associação de Criadores de Zebu do Planalto (ACZP) homenageiam o amigo e criador Hamilton Nunes de Carvalho (in memoriam) em reconhecimento pelos anos de dedicação na seleção de Gir Leiteiro, pelo apoio incondicional com a pesquisa na Embrapa e por seu esforço e conhecimento empregados para o avanço da pecuária nacional junto à ACZP”.

“Ele sempre foi um entusiasta, muito motivado. Ele era apaixonado pelo Gir Leiteiro, tinha um trabalho de seleção respeitável. Sempre o admirei muito por essa paixão pelo Gir, por sua vontade de querer ajudar. Nesse processo de parceria entre a ACZP e Embrapa ele foi muito presente e participativo. Era aquela pessoa que fazia acontecer e está fazendo muita falta”, contou Toledo, da ACZP. “Meu marido foi de fato um apaixonado pelo gado Gir e sempre esteve nessa luta para sempre melhorar a genética do gado dele”, contou a esposa Tânia, ao receber a placa. Também estavam presentes os filhos Gustavo, Mariana e Guilherme.

Mais informações:

Acesse aqui a gravação do evento de premiação

Acesse aqui o documento técnico referente à Sexta Prova de Produção de Leite a Pasto do Zebu Leiteiro

Mais informações sobre a 8ª Prova:

https://www.embrapa.br/cerrados/prova-brasileira-de-producao-de-leite-a-pasto-de-zebu-leiteiro

Acesse aqui o regulamento da 8º Prova

 

Juliana Caldas (MTb 4861/DF)
Embrapa Cerrados

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp