domingo, 25 fev 2024

Emplacamento de veículos novos cai 65% no município de Maracaju nos últimos 4 anos

Emplacamento de veículos novos cai 65% no município de Maracaju nos últimos 4 anos

06 outubro – 2017 | 9:09

O município de Maracaju registrou queda de mais 65% no emplacamento de veículos novos, entre janeiro e março do ano de 2013, na comparação com o mesmo período de 2017. Segundo o Departamento de Trânsito do Mato Grosso do Sul (Detran), no ano de 2013 foram emplacados 1.335 veículos novos enquanto que no ano de 2017 até o mês corrente foram emplacados 542.

O município seguiu a tendência estadual e nacional, os índices estão relacionados diretamente com o fim do IPI reduzido, a crise econômica e as dificuldades na obtenção de crédito. Segundo as estatísticas a queda nas vendas, diminuiu de forma considerável de 2013 para cá, haja vista os números em 2015 e 2016 já registravam quantia bem menos que anos anteriores. Pegando como exemplo automóvel (simples), em 2013 foram emplacados 428; 2014 – 393;  2015-289; 2016-197 e em 2017 até mês de setembro 135 veículos novos. O registro de queda teve queda em todas as categorias de veículos automotores.

Caiu pelo quarto ano consecutivo o número de emplacamentos de veículos novos em Maracaju.  A tendência de redução vem desde 2013, quando foram emplacados 1.335 mil veículos, sendo que no ano passado foram 778. Os dados foram divulgados ontem pelo Detran e são um indicativo da crise econômica, de acordo com o diretor da unidade do Detran-MS de Maracaju Luciano Fernandes. “Com a instabilidade econômica no Brasil, as famílias passaram por reajustes orçamentários. Além disso, a facilidade de compra e a ampla oferta de carros usados e seminovos tornaram esta opção mais vantajosa”, disse.

Hosana De Lourdes

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias