EXCLUSIVO: madrasta confessa pisão em criança que morreu em Dourados

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
23/08/2018
Redação

Após uma semana isolada em cela da Delegacia de Polícia Civil, Jéssica decidiu falar, isentou o marido de culpa e deu detalhes da agressão que matou o menino.

Jéssica Leite Ribeiro, de 21 anos, madrasta do menino de um ano e seis meses que morreu com sinais de espancamento no dia 16 de agosto em Dourados, confessou ter agredido a vítima. Presa desde o dia da morte, ela foi ouvida formalmente na noite de quarta-feira (22) e disse ter pisoteado o enteado por estar com raiva, mas sem intenção de matar. Além disso, isentou seu marido, Joel Rodrigo Avalo Santos, de 25 anos, pai da criança, de qualquer participação no crime.

94FM apurou com exclusividade que Jessica decidiu falar ontem, após uma semana isolada numa cela da Delegacia de Polícia Civil. Chorando, relatou que estava numa situação de muito estresse, por ser nova, com duas crianças que não são filhos dela, e em meio a brigas com o marido, Joel.

Segundo ela, o menino estava chorando, com prisão de ventre, ressecamento, então começou a apertar a barriga dele com a mão e depois pisou na barriga da criança, com força. Disse que não queria matar, mas acabou se excedendo no momento de raiva. Sobre a fratura da costela que provocou perfuração do fígado da vítima, detalhou que a criança estava se virando e ela continuou pisando.

Sobre seu marido, Joel, afirmou que ele não fez nada e está preso injustamente. Acrescentou nunca tê-lo visto batendo ou maltratando as crianças, de quem é pai. Ambos foram presos no dia da morte e autuados em flagrante por maus tratos. Na tarde seguinte, levados para audiência de custódia no Fórum de Dourados, tiveram suas prisões convertidas para preventiva, sem prazo para acabar. (Com informações de Sidnei Lemos, o repórter Bronka).

 

Fonte: 94fm

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp