Famílias indígenas de Nioaque recebem cestas alimentares: “Ajuda importante para nossas aldeias”, dizem caciques

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
05/05/2022
Redação

Famílias indígenas de Nioaque receberam as cestas alimentares neste começo de maio. Somente para aldeia Cabeceira, foram 107 (cestas) nesta remessa. Os caciques das comunidades disseram que esta ajuda do Governo é fundamental para ajudar na alimentação, já que muitos estão sem renda.

O Governo do Estado entrega por mês 19.899 cestas alimentares, para 85 aldeias, em 29 municípios de Mato Grosso do Sul. A cesta dispõe de 21 itens, tendo por exemplo, arroz, feijão e carne, entre outros produtos importantes. A aquisição e distribuição é feita pela Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho).

Entrega de cestas na aldeia Cabeceira, em Nioaque

Cacique da aldeia cabeceira, Joel Marques

“Estas cestas distribuídas pelo Governo são muito importantes, pois boa parte das famílias estão sem renda, com muitos desempregados, sendo difícil para quem vive das plantações. Elas ajudam muito na alimentação e chegam já no começo do mês”, descreveu o cacique da aldeia Cabeceira, Joel Marques.

Orbano da Silva, morador da aldeia Cabeceira

Orbano da Silva, morador da aldeia, destacou que sua família recebe a cesta e que ela ajuda muito durante o mês. “Temos que agradecer ao governador por este apoio, principalmente depois da pandemia, quando muitos ficaram desempregados e perderam suas rendas. A cesta é muito boa e não temos do que reclamar”.

Para o cacique da aldeia Taboquinha, Ramão da Silva, o apoio alimentar ajuda nas despesas do mês das famílias. “As cestas sempre ajudam as famílias, pois já no começo do mês estão disponíveis nas aldeias. Elas vêm para somar e temos apenas que agradecer este apoio”.

Cacique da aldeia Taboquinha, Ramão da Silva

A titular da Sedhast, a secretária Elisa Cleia Nobre, ressaltou que estas entregas são prioridades no plano de trabalho da pasta. “É uma das ações que mais prezamos dentro de nossos esforços em garantir qualidade de vida para as pessoas de nosso Estado. Nossas equipes estão orientadas para que o cronograma de entrega seja cumprido da melhor maneira possível, pois sabemos que um dia a mais pode representar uma dificuldade extra para essas famílias”.

O subsecretário de Políticas Públicas para População Indígena, Fernando Souza, destacou que esta ajuda do Governo do Estado faz a diferença nas comunidades indígenas. “Uma ação que alcança quase 20 mil famílias indígenas no Estado e faz a diferença na vida delas, principalmente neste momento pós pandemia, que aumentou este problema da fome e os indígenas não estão isentos desta realidade”.

Leonardo Rocha, Subcom
Fotos: Edemir Rodrigues

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this