quarta-feira, 06 dez 2023

Famílias já podem aderir ao “Bônus Moradia” que vai ajudar no financiamento da casa própria
Habitação

Famílias já podem aderir ao “Bônus Moradia” que vai ajudar no financiamento da casa própria

Redação
01 julho – 2023 | 16:16

As famílias que buscam realizar o sonho da casa própria já podem a aderir ao projeto “Bônus Moradia”, que garante até R$ 25 mil no financiamento do seu imóvel. Lançado na última sexta-feira (23) pelo governador Eduardo Riedel, o subsídio pode ser usado no pagamento da entrada (residência). Basta acessar o site da Agehab (Agência de Habitação Popular de MS) para efetuar a inscrição.

Diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani (Foto: Bruno Rezende)

Ao entrar no site (Agehab) já vai visualizar um banner disponível para inscrição no projeto. Lá terão todas as instruções e “passo a passo” para ser um dos beneficiados. Também já consta uma lista de imóveis que fazem parte do projeto, com endereço e valor das residências.

Existem diversos imóveis com valores de financiamento, as famílias procuram a empresa, que fará a análise de crédito. Se ela for aprovada e ter a possibilidade de acessar o financiamento, então caberá a Agehab fazer a sua avaliação para liberar o subsídio”, explicou a diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani.

Para ter o acesso ao subsídio é preciso ter renda familiar entre R$ 1,5 mil e R$ 6,5 mil, não possuir casa própria ou ter sido contemplado com outro programa habitacional. O valor disponível para entrada do imóvel será de R$ 6 mil até R$ 25 mil. A residência deve ter o valor máximo de R$ 208 mil.

Nesta primeira etapa o Governo do Estado vai beneficiar até 2.210 famílias, neste projeto que tem investimento de R$ 400 milhões, sendo R$ 45 milhões de contrapartida do Estado. Trata-se de uma parceria que tem a participação dos municípios e Governo Federal, por meio da Caixa Econômica Federal.

Cidades

Governador Eduardo Riedel durante lançamento do projeto

O Bônus Moradia será concedido neste primeiro momento em imóveis das cidades de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá, Ponta Porã, Nova Andradina, Naviraí, Sidrolândia, Ribas do Rio Pardo, Inocência, Aquidauana, Maracaju, Paranaíba, Amambai, Caarapó, Chapadão do Sul, Coxim, Rio Brilhante e São Gabriel do Oeste.

Os municípios contemplados são aqueles com mais de 30 mil habitantes, tendo como exceção Ribas do Rio Pardo e Inocência, que são municípios que estão recebendo grandes investimentos privados, em função da construção das fábricas de celulose da Suzano e Arauco, respectivamente. “Estas cidades tem a demanda por este tipo de empreendimento. Ainda abrimos exceções em Ribas e Inocência, que estão impactadas por grandes empreendimentos”, explicou Avesani.

O governador Eduardo Riedel destacou que o projeto busca justamente auxiliar quem tem condições de fazer o financiamento do seu imóvel, mas não tem recursos para pagar a entrada. “O Estado vai ajudar e dar condições para estas famílias realizarem o sonho da casa própria. Este é o nosso desafio de ter uma gestão próspera e inclusiva”.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias