Flamenguistas fecham rua e preparam festa para 3 mil pessoas no sábado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
22/11/2019
Gabriel Neris
Torcida acompanhando jogo do Flamengo na sede, na Rua Brilhante (Foto: Divulgação)

Faltando menos de 48 horas para começar a decisão da Libertadores da América, a ansiedade toma conta dos flamenguistas que aguardam pelo jogo contra o River Plate-ARG, em Lima. A torcida organizada do clube brasileiro, em Campo Grande, promete festa para 3 mil pessoas na Rua Brilhante, que será fechada das 11h às 21h de sábado (23).

A expectativa é que a movimentação de torcedores comece a partir das 13h. Além do telão dentro do galpão sede da organizada Raça Rubro-negra, uma TV de LED de 4×2 metros será instalada do lado de fora para que os torcedores possam acompanhar.

“[A festa] de 2009 foi bem maior, faz tempo que não chega a uma final desse tamanho. Por esse tempo só teve o Carioca”, comenta Jean Marques, de 43 anos, responsável pela torcida em Campo Grande.

Pelo menos três torcedores da Capital partiram nesta quinta-feira rumo a Santiago, no Chile, onde iria ocorrer a final, para depois seguir viagem até Lima.

Aqui, Jean diz que o sentimento pelo clube neste momento é de gratidão. “Estou na organizada há mais de 26 anos, e torcida não vive de títulos, vive do time. O título é o ápice, estamos perto dos dois mais importantes, não consigo dormir direito”, comenta.

O torcedor também brinca pelo tempo sem conquistas do clube de coração. “Estamos sofrendo desde 2009 [ano em que foi campeão Brasileiro], o resto só enganaram. A torcida merece esse título. Está merecendo”.

O vendedor Alex Ferreira Machado, de 36 anos, também membro da torcida, segue o mesmo raciocínio do colega. “Acompanhei o Flamengo com time ruim para caramba. Hoje podemos dizer que tem gol do Gabigol, do Bruno Henrique, do Arrascaeta”, brinca. “Estou sentindo orgulho, feliz, ansiedade para chegar logo sábado”.

Flamengo e River Plate disputam o título da Libertadores da América no sábado, a partir das 16h (de MS), em Lima. Santiago foi à escolhida para receber a decisão, mas os protestos no Chile provocaram a mudança de local pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol). Esta é a primeira edição que o torneio continental será decidido em jogo único. A edição 2020 está marcada para o estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.