Futebol Feminino: Estádio cheio, mesmo com torcida do rival Corinthians, emociona jogadora do São Paulo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
19/11/2019
Redação Ana Canhedo e Gabriela Ribeiro
Jajá, lateral do São Paulo, se emociona na decisão do Paulistão Feminino — Foto: Reprodução

Ver um estádio repleto de torcedores emocionou Jajá, lateral do São Paulo, na decisão do Paulistão Feminino. E pouco importa que fossem torcedores rivais – do Corinthians. Para ela, o que importava era ver um jogo de futebol feminino recebendo tamanha atenção.

Antes do jogo deste sábado, sentada no banco de reservas da Arena do Corinthians, Jajá chorou muito. A transmissão do SporTV mostrou a jogadora com lágrimas escorrendo pelo rosto. Era uma mistura de sentimentos: a alegria por estar em uma final, o alívio por voltar a ser relacionada depois um mês lesionada, mas sobretudo a felicidade por ver o público cada vez mais interessado no futebol feminino.

– Independentemente de ser São Paulo, de ser Corinthians, hoje eu posso dizer que o futebol feminino lota estádio. Foi bonito, foi maravilhoso, emocionante ver a torcida do Corinthians apoiando o futebol feminino. Juntou tudo na minha cabeça, e não consegui segurar – disse a atleta depois do jogo.

Jajá, lateral do São Paulo, se emociona na decisão do Paulistão Feminino — Foto: Reprodução

O jogo teve público recorde na história do futebol feminino brasileiro. Foram 28.862 torcedores no estádio. E poderiam ter sido mais. O Corinthians distribuiu mais de 40 mil entradas, gratuitamente, mas muitas foram parar nas mãos de cambistas.

Em campo, o Corinthians foi bastante superior ao São Paulo e venceu por 3 a 0. Com isso, conquistou o Paulistão com campanha impecável: 20 vitórias em 20 jogos.