Maracaju/MS
24°C
Clear sky
Dourados/MS
23°C
Scattered clouds

Gestão eficiente no combate à Covid-19 vira tema de palestra universitária ministrada por Riedel

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
09/09/2021
Redação

As medidas adotadas pelo Governo do Estado no combate à pandemia, construídas com base na ciência, no planejamento e no diálogo, em um planejamento e método de gestão diferenciado, viraram um case de estudo para os acadêmicos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). O presidente do Comitê Gestor do Prosseguir, o secretário de Infraestrutura Eduardo Riedel, ministrou uma palestra por videoconferência na noite desta quarta-feira (08) com o tema “Desafios da Gestão do Estado Durante a Pandemia”, na abertura da XVIII Semana Acadêmica de Administração da sede de Maracaju.

Durante o encontro, Riedel falou da experiência do Mato Grosso do Sul no enfrentamento da crise sanitária, econômica e social gerada pela Covid-19. “Atuamos tendo o diálogo como premissa, consultando a ciência e exemplos em algo muito novo e isso foi desafiador”.

O presidente do Prosseguir começou falando da importância do planejamento e preparação para enfrentar a doença desconhecida, contagiosa e letal. “Criamos em janeiro de 2020 o Centro de Operações Especiais contra o coronavírus”.

Riedel ressaltou que eram muitas perguntas sem respostas diante da incerteza da pandemia. “O COE/MS foi um dos primeiros a serem instalados no Brasil”. Em seguida, elencou as medidas que foram da autorização do teletrabalho, a suspensão das aulas e o fechamento de parques. “A missão era salvar vidas, sabíamos dos efeitos colaterais, mas era importante conter a propagação”.

Riedel relembrou a contratação de leitos, lançamento do aplicativo MS Digital, o Disk Corona. “A crise sanitária também é econômica e social, por isso, medidas como isenção do pagamento de conta de água por três meses para 12 mil famílias precisaram ser tomadas”.

Além disso, o Governo, ainda no ano passado, realizou o acréscimo de R$ 60 no Vale Renda; a isenção do ICMS da tarifa social da conta de luz, beneficiando 142 mil famílias; a entrega de 960 toneladas de alimentos para famílias carentes impactadas pela pandemia do coronavírus em Mato Grosso do Sul. “Medidas de alívio e de mitigação de danos e o desafio de impedir a paralisação da economia”.

Na sequência, Riedel falou da origem do Prosseguir, criada em julho de 2020, ferramenta que por intermédio de indicadores fornecia subsídios para os gestores municipais. “Medir, medir e medir para a tomada de decisões. Errar o menos possível, com informação e ciência”.

O trabalho em rede nos 79 municípios, com distribuição de materiais, testes, assim como a abertura de leitos, foi elencado por Riedel e retratou, ainda, o trabalho realizado especificamente com as comunidades indígenas. “A crise é uma grande oportunidade para melhorar a gestão”.

O presidente do Prosseguir falou da reinvenção da educação, com a reforma de 270 escolas e as unidades de tempo integral. E as ações que levaram a transparência e o reconhecimento no combate à pandemia.

Seguindo a linha do tempo, Eduardo Riedel falou da chegada da vacina em janeiro deste ano e o começo da caminhada até a liderança no Plano Nacional de Imunização. “Continuamos atuando sob a pandemia, o risco existe, mas a vacinação abre uma janela de ação e de perspectiva. Nos destacamos como Estado que mais vacina e criamos o escudo sanitário”.

E, por fim, o plano de retomada foi explicado por Riedel, com avanço da imunização. “Conversamos com os setores mais afetados pela pandemia e criamos um pacote de cerca de R$ 800 milhões em auxílios, isenções, projetos de estímulo e microcrédito para o turismo, a cultura, o pequeno empreendedor, bares, restaurantes e famílias mais vulneráveis”.

Em consequência aos mecanismos de gestão, os indicadores já mostram os resultados na economia do Estado. “Temos a previsão do crescimento de 5,8% da nossa economia e o dobro de empregos gerados em relação ao ano passado, entre outros pontos positivos”

A UEMS, por meio dos Curso de Administração das Unidades de Maracaju e de Ponta Porã, realiza nos dias 8, 9 e 10 de setembro de 2021, a XVIII Semana Acadêmica de Administração com o tema: “Desafios da Gestão e o Desenvolvimento Territorial em Tempos de Crise”.

A abertura, conduzida pelo Gerente da UEMS Maracaju, Alex Sandro Richter Won Muhlen, contou com a presença de diversos vereadores e prefeitos de Maracaju, Marcos Calderan, de Ponta Porã, Hélio Peluffo, o prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz de Melo Bandeira, e o reitor da UEMS, Laercio Alves de Carvalho, entre outras lideranças.

Ana Brito – Comitê Gestor do Prosseguir
Fotos: Alessandro Nogueira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp