domingo, 14 jul 2024

Governo do Estado realiza ‘Dia D’ para conscientizar sobre a importância da vacinação
Saúde

Governo do Estado realiza ‘Dia D’ para conscientizar sobre a importância da vacinação

Redação
16 setembro – 2023 | 14:14

O Governo do Estado, por meio da SES (Secretaria de Estado de Saúde), em parceria com o Ministério da Saúde e a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande), realizou neste sábado (16), o “Dia D” da Campanha de Multivacinação com foco nas crianças e adolescentes menores de 15 anos.

Para chamar a atenção da população sobre a importância das vacinas, o governador Eduardo Riedel participou esta manhã da mobilização na Praça Ary Coelho, no centro da Capital. “A gente sabe que a tecnologia, das mais importantes que têm para prevenção de uma série de doenças, é a vacina. Nós temos que retomar os índices históricos que o Brasil alcançou, com a vacinação em massa da nossa população para diferentes doenças e prevenções. Este trabalho só tem bons resultados se tiver parceria do Governo Federal, Governo do Estado e dos municípios, todos eles, para que a gente consiga atingir esse resultado positivo. A gente está reforçando esta parceria, trabalhando para que se vacinem”.

O diretor do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, Eder Gatti Fernandes, observou a baixa cobertura vacinal em todo o Brasil e que a ação tem como foco melhorar os índices e assim contribuir para a saúde da população. “Desde 2015 as coberturas vacinais estão caindo progressivamente ano após ano. Nós chegamos no ano de 2022 com os piores indicadores para praticamente todas as vacinas do calendário, principalmente nas crianças e adolescentes. E agora nós temos um desafio muito grande de recuperar essas coberturas vacinais e isso só vai acontecer com a união de todos, do Governo Federal, estados e municípios. É um problema nacional que nós vamos resolver juntos. Vacinar nossas crianças é proteger a população, é um ato de cuidado individual e coletivo”.

A secretária-adjunta da SES, Crhistinne Maymone, também acredita que ações conjuntas ajudam a conscientizar a população sobre a importância das vacinas. “É um movimento de mobilização para despertar as pessoas a importância da vacinação para prevenção de doenças, em todas as idades. Além das vacinas de rotina, todas que a gente administra, ainda tem da covid e influenza”.

Na ação, o governador Eduardo Riedel foi vacinado contra a influenza, vacina que está disponível nas unidades de saúde para toda a população do Estado. “A vacina está à disposição para que a gente tenha resultados positivos para o Mato Grosso do Sul. A gente está pronto para atuar para que não haja nenhum problema na distribuição e aplicação. A população tem que ir, se fazer presente”, disse Riedel.

A Campanha de Multivacinação, para todas as crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, teve início no dia 9 de setembro e segue até 23 de setembro nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, que também realizaram o ‘Dia D’.

A vacinação é gratuita e disponibilizada pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todas as unidades de saúde do Estado. Todos os municípios do Estado já estão abastecidos com os imunizantes e deram início à Campanha de Multivacinação, que é uma forma de garantir o controle e eliminação de doenças como a poliomielite, sarampo, rubéola, febre amarela e varicela (catapora), e que podem ser prevenidas com a atualização da caderneta de vacinação.

Vacinas que serão disponibilizadas

Para crianças
BCG; Hepatite B; Rotavírus humano (VRH); DTP+Hib+HB (Penta); Pneumocócica 10 valentes; Meningocócica C (conjugada); Febre Amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba, Rubéola (SCR); Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela (SCRV); Hepatite A (HA); Difteria, Tétano, Pertussis (DTP); Difteria, Tétano (dT); Papilomavírus humano (HPV); Varicela; Pneumocócica 23-valente (Pncc 23*), vacina indicada para população indígena a partir dos cinco anos de idade.

Para adolescentes menores de 15 anos
Hepatite B (HB recombinante); Difteria, Tétano (dT); Febre amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba e Rubéola (SCR); Papilomavírus humano (HPV); Meningocócica ACWY (conjugada); Pneumocócica 23-valente (Pncc 23), vacina indicada para população indígena.

Natalia Yahn, Comunicação Governo de MS

Fotos: Álvaro Rezende

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias