quinta-feira, 18 jul 2024

Governo envia primeira equipe de bombeiros militares para ajudar no salvamento de vítimas no RS
Geral

Governo envia primeira equipe de bombeiros militares para ajudar no salvamento de vítimas no RS

Redação
04 maio – 2024 | 7:07

Com nove militares e duas viaturas de salvamento, o Corpo de Bombeiros do Mato Grosso do Sul enviou sua primeira equipe ao Rio Grande do Sul para ajudar nos trabalhos de resgate das vítimas das enchentes em todo estado. Eles vão percorrer 1.400 km por terra até Montenegro (RS), cidade que está 80% alagada.

Comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Frederico Reis

As viaturas seguem com quatro embarcações, dispondo de barcos, caiaques e equipamentos de salvamento. O grupo tem oito especialistas em salvamento aquático e mergulho e um médico. A expectativa é que a equipe fique até 10 dias na base de Montenegro, estando à disposição das autoridades locais.

A equipe deixou o Quartel do Corpo de Bombeiros do Parque dos Poderes às 9h30 da manhã e deve chegar apenas no sábado em Montenegro. “Vamos ajudar no salvamento de muitas pessoas que estão ilhadas na cidade, fazendo um trabalho de formiguinha, passando de embarcação olhando casa por casa, retirando as pessoas”, afirmou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Frederico Reis.

O comandante explicou que agora seguem estas duas viaturas por terra e mais um helicóptero da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), que deve seguir ao Rio Grande do Sul no período da tarde. Ao todo são 15 militares do Estado à disposição para ajudar no serviço de salvamento.

Capitão Rodrigo Alves Bueno

“Ontem assim que recebi a ordem do governador (Eduardo Riedel) para ajudar no que for necessário, começamos a organizar a nossa ida ao Rio Grande do Sul. Prontamente em menos de 24 horas já estamos com a primeira equipe na estrada para um trabalho árduo, em condições precárias, que vão contribuir no que for preciso. Só tinham nove vagas disponíveis e foram preenchidas em menos de uma hora”, destacou.

Frederico Reis ponderou que em um segundo momento, assim que as águas abaixarem, o Corpo de Bombeiros já está preparando o envio de mais uma equipe, que vai seguir com militares e cães para ajudar na parte de busca. “Neste momento só podemos mandar este grupo devido a logístico do local”.

O capitão do Corpo de Bombeiros, Rodrigo Alves Bueno, estará no comando da equipe que seguiu por terra para Montenegro. “Nosso objetivo é dar todo o apoio necessário, por isso estamos levando especialistas em salvamento, além de todo material necessário, como coletes salva-vidas, cordas, equipamentos de salvamento aquático e mergulho”.

Apoio

O governador Eduardo Riedel anunciou ontem (2) o apoio e ajuda ao estado do Rio Grande do Sul, que foi vítima de fortes de chuvas e enchentes ocorridas nos últimos dias. Ele conversou com o governador Eduardo Leite se colocando à disposição para contribuir no salvamento.

“Estamos conversando com o governador Eduardo Leite, oferecendo todo o apoio necessário. Mato Grosso do Sul está à disposição dos irmãos gaúchos e, neste momento, temos que ser solidários e apoiá-los incondicionalmente naquilo que for preciso, estender a mão”, afirmou o governador.

O Governo do Rio Grande do Sul registrou no início desta sexta-feira a morte de 32 pessoas, tendo ainda 74 pessoas desaparecidas no Estado, em razão dos temporais que atingem todo o território gaúcho desde segunda-feira (29).

Leonardo Rocha
Fotos: Álvaro Rezende

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias