Infovia Digital se concretiza como PPP que amplia acesso aos serviços públicos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
03/08/2022
Redação

Reunião realizada terça-feira (02) entre representantes da empresa Sonda Brasil, responsável pela instalação da Infovia Digital, da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e do Escritório de Parcerias Estratégicas do Governo do Estado (EPE) estabeleceu localização e detalhes para o início da implantação do projeto, partindo de Campo Grande.

Para o governador, a Infovia Digital será um dos legados mais importantes deixados pela administração estadual. “Nós estamos fazendo Parcerias Público-Privadas, concessões de rodovias, que são muito importantes, mas os dois maiores legados das PPPs serão o Esgotamento Sanitário e a Infovia Digital. São conquistas para toda a sociedade”, disse Reinaldo Azambuja.

O contrato oficializado em 20 de julho entre o Governo do Estado e a Sonda Brasil prevê a instalação e implantação de quase 7 mil quilômetros de fibra óptica de alta capacidade e pontos de wi-fi em todas as regiões de Mato Grosso do Sul, em até dois anos. Nos primeiros sessenta dias após a celebração da parceria, a empresa fica responsável por apresentar o cronograma físico executivo do projeto de implantação, além da localização do Centro de Operações de Rede, na Capital.

O serviço será implantado em todos os 79 municípios. As secretarias e entidades vinculadas à admistração pública serão beneficiadas, além de escolas, universidades estaduais e hospitais regionais. O aspecto social da parceria público-privada assegura também a disponibilidade de acesso gratuito, com conexão de wi-fi, instalado em 129 parques e praças para acesso da população aos serviços públicos.

O Projeto Infovia Digital modelado pelo Escritório de Parcerias Estratégicas garante a implantação de 6.950 quilômetros de fibra óptica em todo o Estado e a construção do Centro de Operações de Rede, em Campo Grande. Serão ao todo 1.500 pontos de acesso nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul para atender 1,7 milhão de habitantes.

“Iremos conectar todas as 79 cidades. Aumentar a velocidade de transmissão que passará dos atuais 4 para 30 megabytes por segundo. Este projeto é primordial para o desenvolvimento do nosso Estado, pois atende e conecta toda a administração pública. O Estado será elevado a outro patamar de conectividade e estendido para toda a população”, afirmou a secretária especial Eliane Detoni, do Escritório de Parcerias Estratégicas.

O projeto é um passo para ampliar a inclusão digital, social e educacional. Com diferentes aplicações, abre caminho para um novo ensino à distância, com qualidade e aproveitamento superior, atendimento médico em comunidades, construção e execução de novas políticas de segurança pública, entre tantas outras possibilidades.

Para o governador, a Infovia Digital será um dos legados mais importantes deixados pela administração estadual. “Nós estamos fazendo Parcerias Público-Privadas, concessões de rodovias, que são muito importantes, mas os dois maiores legados das PPPs serão o Esgotamento Sanitário e a Infovia Digital. São conquistas para toda a sociedade”, disse Reinaldo Azambuja.

O Contrato é de R$ 306 milhões para a implantação da infraestrutura e R$ 581 milhões para operação e manutenção. A previsão de investimentos da PPP é de R$ 887 milhões com prazo de 30 anos de concessão administrativa.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp