Maracaju/MS
14°C
Overcast clouds
Dourados/MS
13°C
Overcast clouds

Inverno promete pouca chuva, temperaturas acima da média e eventos de geada em MS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
21/06/2021
Redação

O inverno começou oficialmente às 00h32 desta segunda-feira (21) pelo horário de Brasília (DF). A estação, que vai até 22 de setembro, é historicamente caracterizada pela queda nas temperaturas e pela diminuição das chuvas.

No Centro-Oeste o inverno de 2021 será caracterizado pelo tempo seco, alta probabilidade de as chuvas ocorrerem dentro e abaixo da faixa climatológica em grande parte da região, exceto no centro sul do Mato Grosso do Sul, onde as chuvas deverão ser ligeiramente acima da média durante o mês de setembro.

Celso Oliveira, meteorologista da Somar Meteorologia, pede cautela nas análises de áreas com chance de chuva acima da média. Devido ao histórico médio de chuva baixo, qualquer precipitação consegue romper a climatologia. “Portanto, chuva acima da média não quer dizer precipitação regular e intensa”.

Massas de ar seco e quente deverão manter as temperaturas acima da média, principalmente nos meses de agosto e setembro, favorecendo focos de queimadas e incêndios florestais. Na parte leste de Mato Grosso do Sul as temperaturas podem ficar ligeiramente abaixo da média climatológica devido à passagem de algumas massas de ar frio mais continentais.

Conforme prognóstico do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o inverno de 2021 deverá manter o padrão de neutralidade no Oceano Pacífico Tropical, com uma probabilidade de 75% de manutenção da fase de neutralidade registrada desde abril.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrahao, as condições de neutralidade não permitem o avanço das massas frias do extremo sul do continente até o sul de Mato Grosso do Sul. “Os modelos indicam pelo menos uma massa polar fraca até o final de Junho e mais duas até o final de Julho, trazendo temperaturas baixas próximas de cinco graus no centro-sul e na capital”.

Mesmo no inverno, há indícios de dias com calor, especialmente durante Julho, Agosto e Setembro, pontua Natálio. “Nestes meses ocorrem dias quentes com máximas acima dos trinta graus”.

De modo geral, nesta estação as temperaturas apresentam uma grande amplitude térmica com calor durante o dia e noites e madrugadas mais frias.

Sobre os níveis de umidade relativa do ar, a média máxima deve se manter próxima aos 65% pela manhã com mínimas próximas ou abaixo dos 30%.

Conforme prognóstico, existe a chance de eventos de geada em algumas localidades de Mato Grosso do Sul. As chances de ocorrência de geadas entre Campo Grande e Sete Quedas, no extremo sul do estado, são de 60% no final de junho e de 70% em meados de julho.

Previsão para a segunda-feira

Um novo sistema de baixa pressão atmosférica se forma no sul do Paraguai, o que juntamente com a presença de instabilidades em altitude, deixam o tempo bastante instável no sul do Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira (21), com possibilidade para pancadas de chuva a qualquer hora do dia.

As condições para o primeiro dia do inverno são de tempo parcialmente nublado a claro. Os níveis de umidade relativa do ar podem ficar abaixo dos 30% durante a tarde na parte norte do Estado.

A madrugada teve mínimas de 13°C e a máxima pode chegar aos 32°C nas regiões norte e pantaneira. A tendência é que a partir de amanhã as temperaturas iniciem gradativa elevação.

Na capital o tempo fica firme com sol entre nuvens durante todo o dia. Segundo o Inmet as temperaturas podem variar entre 13°C a 27°C com tendência a elevação.

Mireli Obando, Subcom

Foto: Edemir Rodrigues

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp