Maracaju/MS
27°C
Scattered clouds
Dourados/MS
26°C
Scattered clouds

Junho supera em casos positivos, mas medidas restritivas já mostram resultados em MS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
29/06/2021
Redação

A dois dias para terminar, o mês de junho já supera todos os meses de pandemia em número de casos confirmados de Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Conforme os dados do boletim epidemiológico desta segunda-feira (28) junho acumula 42.856 testes positivos, superando maio que fechou com 42.540 casos.

Em análise por semana epidemiológica a 22° foi a mais crítica com mais de 13 mil novos casos. O gráfico começa a decrescer a partir das medidas restritivas implementadas pelo Governo do Estado com reflexos da 23° semana em diante.

Para exemplificar os resultados o secretário de saúde, Geraldo Resende comparou os números. “A semana 22 foi o recorde histórico com 13.086 casos em uma semana, e nesta semana que se encerrou no sábado nós tivemos 9.673, ou seja mais de 3 mil casos a menos do que a semana de maior número de casos”.

O comparativo de dados referente aos óbitos por semana epidemiológica também apresentou redução, conforme o titular da SES. “Tivemos um decréscimo no número de óbitos, na semana 23 tivemos 367 que só foi superada pela semana de número 14 onde tivemos um recorde de óbitos com 397. Na semana 23 nós tivemos 367 e nessa semana 278, ou seja, 90 óbitos a menos na semana que encerramos no sábado”.

Desde o início da pandemia, Mato Grosso do Sul registra 8.123 óbitos, sendo 34 registrados nas últimas 24 horas. A média móvel de pacientes que não resistem às complicações da Covid no Estado está em 42,6.

As mortes registradas no último boletim são de residentes em: Campo Grande (+22), Dourados (+2), Amambai (+1), Bonito (+1), Ivinhema (+1), Nova Andradina (+1), Paraíso das Águas (+1), Paranaíba (+1), Ponta Porã (+1), Ribas do Rio Pardo (+1), Santa Rita do Pardo (+1) e Três Lagoas (+1).

O mais recente boletim apresentou 531 novos casos de Covid-19 em diversos municípios sul-mato-grossenses. Os cinco que mais tiveram positivos são: Campo Grande (+296), Dourados (+49), Bataguassu (+25), Corumbá (+16) e Coxim (+16). A SES atribui o baixo número de casos à redução das equipes de saúde nos municípios aos finais de semana. A média móvel indica média diária de 1.326 casos diários nos últimos 7 dias.

Do total de casos ativos no Estado, 899 são pacientes internados em leitos clínicos (408) e de Unidade de Terapia Intensiva (491).

A fila de espera por um leito hospitalar em Mato Grosso do Sul é de 26 pacientes, sendo 22 na central de regulação de Campo Grande, 2 na de Dourados e 2 na central de regulação do Estado.

Confira o detalhamento do boletim epidemiológico desta segunda-feira, 28 de junho aqui.

Mireli Obando, Subcom 

Foto: Saul Schramm

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp