Mais moderno do Estado, Hospital Regional de Três Lagoas será referência para região da Costa Leste

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
23/06/2022
Redação

Um sonho da população que se tornou realidade. Com este sentimento o governador Reinaldo Azambuja inaugurou nesta quinta-feira (23) o Hospital Regional da Costa Leste Magid Thomé, que vai oferecer saúde de qualidade para Três Lagoas e toda região. Com investimento de R$ 122,4 milhões, a unidade já começa a funcionar para atender a população.

“Hospital vai fazer muita diferença para a cidade. Faz parte da regionalização da saúde. É um momento especial para os moradores da Costa Leste. A unidade não vai ter custo nenhum para os municípios. O Estado vai bancar o custeio mensal da unidade, com R$ 7 milhões. Unidade bem equipada, com profissionais de qualidade”, afirmou o governador.

Considerado o mais moderno do Estado, o governador ponderou que o hospital vai desafogar a alta e média complexidade da Costa Leste, que conta com 10 municípios. “São mais de 20 especialidades e vai chegar a 180 leitos. São mais de R$ 85 milhões apenas na obra e R$ 38 milhões em equipamentos. Entregamos o que há de mais moderno em saúde pública no Brasil”, completou.

Governador discursa durante inauguração do hospital

O secretário de Saúde, Flávio Brito, ponderou que esta entrega representa a regionalização da saúde no Estado. “Estamos levando para outro patamar a saúde pública de Mato Grosso do Sul. Só não enxerga esta mudança quem não quer. São 15 mil metros quadrados (prédio), mais de mil funcionários, mais de 20 mil procedimentos”, citou.

Para o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Rocha, todas as cidades serão beneficiadas com o empreendimento. “Hoje entregamos um grande hospital, que não será apenas importante para Três Lagoas e região e sim a todos os municípios. Resultado de um trabalho de equipe”.

O deputado Paulo Corrêa, presidente da Assembleia Legislativa, destacou que se trata de uma obra conceitual. “Além de atender a população, vai gerar mais de mil empregos, sendo referência para região. Orgulho participar desta gestão estadual, que promove desenvolvimento regional”.

Hospital Regional de Três Lagoas foi inaugurado nesta quinta-feira

Administração

O hospital será administrado pelo Instituto Acqua. “Satisfação de fazer parte deste momento. Nosso lema é gestão para transformar, e assim vamos ajudar no desenvolvimento da cidade. Vamos mostrar que a gestão em saúde quando feita com seriedade pode ter excelência, eficiência e humanização no atendimento”, disse Samir Siviero, presidente do Instituto.

O prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro, destacou que a unidade irá ajudar os demais municípios do Estado. “Momento de muita felicidade a todos nós, com o hospital de Três Lagoas que vai ajudar todo Estado, pois vai sobrar vagas de leitos nas demais cidades”.

Durante o evento Magid Thomé Filho discursou e falou do pai (Magid Thomé) que leva o nome do hospital e fez a doação da área. “Família está aqui há 112 anos. Meu pai tinha muita fé e se preocupava com o bem-estar das pessoas. Sobre esta obra o governador não vai ser esquecido. Onde meu pai estiver ele estará aplaudindo, pois muitas vidas serão salvas com este hospital”.

Estrutura

Unidade já começa a atender a população de Três Lagoas

Iniciado este março de 2017, o Hospital Regional da Costa Leste Magid Thomé foi construído em uma área de 26,4 mil metros quadrados, em um prédio com blocos setorizados, que vai dispor de 116 novos leitos. Ele contará com 460 funcionários diretos e mais 600 indiretos, chegando 1.060 empregos gerados na cidade.

A unidade inicia as atividades dispondo de unidade de atendimento pediátrico, pronto socorro pediátrico (30 leitos) e clínica para atender as crianças (12 leitos), além de um atendimento ambulatorial com 140 consultas por mês.

Em agosto o hospital já vai dispor dos 116 leitos, assim como atendimento ambulatorial cirúrgico e clínico, emergência e urgência do pronto socorro adulto e pediátrico, além de serviços de apoio diagnóstico e terapêutico. A capacidade do hospital será de 218 cirurgias por mês. Para outubro está previsto a implantação da cardiologia de alta complexidade.

Hospital será referência em média e alta complexidade (Foto: Bruno Chaves)

O hospital terá internação e atendimento ambulatorial de média e alta complexidade, assim como consultas especializadas, pronto socorro, enfermaria, UTI adulto e pediátrica, clínica geral, serviços de Endoscopia Adulto e Infantil, Colonoscopia, Broncoscopia, Ultrassom/Dopler e Ressonância Magnética, entre outros procedimentos para atender a população de Três Lagoas e toda região.

Também marcaram presença na agenda em Três Lagoas os secretários Eduardo Rocha (Governo e Gestão Estratégica), Ana Nardes (Administração e Desburocratização) e Eder Uilson Lima, o Tuta (adjunto da Casa Civil); a secretaria extraordinária de enfrentamento à Covid-19 do Governo Federal, Rosana Leite; a diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani; o reitor da UFMS, Marcelo Turine; e o diretor do Hospital Regional da Costa Leste, Demétrius Pareja.

Leonardo Rocha e Bruno Chaves, Subcom
Fotos: Chico Ribeiro

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this