Maracaju: Aulas no Município continuam normal, Transporte Escolar ainda suspenso

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
29/05/2018
Redação

A Secretária de Educação Cleoerdes de Fátima Barbosa esteve reunida agora pouco com o Secretário de Governo Frederico Felini e o Prefeito Maurílio Ferreira Azambuja. Em pauta a continuidade das aulas na Rede Municipal de Educação a partir de segunda feira dia 04 de junho.
A preocupação segundo a secretária, era com relação a merenda escolar; um levantamento feito no estoque de merenda, notou que apenas alguns produtos estão em falta e podem ser substituído sem a perda nutricional aos alunos, e o que tem em estoque pode manter a merenda por mais uma semana.
Sendo assim, chegou á conclusão que as aulas em Maracaju não serão interrompidas. “ Não vejo motivo para parar as aulas e prejudicar todo um calendário já montado e não conseguir espaço para reposição de aula no futuro, por isso em comum acordo e sem prejuízo manteremos as aulas no Município”, disse Cleoerdes.
Outro ponto importante foi com relação o transporte escolar tanto rural como interno, esse continua suspenso até a situação se normalizar, são cerca de 1200 alunos transportados diariamente nas 53 linhas. São gastos em média 3.000 litros de diesel todos os dias no transporte escolar. Esses alunos, não terão prejuízo quanto ás aulas, será feito estudos programados para não prejudicar o aprendizado dos alunos. “ Fazemos sempre o que for melhor para a coletividade, e assim pensamos, analisamos e definimos não parara as aulas, os alunos, professores em fim; para todo o nosso sistema de ensino, essa é a melhor solução. Acreditamos também que logo o transporte escolar volta a funcionar normalmente”, disse o Prefeito Maurílio.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp