quinta-feira, 28 set 2023

Maracaju: Indígena vai à óbito após colisão com veículo na BR-267

Maracaju: Indígena vai à óbito após colisão com veículo na BR-267

29 abril – 2018 | 12:12

No início da noite de sexta-feira (27/04) por volta das 18h45min, ocorreu uma colisão entre um veículo e uma indígena que andava pela BR-267 e que veio à óbito após a colisão.

O Corpo de Bombeiros foi acionado via fone de emergência 193, onde o comunicante relatava que havia ocorrido um acidente na rodovia BR-267 e que havia uma pessoa gravemente ferida no local e que o veículo envolvido estava destruído.

Ao receber tais informações uma guarnição do Corpo de Bombeiros rapidamente iniciou o trajeto até o local supracitado, contudo alguns militares da mesma corporação que estavam  de folga e seguiam pela rodovia, visualizaram o sinistro e de imediato iniciaram os procedimentos de praxe.

Foi constatado que nenhum ocupante do veículo Ford Fiesta GLX, vermelho de placas HRR-9059 de Dourados, havia sofrido ferimentos graves e passavam bem sendo auxiliados por alguns populares que estavam no local.

Ao averiguarem a situação da indígena, os militares constataram que a mesma já se encontrava sem vida e nada podiam fazer para salva-la.

Então a guarnição em serviço do Corpo de Bombeiros chegou ao local e deu início ao controle do transito e resguardo do corpo da vítima fatal.

Segundo os militares do Corpo de Bombeiros em exames superficiais pode se constatar que a vítima possivelmente havia sofrido múltiplas fraturas pelo corpo e TCE.

Posteriormente a Polícia Militar chegou ao local e auxiliou os militares do Corpo de Bombeiros no controle do transito.

A Polícia Civil e Polícia Federal foram acionados para se deslocaram até o local para liberação do Corpo da vítima e também do veículo envolvido.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias