terça-feira, 16 abr 2024

Mato Grosso do Sul cria 3.631 empregos com carteira assinada em abril

Mato Grosso do Sul cria 3.631 empregos com carteira assinada em abril

01 junho – 2023 | 19:19

Dados divulgados ontem, quarta-feira (31) pelo Caged-MTE (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego) mostram que em abril foram criados 3.631 novos empregos formais em Mato Grosso do Sul. Em relação a março o índice de crescimento do mercado de trabalho no Estado demonstra estabilidade. Naquele mês foram gerados 3.680 novos empregos. No acumulado do ano já são 18.188 trabalhadores a mais e nos últimos 12 meses, 39.048. Os números estão na 86ª Carta de Conjuntura do Mercado do Trabalho elaborada pela Assessoria Especial de Economia e Estatística da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação).

Os setores com melhor desempenho foram os Serviços (1.678), Indústria (852) e Construção (649). Comércio empregou 331 e Agropecuária 120 novos trabalhadores. O secretário da Semadesc, Jaime Verruck, ressalta o bom desempenho da Indústria e da Construção como indicadores da vitalidade da economia. “Os empregos da Indústria costumam ser mais duradouros, portanto quando há crescimento nesse setor é um bom sinal para a economia. Já a Construção Civil reflete o aumento do poder aquisitivo da população”.

No acumulado dos últimos 12 meses, a Indústria apresenta criação de 4.823 novas vagas, enquanto na Construção Civil foram 7.268 novas vagas. O subsetor da Indústria da Transformação foi o que mais empregou (769 trabalhadores). Já no setor de Serviço, os subsetores com mais contratações foram Saúde Humana e Serviços Sociais (+422 vagas), Transporte, Armazenagem e Correio (+277 vagas) e Educação (+230 vagas).

Na distribuição regional, uma novidade que já era esperada. Pela primeira vez Campo Grande não lidera a lista dos municípios que mais contratam. Perdeu a posição para Ribas do Rio Pardo, que gerou 3.432 novos postos de trabalho no mês de abril, em consequência, ainda, da implantação da indústria da Suzano, de papel e celulose. Campo Grande ocupou a segunda colocação com 3.362 novas vagas, seguido de Três Lagoas (838), Dourados (654), Rio Brilhante (638), Corumbá (614), Nova Alvorada do Sul (610), Chapadão do Sul (559), Aparecida do Taboado (551) e Costa Rica (516).

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias