Mini usina de asfalto começou a funcionar em Maracaju.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
09/05/2018
Redação

O equipamento foi adquirido com recursos próprios e tem capacidade de usinar 10 toneladas de material por hora. Faz parte do pacote de equipamentos adquiridos, Mini Usina de Asfalto para recapeamento das ruas, Vibro Acabadora de Asfalto, Extrusora de Perfis de Concreto, equipada com no mínimo, extrussor de fluxo contínuo, que possibilita executar todos os modelos de perfi de meio fio e sarjeta.
Rolo Compactador Peso operacional 3900 quilos.
Neste primeiro momento serão usinadas 8 toneladas por hora o que corresponde a 800 metros quadrados de asfalto, totalizando aproximadamente 8.000 metros por mês.
O trabalho de recapeamento será feito pela Secretaria de Obras do Município através do Departamento de Manutenção e Transportes, serão consumidos em material uma média de cem mil reais por mês, o que corresponde a uma economia de mais de 60% por cento, com a compra do material e a aplicação do mesmo.
De acordo com o Secretario de Obras Thiago Caminha, a execução do serviço a cargo de sua secretaria vai seguir um cronograma especifico de recapeamento, esse trabalho será feita em todos os bairros, nas ruas que mais apresentam buracos e dificultam a mobilidade urbana. “ Não será apenas o recapeamento, já estamos acertados com a Gerencia Municipal de Trânsito e assim que termine a recuperação da rua, eles farão a sinalização vertical e horizontal, além da iluminação pública, queremos dar uma nova cara para Maracaju e uma melhor mobilidade urbana”, disse Thiago.
Para o prefeito Maurílio Ferreira Azambuja, essa mobilidade e recuperação das ruas era um compromisso de campanha. “ ouvimos as pessoas e elas pediam isso, primeiro cuidamos da saúde e da educação e na primeira reunião de trabalho deste ano com o secretariado definimos, que precisávamos apertar o cinto, economizar e buscar alternativas para melhorar o visual de nossa cidade, e hoje começamos a fazer isso, muito esforço e determinação, tudo será feito com recursos próprios do município, desde a compra da usina até recapeamento das ruas”, disse Maurílio.
Na manhã desta quarta feira (9), prefeito secretários, vereadores e a comunidade estiveram conhecendo e vendo o funcionamento da usina e acompanhando os trabalhos de recapeamento que começou pela vila Juquita.

 

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp