Motorista que matou soldado da PM em acidente e tentou fugir é advogado em Campo Grande

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
19/10/2020
Redação
Advogado estava bêbado

O motorista que matou Luciano Abel, policial militar de 25 anos, na manhã desta segunda-feira (19), é um advogado de 37 anos. Ele atua em Campo Grande e foi preso em flagrante, segundo a polícia, em ‘visível estado de embriaguez’. O soldado da PM morreu na hora.

O acidente aconteceu na Avenida Ministro João Arinos, por volta das 4 horas da madrugada desta segunda (19). O soldado estava em sua motocicleta na rua Centauria para entrar na Avenida Ministro João Arinos e o carro Cobalt, de cor branca, estava vindo na avenida e quando a motocicleta atravessou houve a colisão. Com a colisão, o corpo do militar foi parar no canteiro central.

O militar morreu no local. O motorista tentou fugir a pé depois de abandonar o veículo no meio da avenida, mas foi alcançado perto da Cepol e preso. O motorista não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e estava embriagado, sendo que o teste do etilômetro deu como resultado 0,79 mg/l.

Thatiana Melo e Dayene Paz/midiamax

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp