terça-feira, 28 maio 2024

MS tem a quarta menor taxa de desemprego do País, mostra pesquisa do IBGE

MS tem a quarta menor taxa de desemprego do País, mostra pesquisa do IBGE

18 maio – 2023 | 20:20

Com a política de atração de empresas para gerar empregos e renda à população, Mato Grosso do Sul tem a quarta menor taxa de desemprego do País. Esta avaliação foi feita pela PNAD Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio), realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O levantamento foi feito em relação ao primeiro trimestre de 2023.

Na pesquisa Mato Grosso do Sul apresenta a taxa de 4,8% de desemprego, sendo superado apenas por Rondônia (3,2%), Santa Catarina (3,8%) e Mato Grosso (4,5%). A média do Brasil inclusive é de 8,8%. Já as maiores taxas ficaram com Bahia (14,4%) e Pernambuco (14,1%).

O secretário-executivo de Qualificação Profissional e Trabalho da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), Bruno Gouvêa, avaliou os números como positivos, já que mostram o Estado entre os melhores da federação neste quesito.

“Entendemos que os números do emprego no Mato Grosso do Sul continuam positivos. Hoje ainda somos o quarto estado com a menor desocupação do País. Seria muito difícil manter os 3,3% de desocupação do trimestre anterior, que foi um recorde da série histórica, mas continuamos como o melhor resultado desde 2014”, afirmou.

Gouvêa ainda citou os bons números do Estado em relação a taxa de formalidade, que é a 6° melhor do Brasil, assim como outros dados de destaque. “Também teve a influência positiva de pessoas que não estavam procurando emprego e passaram a procurar, entrando na lista de desocupação, assim como 25% a mais em relação ao primeiro trimestre de 2022 em relação a ocupação de empregadores”.

Na sua avaliação estes números aliados a boa perspectiva de crescimento econômico do Estado, com a vinda de novas indústrias e o lançamento do plano estadual “MS Qualifica” pelo Governo do Estado, trazem boas perspectivas na situação do “emprego” em Mato Grosso do Sul.

Oportunidades e qualificação

O governador Eduardo Riedel afirmou que o Estado dispõe de uma “carteira de investimentos privados” no valor de R$ 60 bilhões, em diferentes áreas, com industrias, fábricas e empresas que escolheram investir aqui pelo “bom ambiente de negócios” do Estado, gerando empregos, novas oportunidades e melhor renda para toda população.

“O Estado tem feito sua parte, com obras de infraestrutura para melhorar os acessos e logística em diferentes regiões, assim como política de incentivos fiscais e desenvolvendo um ambiente positivo e atrativo para vinda de novas empresas. O resultado é mais empregos para as pessoas”, disse o governador.

Outro foco é a qualificação profissional, para preencher as vagas que estão disponíveis no mercado, mas que falta mão de obra preparada para assumir as funções. Para isto o Governo lançou o plano estadual “MS Qualifica”, onde vai fazer a capacitação de trabalhadores, para que tenham um emprego melhor.

O plano é uma iniciativa que promove a inclusão social e cumpre um compromisso firmado com a população sul-mato-grossense. Para desenvolver o “MS Qualifica” o Governo do Estado vai realizar um trabalho “transversal” com várias secretarias, em uma ação conjunta. Também serão feitas parcerias com instituições, entidades e iniciativa privada.

A primeira ação foi o “Voucher Transportador”, que vai qualificar mil motoristas de cargas e ônibus, por meio de um convênio com o Sest/Senat. Depois da capacitação, eles ainda vão ter “custo zero” para incluírem em suas carteiras de habilitação as letras “D” e “E”.

 

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias