terça-feira, 23 abr 2024

Nova sede do DOF será entregue amanhã em Dourados

Nova sede do DOF será entregue amanhã em Dourados

20 setembro – 2022 | 16:16

Complexo policial levará o nome do ex-diretor da unidade Coronel PM Adib Massad e vai abrigar as estruturas administrativas e operacionais do DOF, Defron e uma base da Coordenadoria Geral de Patrulhamento Aéreo

Com investimento de R$ 5,1 milhões oriundos do Governo do Estado, a nova sede do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) será entregue oficialmente nesta quarta-feira (21.09), em Dourados. O novo complexo policial que levará o nome do ex-diretor da unidade, Coronel PM Adib Massad, vai intensificar o combate à criminalidade na fronteira do Estado. Na ocasião, também será entregue o helicóptero adquirido pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) para incrementar o policiamento na região. A aeronave, avaliada em mais de R$ 30 milhões, já está apta para entrar em operação.

Sede

Situada em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, a nova e moderna sede vai abrigar as estruturas administrativas e operacionais do DOF e da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira). No local também funcionará uma base da Coordenadoria Geral de Patrulhamento Aéreo (CGPA), dando suporte a aeronave que fará policiamento e fiscalização.

Para o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, o DOF se tornou case de sucesso no país e merece uma estruturação à altura. “A nova estrutura será um divisor de águas na segurança pública de Mato Grosso do Sul”.

Construída para ser um grande propulsor no combate à criminalidade, a sede possui 1.434 m², erguida em um terreno de 17.400 m². O prédio terá um heliponto, auditório, alojamentos, salas de aula, cozinha, refeitório e ambientes administrativos. A unidade ainda terá salas de logística, inteligência, investigação e cartórios, entre outras.

“A sede que passa abrigar o DOF nos permitirá ampliar e modernizar nossas atividades. Era um sonho e hoje realidade fruto do entendimento da importância da nossa fronteira para o desenvolvimento do estado e do Brasil”, ressaltou o diretor do DOF, coronel Wagner Ferreira da Silva.

Para ele, a construção da sede é “um plano ousado do Governo do Estado, que vai possibilitar a ampliação de tecnologias, efetivo e serviço de inteligência no combate à criminalidade”. “Tudo isso é o reconhecimento desse órgão que atua há 35 anos em MS e é referência nacional”, ressaltou o coronel Wagner, lembrando que além da nova sede, o Estado adquiriu mobiliários novos e toda rede tecnológica como computadores e rede de internet.

Aeronave

Pronto para entrar em operação no Estado, o helicóptero, modelo AS350-B3, conhecido como Esquilo, é uma das aeronaves mais modernas da aviação, conforme explicou o comandante da Coordenadoria Geral de Policiamento Aéreo (CGPA), coronel Rosalino Gimenez Filho. “É uma aeronave de ponta, muito moderna, com autonomia de voo de 800 quilômetros e com capacidade para até seis passageiros, sendo dois tripulantes”.

A aeronave está equipada com um imageador térmico, podendo fazer a localização de pessoas ou objetos através do calor. “Este é um equipamento que permite a localização de pessoas ou veículos pelo calor do corpo, o que chamamos de flir. Além disso, o helicóptero estará equipado com farol de busca para ações noturnas e ainda com outros equipamentos para resgate aeromedico, caso seja necessário”, explicou o coronel.

A aeronave conta ainda com um grande poder de fogo, segundo Gimenez, e uma equipe altamente especializada para intervenção, caso haja necessidade de um enfrentamento. “Também há na aeronave um campo de visão altamente privilegiado e abrangente dando maior segurança às equipes envolvidas nas operações”, explicou. Segundo ele, o helicóptero permitirá maior eficiência no combate às organizações criminosas e ao narcotráfico na região fronteiriça.

Segurança

Além do helicóptero que estará sediado no DOF, a Sejusp adquiriu mais uma aeronave que atenderá as demais forças de segurança (Corpo de Bombeiros Polícia Civil, Polícia Militar, etc). Para a aquisição de ambas, foram investidos R$ 64 milhões. “O investimento de mais de R$ 60 milhões na compra dos helicópteros foi um dos maiores investimentos feitos na segurança pública do Estado. Nunca houve um investimento tão alto para modernizar o trabalho da segurança”, afirmou o coronel Gimenez.

À serviço do policiamento, o Estado já possuía um helicóptero e dois aviões, usados para o transporte de efetivo, de armas e outras ações. Com a compra destas outras duas aeronaves, será possível trabalhar com maior abrangência. “Desta forma, vamos conseguir estar presente com maior abrangência. Esses helicópteros darão mais mobilidade e reforço ao policiamento – no combate ao tráfico de drogas, armas -, além de trazer mais qualidade e rapidez no atendimento a outros tipos de ocorrências”, frisou Gimenez.

Os investimentos realizados pelo Governo do Estado marcam o comprometimento com a segurança pública e fortalecem a atuação do Departamento de Fronteira. Referência nacional, o DOF está há 35 anos em Mato Grosso do Sul atuando em 53 municípios que fazem fronteira com Bolívia e Paraguai e nove municípios na divisa com São Paulo, diretamente afetados pelo tráfico.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias