Maracaju/MS
19°C
Scattered clouds
segunda-feira
24°C
18°C
terça-feira
25°C
17°C
Maracaju/MS
19°C
Scattered clouds

Novas barreiras sanitárias serão montadas em Campo Grande a partir da próxima semana

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
01/06/2020
Mariane Chianezi e Ranziel Oliveira / Midiamax
(Ranziel Oliveira | Midiamax)

Serão instalados três novas barreiras sanitárias para verificar os visitante da Capital

Prefeitura de Campo Grande vai vai instalar novas barreiras sanitárias pela cidade a partir do próximo dia 8 de junho, informou o secretário da Segov (Secretaria Governo e Relações Institucionais), Antônio Lacerda.  A ação será adotada após o município manter a barreira fixa por 48h na cidade em maio.

O modelo será usado para vistoriar veículos e realizar testes em motoristas, assim com o a primeira etapa da barreira. Lacerda disse que durante as barreiras sanitárias foram mais de 200 pessoas envolvidas além do apoio nas abordagens.

“Na semana passada conseguimos valiosas informações sobre o coronavírus. A partir do dia 8 serão novas barreiras nas entradas da cidade”, disse o secretário. A prefeitura já realizou 4 mil testes no total, entre testes rápidos e de PCR. Destes, 2,5% deram positivo para a Covid-19.

Confira onde serão montadas as barreiras sanitárias:

  • Saída para Três Lagoas: Av. Ministro João Arinos
  • Saída para São Paulo: Av. Gury Marques
  • Saída para Sidrolândia: Av. Günter Hans

Barreira Sanitária em Campo Grande

As barreiras sanitárias foram instaladas nas saídas da cidade no dia 26 de maio e funcionou até o dia 27 em Campo Grande. O objetivo foi abordar visitantes vindos do interior ou de outros estados e identificar sintomas do coronavírus.

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) explicou na ocasião que os visitantes não serão impedidos de entrar na Capital, mas é preciso garantir segurança para evitar que o coronavírus se espalhe ainda mais pela cidade.

“Estou cercando as cinco entradas, quem estiver vindo para Campo Grande, seja bem-vindo, mas vai ter que fazer os exames do Covid-19. Vamos recepcionar as pessoas para garantir segurança aos moradores de Campo Grande. Aumentam os casos no interior e essas pessoas têm um fluxo para a Capital diariamente. Temos que ter noção exata se estão vindo saudáveis ou se podem ser transmissores do Covid-19”, diz.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp