quarta-feira, 21 fev 2024

Operação Policial em Mato Grosso do Sul: Advogados e Empresário Douradenses Presos por Tráfico de Drogas
Polícia

Operação Policial em Mato Grosso do Sul: Advogados e Empresário Douradenses Presos por Tráfico de Drogas

Redação
09 dezembro – 2023 | 10:10
Crédito: Divulgação

Ação da Polícia Federal: Advogados e Empresário de Dourados Detidos em Operações Antidrogas

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (8) em Dourados, Mato Grosso do Sul, os advogados Rubens Dariu Saldivar Cabral, 43, Cristiane Maran Milgarefe da Costa, e o empresário Aparecido Mendes Nunes, em duas operações simultâneas contra o tráfico de cocaína. A operação também mirou Ronaldo Mendes Nunes, proprietário do Audaz Restaurante, que ainda não teve sua situação confirmada pelas autoridades. O restaurante e a residência de Ronaldo, situados no Ecoville 2, foram alvos de buscas.

As operações Akã II e Sanctus visam desmantelar uma organização criminosa supostamente liderada pelos irmãos Mendes, acusada de importar grandes quantidades de cocaína do Paraguai e distribuí-las para o Rio de Janeiro, empregando métodos como ocultação em cargas lícitas e pneus de caminhão.

A Akã II, um seguimento da fase inicial realizada em setembro deste ano, efetuou quatro mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva contra Rubens Saldivar, suspeito de obstruir as investigações. Já a Sanctus cumpriu 21 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária em diversas localidades do Brasil.

A investigação, iniciada em outubro, foca no tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. A organização, com sede em Dourados, utilizava uma rede de pessoas e empresas para movimentar grandes quantias em dinheiro proveniente do tráfico, ocultando patrimônio através de propriedades em nome de terceiros.

Além disso, membros da organização supostamente planejaram assassinar um policial rodoviário federal em Dourados, responsável pela apreensão de drogas da quadrilha. O plano foi abortado ao descobrirem que estavam sob investigação.

Em um incidente recente, o advogado Rubens Saldivar foi flagrado com R$ 100 mil em dinheiro vivo em Ponta Porã. Ele defendeu que o montante era referente a honorários advocatícios, mas foi preso poucas horas após se pronunciar sobre o caso.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias