quarta-feira, 21 fev 2024

Operação Tiradentes: PF Investiga Desembargador do TJMS por Corrupção e Lavagem de Dinheiro
Polícia

Operação Tiradentes: PF Investiga Desembargador do TJMS por Corrupção e Lavagem de Dinheiro

Redação
08 fevereiro – 2024 | 10:10
Operação ocorreu n gabinete do desembargador (Divulgação)

Em uma ação coordenada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (8), a Operação Tiradentes foi lançada visando investigar acusações de corrupção passiva e lavagem de dinheiro envolvendo o desembargador Divoncir Schreiner Maran, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS). A operação segue ordens do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que determinou a suspensão do magistrado de suas funções públicas.

Os agentes da PF executaram nove mandados de busca e apreensão nas residências e escritórios associados ao desembargador, localizados em Campo Grande e Bonito, conforme autorizado pelo STJ. A investigação ganhou impulso após uma análise detalhada das decisões judiciais de Maran, particularmente uma que concedeu a Gerson Palermo, conhecido narcotraficante com vínculos em atividades de tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e associação criminosa, o direito à prisão domiciliar com monitoramento eletrônico. Tal decisão foi rapidamente anulada por outro desembargador, mas Palermo aproveitou a brecha para romper a tornozeleira eletrônica e fugir, permanecendo foragido desde 2020.

Além da suspensão de Maran, o STJ impôs restrições severas, incluindo a proibição de acessar as instalações do TJMS e de comunicar-se com seus funcionários ou usar seus serviços, direta ou indiretamente. O descumprimento dessas condições pode resultar na prisão preventiva do desembargador.

A Operação Tiradentes conta com o suporte da Receita Federal e prossegue sob sigilo de justiça, sob a supervisão do STJ. Este caso sublinha o compromisso das autoridades em combater a corrupção e garantir a integridade do sistema judiciário brasileiro.

Compartilhe suas notícias conosco!
Possui informações relevantes? Estamos aqui para ouvi-lo!

Entre em contato:
WhatsApp: (67) 98448-9787

Nossas Redes Sociais:
Facebook
Instagram

Garantimos seu sigilo conforme a legislação. Envie-nos denúncias, reclamações e sugestões.
Sua voz é importante para nós!

Últimas Notícias