Para coibir crimes eleitorais, Sejusp deflagra Operação Eleições 2022 nesta sexta-feira em todo o Estado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
29/09/2022
Redação

Será deflagrada nesta sexta-feira, dia 30 de setembro, pelo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) de Mato Grosso do Sul, a Operação Eleições 2022, que conta com a participação de todas as forças estaduais de segurança (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento de Operações de Fronteiras (DOF), órgãos estaduais de inteligência, etc.).

As atividades monitoradas e coordenadas em nível nacional pela Secretaria de Operações Integradas, através do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN) e, em Mato Grosso do Sul, pela Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), através do Centro Integrado de Comando e Controle Estadual (CICC-E), já estão em pleno funcionamento desde o último dia 26 de setembro.

As forças estaduais de segurança estão mobilizadas, num total de 8.000 homens e mulheres, atuando em todo o Estado, para prestar apoio irrestrito à Justiça Eleitoral, visando prevenir, coibir e reprimir, se necessário for, toda e qualquer ação ou delito que de alguma forma venham a prejudicar o bom andamento das eleições e da ordem pública, no primeiro e segundo turnos das eleições.

Entre os delitos que estarão sendo coibidos durante a Operação Eleições 2022 estão possíveis crimes eleitorais (boca de urna, transporte ilegal de eleitores, compras de votos, entre outros), manifestações pacíficas e/ou violentas, bloqueio de vias, rixas, ameaças e atentados, entre outros delitos e infrações que comprometem a segurança do pleito eleitoral. Serão ainda monitorados pela segurança pública outros fatores que podem ter impactos nas eleições, como temporais e/ou alagamentos e quedas de energias em locais de votação e de apuração dos votos.

As ações da segurança pública serão intensificadas especialmente nos locais e espaços que possuem relação direta com o pleito eleitoral, como cartórios eleitorais, locais de votação, locais de totalização/apuração, vias públicas e estações de transporte público. Para tanto, cada instituição de segurança elaborou seu próprio planejamento específico de ações, protocolos e planos operacionais integrados.

As ações da Operação Eleições 2022 começaram com o planejamento prévio em 26 de setembro, e serão intensificadas pelas instituições de segurança pública do Estado, no âmbito de suas competências, no período que antecede as eleições (30/09), durante a realização do pleito (02/10) e se estende até a finalização da totalização de votos do segundo turno eleitoral, marcado para o dia 30 de outubro.

Além da Sejusp, estão em atuação a Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, Coordenadoria Geral de Perícias, Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), Superintendência de Assistência Socioeducativa (SAS), Departamento de Operações de Fronteira (DOF), órgãos estaduais de inteligência e Centro Integrado de Comando e Controle Estadual (CICC-E), estão envolvidos na Operação Eleições 2022 o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o Ministéro da Justiça e Segurança Pública (MJSP), o Ministério da Defesa (MD), a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça (Seopi), a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), o Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICC-N), a Polícia Federal (PF), a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Forças Armadas e Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), bem como as Secretarias Municipais de Segurança, Guardas Municipais e Agetran.

Boletins

Os indicadores gerados por possíveis crimes ou impactos no pleito irão alimentar os boletins informativos que serão divulgados de 3 em 3 horas, partir das 9h do dia 2 de outubro, por meio de releases que serão encaminhados por e-mail ou grupos de imprensa.
Os trabalhos serão monitorados pelo CICC-N e pelo Centro Integrado de Comando e Controle Estadual (CICC-E).

Eleitorado

No Mato Grosso do Sul, o Pleito Eleitoral de 2022 será realizado nos 79 municípios e, conforme dados do Tribunal Regional Eleitoral, foram disponibilizados um total de 1.051 locais de votação distribuídos em 54 Zonas Eleitorais, perfazendo um total de 1.996.510 eleitores aptos a exercerem a cidadania por meio do voto.

Do eleitorado sul-mato-grossense, 1.047.054 são mulheres, o que representa 52,4% dos eleitores. Já os homens totalizam 949.456 eleitores.

Quer contar alguma coisa? Então conta pro Notícias MS !

Se você tem alguma informação importante e quer compartilhar, conta pra nós!

Conta aí meu Povo:
WhatsApp (67) 98448-9787

Redes Sociais:
https://www.facebook.com/notims
https://www.instagram.com/noticiasms/

O sigilo é garantido pela lei, envie denúncias, reclamações e sugestões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp